Star Wars Wiki em Português
Star Wars Wiki em Português

Este artigo detalha um assunto considerado cânon.

O assunto deste artigo existe ou é relevante no mundo real.

Capítulo 5: The Gunslinger é o quinto episódio da primeira temporada da série live-action The Mandalorian. Estreou em 6 de Dezembro de 2019, exclusivamente na Disney+.

Resumo do enredo

Uma breve batalha de naves

O episódio começa com a Razor Crest sendo perseguida por um caça estelar pilotado por um caçador de recompensas, que exige que o Mandaloriano entregue a Criança para ele, mas logo depois o motor esquerdo da Razor Crest é atingido. O caçador de recompensas rival avisa que ele pode trazê-lo quente ou frio, e quando acerta o outro motor, fazendo a nave parar, ele passa reto pela Razor Crest, deixando o Mandaloriano com uma melhor posição. Aproveitando da situação, o Mandaloriano atira com um único tiro laser na nave do caçador de recompensas, explodindo-a. Porém a Razor Crest acaba ficando à deriva no espaço com o motor danificado.

Com os motores da Razor Crest informando que a espaçonave está perdendo combustível, o Mandaloriano desliga a energia. A Criança fica sentada em seu berço enquanto o Mandaloriano liga a energia de emergência. A Razor Crest se aproxima do mundo deserto de Tatooine, e é contatado pela torre de controle de Mos Eisley, dizendo a ele que ele está liberado para a baia três-cinco.

Aterrisagem em Mos Eisley

O Mandaloriano voa com a Razor Crest até os desertos de Mos Eisley e pousa na baia três-cinco. Ele coloca a criança adormecida em um quarto seguro, e após a aterrissagem, três pit droides série DUM correm para consertar a Razor Crest, porém o Mandaloriano, que não gosta de droides, dispara um tiro de advertência neles, fazendo com se retraiam. Os tiros enfurecem uma mulher humana de cabelo encaracolado chamada Peli Motto, que o avisa que se ele machucar um de seus droides, vai pagar por isso.

O Mandaloriano diz a ela para apenas manter seus droides longe de sua nave, mas ela retruca perguntando se ele acha que é uma boa ideia. Ela observa a nave e diz que tem várias marcas de queimado em cima dela, e percebe que a nave estava em um tiroteio, além também de encontrar um vazamento de combustível. Ela diz que a nave está uma bagunça e pergunta como ele pousou. Quando ela fala que isso vai custar bastante, o Mandaloriano diz que tudo o que ele tem são 500 créditos imperiais.

Peli pergunta aos pit droides o que eles pensam e eles balançam a cabeça, então ela diz que essa quantidade vai cobrir apenas o hangar. Ele promete que vai conseguir o dinheiro, mas ela diz que já ouviu isso antes. Peli fica incomodada com sua presença e o considera um rato womp. O Mandaloriano sai do hangar e caminha pelas ruas arenosas de Mos Eisley, passando por várias estacas com velhos capacetes de stormtroopers.

Mais tarde, quando Peli jogava sabacc com seus pit droides, apostando três parafusos e um motivador, eles são assustados por um alto barulho vindo do compartimento de carga da Razor Crest. Peli pega seu blaster, mas descobre que o passageiro é a Criança, que está vestindo um casaco marrom. Peli se aproxima da Criança e o pega nos braços, dizendo que vai dar uma boa olhada nele. Ela pergunta à Criança se aquele caçador de recompensas o deixou sozinho naquela nave enorme, já os droides perguntam em binário o que era aquilo, o que Peli diz que não sabe e pede que eles deem um segundo a ela.

Ela pergunta à Criança se ela gostaria de comer alguma coisa e pede aos droides para buscar algo, de preferência algo com ossos, dizendo então à Criança que cuidará dele até que o Mandaloriano volte e assim poderá cobrar uma taxa extra por cuidar dele. Ela o provoca de brincadeira, referindo-se a ele como "olhos brilhantes".

Oferta de trabalho

Enquanto isso, o Mandaloriano entra na Cantina do Espaçoporto de Chalmun, que está sendo atendida por um droide bartender supervisor série EV. O bar é frequentado por vários alienígenas e até mesmo droides, incluindo R5-D4. O Mandaloriano diz ao droide barman que ele é um caçador e está procurando trabalho, e o droide responde dizendo que a Guilda de Caçadores de Recompensas não está mais operando em Tatooine, porém o Mandaloriano retruca que ele não está procurando trabalho para a Guilda, e o droide diz que tem receio que isso não vai melhorar a situação, pelos menos em seus cálculos.

