FANDOM


Eras-canon-transp

TFMR2reparos Esse artigo está sendo editado por Rafael Rossi.

Como cortesia, por favor não edite esse artigo enquanto essa
mensagem estiver aqui, para evitar conflitos de edição.
Se você quiser saber quem está trabalhando nesse artigo
e quando a seção de edição começou, consulte o histórico de edição e a página de discussão.

Ataque à frota da Resistência foi a perseguição das forças da Primeira Ordem com as forças da Resistência, após a destruição da Base Starkiller e Evacuação de D'qar. [1]

Histórico Editar

Prelúdio Editar

Após a destruição da Base Starkiller forças da Primeira Ordem conseguiram seguir as forças da Resistência para o planeta D'Qar. Após a evacuação de D'Qar com a destruição da Fulminatrix, a Frota da Resistência fugiu para o Hiperespaço. [1]

Perseguição Editar

Após a fuga da Frota da Resistência para um antigo local de encontro utilizado pela Aliança pela Restauração da República, a Primeira Ordem utilizou de um recurso de de cálculo que juntou o histórico de navegações pertencentes antiga República Galáctica e o Império Galáctico para calcular as possibilidades de salto da frota inimiga, esse recurso possibilitou que a Marinha da Primeira Ordem perseguisse as naves inimigas. [1]

Assim que a frota chegou ao sistema, iniciou um bombardeio nas quatro naves da Resistência que se encontravam no local, a frota era formada pelo Couraçado Estelar classe Mega Supremacia, o Cruzador de batalha classe Ressurgente Finalizador e outros 11 Cruzadores Ressurgente, a partir desse bombardeio a Fragata classe Vakbeor Vigília foi destruído. Nesse momento é liberado do Finalizador uma esquadrilha liderada por Kylo Ren, a bordo do seu caça e três alas. [1]

A esquadrilha entra em vetor de ataque contra a Raddus, nesse momento, um dos alas de Kylo é destruído por um tiro direto, Kylo continua atirando até que entra no tubo de lançamento das naves e atira um torpedo, destruindo por completo todo o ancoradouro e todos os caças, levando a morte Tallissan Lintra e Stomeroni Starck e muitos outros técnicos e pilotos. Kylo dá uma volta e mira na ponte da Raddus mas, através da força, se conecta com Leia Organa e não atira, mas seu alas abrem fogo destruindo por completo a ponte, matando todos que ali estavam. Leia acorda no meio do espaço e usa a força para conduzir novamente para dentro da Raddus aonde cai desmaiada devido a seus ferimentos. [1]

Troca de Comando e o Plano de Rose Editar

Com toda a liderança da Resistência morta e Leia inconsciente , a Vice Almirante Amilyn Holdo da Corveta Ninka ficou como responsável pela Raddus. Após ser confrontada por Poe Dameron, Holdo não contou seus planos e o tirou do recinto.

Rose ao encontrar Finn descobre que a Primeira Ordem está rastreando a Frota da Resistência e tem uma idéia de desativar o rastreamento que se encontra na nave principal, a Supremacia. No momento que eles contaram para Poe, Poe verificou que era necessário um decodificador para poder entrar na Cruzador, ao entrar em contato com Maz Kanata, ela informou que conhece um decodificador que fica em Canto Bight. Roe e Finn então saem escondidas com a cobertura de Kaydel Ko Connix e Poe e vão para a Missão a Canto Bight. [1]

O Motim de Poe Editar

Com a perseguição da Primeira Ordem, as três naves remanescentes da Resistência queimaram todo o seu combustível, fazendo com que as naves Ninka e Anodyne fossem desocupadas e todas os tripulantes fossem levados para a Raddus, totalizando 400 combatentes. No momento que Poe foi até a ponte procurar por Holdo verificou que todo o combustível da nave estava sendo transferido para transportes, isso levou Poe ao desespero fazendo com que ele comandasse um motim com pilotos amigos.

Holdo e outros foram capturados pela forças amotinadas enquanto Poe tomou controle da ponte. Após uma resistência contra os amotinados, a ponte foi atacada e a porta foi demolida, adentrando Leia no recinto, para a surpresa de Poe, e ele é atordoado. [1]

Ataque à Supremacia Editar

Finn, Rose e DJ, voltando de Canto Bight se dirigiram diretamente para a Supremacia, aonde DJ conseguiu hackear na nave e abrir uma comporta escondida no escudo da nave.




Aparições Editar

Fontes Editar

Notas e referências Editar

Batalhas da guerra Primeira Ordem-Resistência

As seções "Aparições" e "Fontes" foram importadas e traduzidas automaticamente do artigo em inglês pela Interface de Criação de Páginas. Consulte o histórico do artigo original para identificar os autores.


O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.