Um homem, que vigiava o Mandaloriano, diz para a "cabeça de lata" pensar de novo, o que chama a atenção dele. O homem percebe que o Mandaloriano está procurando trabalho e o convida para um assento, se apresentando então ao Mandaloriano como Toro Calican, dizendo então para relaxar. Calican exibe uma imagem de holoprojetor de uma caçadora humana, dizendo a ele que pegou o disco de recompensa antes de sair da Orla Média. A caçadora é Fennec Shand, uma assassina que está fugindo desde que a Nova República prendeu todos os seus empregadores.

O Mandaloriano é familiarizado com Shand, e Calican diz que os dados posicionais dizem que Shand está indo em direção ao Mar de Dunas e acha que deve ser um trabalho fácil, porém o Mandaloriano diz boa sorte e se levanta para ir em bora. Calican pede para ele para esperar, mas o Mandaloriano, desconfiado, pergunta há quanto tempo ele está com a Guilda, o que Toro responde dizendo: "há tempo suficiente". O Mandaloriano discorda e diz a ele que Fennec Shand é uma mercenária de elite e criou uma reputação matando os principais sindicatos do crime, incluindo os Hutts, e se Toro for atrás dela, não verá o dia amanhecer.

Calican revela ao Mandaloriano antes do último sair, que este é seu primeiro emprego e se oferece para deixá-lo ficar com todo o dinheiro. Ele diz que só precisa fazer isso para entrar na Guilda, pois sozinho ele não consegue, e o Mandaloriano diz para encontrá-lo no hangar três-cinco em meia hora, levar duas speeder bikes e dar a ele o rastreador fob, porém Calican imediatamente destrói o rastreador contra a parede e diz ao Mandaloriano para não se preocupar porque ele memorizou tudo. O Mandaloriano o lembra de encontrá-lo em meia hora, e Calican relembra que eles vão trabalhar juntos agora.

Consertos da nave estelar e a Criança

O Mandaloriano retorna à baía três-cinco e sobe a bordo da Razor Crest. Ele descobre que a Criança não estava onde ela deveria estar, e em pânico, ele grita, mas Peli diz a ele para se acalmar. Peli chega carregando a Criança e o repreende por ter acordado ela, já que ela teve problemas para fazê-lo dormir. O Mandaloriano exige que Peli lhe dê a Criança, mas ela o repreende por deixar a Criança sozinha dentro da nave, acrescentando que ele ainda tem muito a aprender sobre como criar uma criança.

Ela diz a ele que iniciou os reparos no vazamento de combustível, mas encontrou contratempos. Como ela não usava nenhum droide, demorou muito mais tempo do que esperava, ela então bate nos controles para fazer funcionar, e logo depois diz a ele que imaginou que ele pagaria pois tem uma boca extra para alimentar. O Mandaloriano agradece. Peli presume que ele conseguiu um trabalho e diz que custa muito dinheiro para ela manter esses droides funcionando.

Ela sai do hangar com o Mandaloriano para encontrar Calican com as duas speeder bikes como ele havia prometido. As speeder bikes no entanto são velhas e enferrujadas, mas Calican afirma que elas não estão nada mal. Quando o Mandaloriano inspeciona o speeder, Calican argumenta que elas não são de Corellia. Ele também cumprimenta Peli e olha para a Criança. Os dois homens montam em seus speeders e vão para o Mar de Dunas.

O Mar de Dunas

Eles correm pelo Mar de Dunas, cavalgando sobre colinas de areia e desertos, porém quando os dois param, Calican pergunta porque ele parou, e o Mandaloriano diz a ele para olhar mais a frente. Calican desce do speeder e tira seu macrobinóculo, vendo então um par de banthas com dois caçadores Tusken e diz que ouviu os moradores falando muito sobre eles. O Mandaloriano aponta que os Tuskens pensam que são os nativos e que qualquer outro que entre nessas terras estaria invadindo. Porém Calican acha que são os os Tuskens quem devem manter distância, e o Mandaloriano então desafia Calican a dizer isso para eles mesmos.

Só então, dois caçadores Tusken aparecem ao lado de Calican, mas o Mandaloriano diz a ele, que se assustou com a presença dos Tuskens, para relaxar, e ele se comunica com os Tuskens por linguagem de sinais, dizendo a Calican que ele está negociando a passagem por suas terras. O Mandaloriano pede a Calican para lhe entregar os binóculos, e apesar de seus protestos, o Mandaloriano consegue entregar os binóculos aos Tuskens como uma troca. Calican protesta que eles eram novos, o que o Mandaloriano reafirma com um tom de ironia. Os dois continuam sua jornada com os speeders bike pelo Mar de Dunas, cruzando vastas extensões de areia.

Quando eles alcançam um monte, o Mandaloriano sai do speeder e diz a Calican para descer também. Calican diz ao experiente caçador de recompensas que ele vê um dewback e que parece que há alguém preso nele, e quando ele pergunta se pertence ao alvo deles, o Mandaloriano diz que não sabe e irá até lá. Ele ordena que Calican o cubra e fique abaixado, enquanto corre para as costas do dewback para investigar. Ele encontra uma figura falecida, que acaba por ser um homem mascarado.

Calican pergunta se ela está morta, e o Mandaloriano responde que é um caçador de recompensas, mas ele pergunta outra vez se o Mandaloriano tem planos de guardar tudo para si e pergunta se pode ficar com o blaster, porém o Mandaloriano encontra no corpo do caçador de recompensas morto um rastreador fob e corre dizendo para Calican se abaixar. Só então, uma figura não identificada atira no Mandaloriano, que corre de volta e se esquiva por pouco de um tiro de sniper. Ele diz a Calican que apenas um rifle sniper MK modificado poderia ter disparado aquele laser. O Mandaloriano garante a Calican que ele está bem porque sua armadura beskar refletiu o tiro.

Trabalhando juntos

Calican diz que não tem beskar e pergunta o que eles devem fazer. O Mandaloriano pergunta a Calican se ele viu de onde veio o tiro, e ele confirma que veio das cordilheiras a frente. O Mandaloriano diz a ele para esperar até escurecer, e quando Calican pergunta o que acontecerá se ela escapar, o Mandaloriano explica que ela está em um terreno elevado e vai esperar que eles deem o primeiro passo. Ele diz que vai descansar e atribui a Calican o primeiro turno de vigilância, lembrando-o de ficar abaixado.

Naquela noite, Calican se depara com o Mandaloriano aparentemente dormindo, ele então zomba dele por estar dormindo no trabalho, e logo em seguida saca o seu blaster para tentar acordar o Mandaloriano, que pergunta logo em seguida: "já acabou?". O Mandaloriano diz a ele para subir em sua speeder e pilotar em direção à cordilheira o mais rápido que puder. Quando Calican aponta que Shand irá derrubar ambos das bikes, o Mandaloriano lhe entrega uma munição de clarão e explica que eles vão alternar os tiros, pois aquilo cega qualquer mira temporariamente. Ele planeja assim, com a munição e a velocidade, ter uma chance contra Shand.

Os dois pilotam as speeders bike em direção às rochas rapidamente. Shand mira seu blaster, mas o Mandaloriano dispara o primeiro tiro, cegando Shand temporariamente e forçando-a a tirar o capacete. Ela atira neles em seguida, mas erra. Calican dispara o segundo tiro da munição, cegando Shand novamente. Os dois revezam os tiros ao se aproximarem de Shand, que consegue atirar no speeder do Mandaloriano, fazendo com que ele caia. Ele dá um segundo tiro.

Shand atira em seguida no peitoral do Mandaloriano, derrubando-o no chão. Antes que ela possa dar o tiro final, Calican a surpreende por trás. Shand porém o surpreende e joga uma faca em seu braço, indo para a luta corpo a corpo. O Mandaloriano se levanta enquanto Calican e Shand lutam na areia. Calican consegue distraí-la por tempo suficiente para que o Mandaloriano chegue e force sua rendição, fazendo com que Shand levante a mão enquanto Calican, machucado, cuide de seus ferimentos. Ele diz a Calican para ir e encontrar seu blaster e para Shand por ela mesma as algemas.

Shand se vira para encarar o Mandaloriano e diz que faz muito tempo que ela não vê alguém daquele povo. Ela pergunta se ele já esteve em Nevarro, dizendo que ouviu dizer que as coisas não correram muito bem. Calican recupera seu blaster e diz a Shand que ela não precisa se preocupar com Nevarro porque eles vão entregá-la. Ele agradece ironicamente a Shand por ser o ingresso para entrar na Guilda, e ela diz: "de nada".

Ambição de Calican

Os dois caçadores de recompensas conduzem a prisioneira até o speeder restante. Por ter sobrado somente um speeder, Shand provoca seus captores dizendo-lhes que um deles precisa andar, e o Mandaloriano sugere arrastá-la. Calican então pergunta qual é o plano. O Mandaloriano diz a ele para ir e encontrar o dewback que eles haviam visto anteriormente, mas Calican não aceita deixar sua caça e o transporte com o Mandaloriano, que usa seu capacete para localizar o dewback e aceita em ir buscá-lo. Ele avisa Calican para não deixá-la chegar perto do speeder porque ela não vale nada morta. Calican observa Shand enquanto fica sentado em seu speeder, e ela o encara de volta.

Ao amanhecer, Shand diz que já faz tanto tempo que os sóis já estão nascendo, porém Calican diz a ela para ficar quieta. Ela responde que ainda dá tempo do compromisso que tinha em Mos Espa. Ela pede que ele o leve para lá e promete pagar o dobro do preço por sua cabeça, mas Calican diz que não liga para o dinheiro, e ela então pergunta a ele sobre o Mandaloriano que vai ficar com todo o dinheiro para si. Ele diz isso só porque o deixou. Procurando criar uma intriga entre os dois caçadores, Shand diz que parece que é o Mandaloriano quem está mandando em tudo, mas Calican discorda e diz que contratou o Mandaloriano para fazer seu trabalho e que trazê-la o tornaria um membro pleno da Guilda.

Shand aponta que ele tem algo muito mais valioso do que ela, mas que ele não vê. Quando ele pergunta o quê, Shand responde que é o Mandaloriano, e que só a armadura dele por si vale mais que a recompensa por ela. Calican reitera que não liga para o dinheiro, mas Shand pede que ele considere o que isso fará por sua reputação. Ela explica que um Mandaloriano atacou a Guilda em Nevarro e pegou um alvo de alto valor e se rebelou. Quando ele pergunta se o Mandaloriano é aquele, Shand diz a ele que se ele trouxer o Mandaloriano de volta para a Guilda, eles o receberão de braços abertos. Ela diz a ele que seu nome será lendário.

Ele desce da speeder bike e pergunta como eles podem ter certeza se ele é o único. Shand responde que o rumor é que o alvo ainda está sendo levado pelo Mandaloriano, e alguns dizem que é uma criança. Ela diz a ele que pode ajudá-lo a enfrentar o Mandaloriano. Shand diz a ele para seguir esses conselhos, pois se ele quer ser um caçador de recompensas, deve escolher o melhor para si mesmo e sobreviver. Ele olha para o horizonte e coloca a arma de volta no coldre, caminhando em direção a Shand, ele atira nela, e enquanto Shand agonizava, se ajoelhando, Calican diz que esse é um bom conselho e diz que se ele tirasse aquelas algemas, ele seria um homem morto. Se o Mandaloriano vale mais do que Shand, ele pergunta quem não gostaria de ser uma lenda e agradece a dica.

Traição de Calican

Calican então monta em sua speeder bike. Enquanto isso, o Mandaloriano retorna às rochas e avista Shand caída no chão, morta. Ele não encontra nenhum sinal de Calican e cavalga de volta para Mos Eisley, alcançando-o ao anoitecer, quando ele volta para a baia três-cinco, ele vê o speeder de Calican estacionado do lado de fora. O hangar estava assustadoramente silencioso, e o Mandaloriano vê os pit droides encolhidos no escritório e percebe que algo não está certo.

Calican provoca o Mandaloriano dizendo que demorou muito, aparece então segurando Peli e a Criança como reféns. Calican se gaba de que está dando as ordens agora e exige que o Mandaloriano largue seu blaster e levante as mãos. Ele força Peli a algemá-lo, porém o Mandaloriano ainda estva segurando algo em sua mão esquerda. Calican zomba do Mandaloriano como um traidor da Guilda e aposta que a Criança é o alvo do qual ele ajudou a escapar.

Peli sussurra que o Mandaloriano é mais inteligente do que parece. Calican diz que Fennec estava certa ao dizer que levar o Mandaloriano não apenas o tornaria um membro da Guilda, mas o tornaria uma lenda, e antes que Calican possa atirar nele, o Mandaloriano o cega com uma das munições usadas contra Shand anteriormente, qual havia sobrado uma. Uma batalha começa e o Mandaloriano atira em Calican, matando-o.

Uma nova aliada e despedida

O Mandaloriano diz a Peli para ficar para trás, mas ela pergunta onde a Criança está. Ela logo encontra a Criança segura e escondida atrás de uma cesta, ela o levanta e o conforta, dizendo que o tiro foi muito alto para suas orelhas grandes. Peli entrega a Criança de volta para o Mandaloriano e diz para ter cuidado com ele.

Peli pergunta se ele não recebeu e suspira. O Mandalorian, em vez disso, paga Peli, usando os créditos de Calican. Satisfeita com o Mandaloriano, ela diz aos droides para arrastar o corpo de Calican até o Desfiladeiro do Mendigo. Os pit droides começam a trabalhar enquanto o Mandaloriano parte com a Criança a bordo da Razor Crest reparada.

Enquanto isso, uma figura desconhecida usando botas pretas de cano alto e uma capa se aproxima do cadáver de Fennec Shand.

Créditos

Por tipo 
Elenco Equipe

Elenco

Não creditado

Aparições

Por tipo [Esconder]
Personagens Criaturas Modelos de droides Eventos Lugares
Organizações e títulos Espécies Veículos e naves Armas e tecnologia Miscelânea

Personagens

Criaturas

Modelos de droides

Eventos

  • Era da Nova República
    • Caçada por Fennec Shand (primeira aparição)
    • Caçada por Grogu
      • Resgate de Grogu (apenas mencionado)

Lugares

Organizações e títulos

Espécies

Veículos e naves

Armas e tecnologia

  • Armadura
    • Capacete
    • Armadura Mandaloriana
      • Visor macrobinocular
      • Avambraço Mandaloriano
    • Ombreira
    • Armadura Stormtrooper (Capacete apenas)
  • Blaster
  • Computador
    • Computador de navigação
    • Computador de mira
  • Droide
  • Carga flash (primeira aparição)
  • Holodisco
  • Motivador
  • Arma branca
    • Bastão gaderffii
  • Slugthrower
    • Rifle
      • Ricle cycler
  • Rifle sniper
    • Rifle MK-modificado (primeira aparição)
  • Stuncuffs
  • Rastreador fob

Miscelânea

  • Osso (apenas mencionado)
  • Cantina
  • Carbon scoring
  • Roupas
    • Máscara de respiração
    • Capa
    • Traje de voo
  • Moeda
  • Death
  • Deserto
  • Rampa de entrada
  • Alimento (apenas mencionado)
  • A Força
  • Combustível (apenas mencionado)
  • Jogatina
    • Sabacc
  • Hangar
  • Combate corpo a corpo
  • Idioma
    • Básico Galáctico
    • Tusken
    • Linguagem de sinais
  • Laser
  • Piercing
  • Espaço real
  • Aço
  • Escrita
    • Aurebesh
  • Youngling

Bibliografia

Notas e referências

  1. Aaron Couch. 'The Mandalorian': Jon Favreau Teases Disney+ Series at Star Wars Celebration (2018-12-10). hollywoodreporter.com. The Hollywood Reporter. Arquivado do original em novembro 8, 2019.
  2. StarWars.com Chapter 5: The Gunslinger Episode Guide em StarWars.com (link de backup)
  3. The Mandalorian Media Kit (PDF) (2019-09-24). Walt Disney Direct-to-Consumer & International p. 1. The Walt Disney Company. Arquivado do original em fevereiro 3, 2020.
  4. De acordo com a linha do tempo mostrada em D23 Expo de 2019, The Mandalorian se passa cinco anos depois de Star Wars Episódio VI: O Retorno de Jedi. Star Wars: Galactic Atlas data os eventos de O Retorno de Jedi em 4 DBY, enquanto The Mandalorian se passa em 9 DBY.
  5. TwitterLogo.svg David W. Collins (@DavidWCollins) no Twitter: "It’s true! Was lucky enough to perform voices in all 8 episodes of the #Mandalorian , including Stormtroopers, Jawas, and other various voices" (captura de tela)



As seções "Aparições" e "Fontes" foram importadas e traduzidas automaticamente do artigo em inglês pela Interface de Criação de Páginas. Consulte o histórico do artigo original para identificar os autores.