FANDOM


m (Robô: Substituição de texto automática (-{{Emuso|KaviscMagnoBR}} +))
Linha 1: Linha 1:
 
{{Eras|cânon}}
 
{{Eras|cânon}}
{{Emuso|KaviscMagnoBR}}
 
 
{{Referências}}
 
{{Referências}}
 
{{Organização infobox
 
{{Organização infobox

Edição das 11h05min de 27 de Abril de 2020

Eras-canon-transp

Rebellions are built on hope
Artigos têm como base esperança!
Este artigo precisa de referências para atingir um maior padrão de qualidade.
"Até mesmo você, líder dos Cavaleiros de Ren, jamais passou por tal provação."
―Supremo Líder Snoke para Kylo Ren[fonte]

Os Cavaleiros de Ren eram um grupo de guerreiros mascarados que serviram a Kylo Ren - mestre dos Cavaleiros de Ren e Líder Supremo da Primeira Ordem - durante a Era da Nova República. Eles não eram Jedi nem Sith, mas membros de uma nova geração de adeptos sensíveis à Força que surgiram para preencher o vazio deixado pelo desaparecimento dos últimos Lordes Sith. Seguindo os caminhos do Ren, uma filosofia simbolizada pelo sabre de luz, os Cavaleiros vagavam pela galáxia, causando destruição desonesta como devotos do lado sombrio da Força. Munidos de armas distintas para o combate à distância e de curta distância, eles eram temíveis executores da vontade de seu mestre.

Os Cavaleiros emergiram das Regiões Desconhecidas após a Guerra Civil Galáctica, quando o Império Galáctico caiu pela Nova República. Uma vez eles seguiram um guerreiro conhecido apenas como "Ren", até que Ben Solo se juntou a eles depois que a ressurgente Ordem Jedi voltou à ruína. O Líder Supremo Snoke presenteou os Cavaleiros ao recém-batizado Kylo Ren, que renunciou à sua antiga identidade e ao Código Jedi. Forte com a Força, Kylo era herdeiro da poderosa linhagem do Lorde Sith Darth Vader, mas, desconhecido para ele, a verdadeira lealdade dos Cavaleiros pertencia ao ressuscitado Lorde Sombrio dos Sith, Darth Sidious.

Os Cavaleiros serviram como guarda-costas pessoais de Kylo, ​​que usurpou o domínio de Snoke como Líder Supremo durante os últimos dias da guerra entre Resistência e Primeira Ordem. Eles também foram encarregados de caçar Rey, um aprendiz Jedi que lutou pela Resistência e compartilhou uma conexão única com Kylo. Depois que Kylo retornou ao lado leve da Força, os Cavaleiros confrontaram seu antigo mestre em Exegol, onde foram mortos em batalha por Solo.

Visão geral

Formação Inicial dos Cavaleiros de Ren

Formação Inicial dos Cavaleiros de Ren

Os Cavaleiros de Ren eram os servos mais misteriosos e mortais - conhecidos como "Carniceiros" - de Kylo Ren. Eles eram um grupo de guerreiros mascarados empunhando armas distintas para combate à distância e de curta distância, tornando-os a elite e os temíveis reforçadores da vontade de Kylo. Os Cavaleiros vieram das Regiões Desconhecidas da galáxia, onde seu nome e reputação inspiraram séculos de contos de advertência sobre os perigos ocultos no espaço desconhecido. Embora o folclore local tenha alertado sobre os saqueadores conhecidos como Cavaleiros de Ren, as origens exatas de sua encarnação moderna permaneceram misteriosas, pois estavam diretamente conectadas a essa tradição antiga ou se envolvendo no legado de lendas. No entanto, os Cavaleiros de Ren da era da Nova República eram uma força a ser reconhecida. Suas proezas marciais eram sem igual e eles prosperaram em violência e conflito.

Os Cavaleiros de Ren não eram Jedi nem Sith, mas uma nova geração de guerreiros imbuídos do poder da Força, embora não na extensão dos mencionados Jedi ou Sith. Como tal, os Cavaleiros apenas permitiram que seres sensíveis à Força se juntassem às suas fileiras. Mesmo que um usuário não pertencente à Força estivesse mais inclinado à sua maneira de pensar do que um recruta em potencial, os Cavaleiros os matariam mais cedo do que aceitariam alguém que não pudesse sentir a Força. Além da exigência de sensibilidade à força, a admissão no grupo exigia que fosse feito um sacrifício pessoal. Outro Cavaleiro conhecido como "Ren" certa vez pediu a um candidato que os Cavaleiros matassem seu próprio irmão, e Snoke alertou Ben Solo que o preço da entrada era alto. Por fim, o caminho para se tornar um Cavaleiro de Ren terminou em apenas um dos dois resultados: ter sucesso e se juntar aos Cavaleiros, ou falhar e morrer. Poucas pessoas procuraram os Cavaleiros de Ren, e aqueles que procuraram se arrependeram rapidamente.

A conexão dos Cavaleiros com a Força foi abafada pela falta de treinamento formal, enquanto o próprio Kylo tinha potencial para poder ilimitado, sendo agraciado com a força bruta de sua linhagem. No entanto, o lado sombrio da Força estava com eles. Quando outros usuários da Força sentissem a presença dos Cavaleiros, eles sentiriam o toque frio do lado escuro emanando através da Força. Nas gerações passadas, os Cavaleiros teriam sido considerados o estoque perfeito para os caçadores Jedi do Império Galáctico, os Inquisidores, se pudessem ser domados. 

Luke enfrenta Cavaleiros de Ren

O último Jedi contra os Cavaleiros de Ren.

O lado negro surgiu através dos Cavaleiros durante o combate. No entanto, o Mestre Jedi Luke Skywalker achou que as habilidades de batalha e habilidades de Força dos cavaleiros estavam em falta. Segundo Skywalker, que lutou contra seis dos sete Cavaleiros com a Força como aliado, o grupo era desajeitado e destreinado. Ele comparou o uso do lado escuro ao modo como se usava um martelo, enquanto Skywalker, o último Cavaleiro Jedi totalmente treinado, empunhava o lado da luz como uma lâmina.

Os Cavaleiros foram servidos por Albrekh, um alquimista excêntrico dos Sith e ferreiro conhecido por suas mãos hábeis e firmes. Um alienígena cujos ouvidos sensíveis podiam distinguir o calor do metal pelo tom que fazia quando atingido, Albrekh fez uso de uma antiga forja Sith com o objetivo de reparar e melhorar o equipamento de batalha dos Cavaleiros. Seu equipamento adicional incluía uma série de quatro mecanismos de braço posíveis com pinças magnéticas e bases focadas na gravidade com repulsão reversa. O dispositivo foi usado em conjunto com um bico de refrigeração de ar comprimido e uma ferramenta de aplicação de ferro Sarrassian fundido.

Night Buzzard

A nave dos Carniceiros, Águia da Noite

Os Cavaleiros viajavam a bordo de uma nave estelar personalizada conhecida como Águia da Noite. Um transporte modificado da classe Oubliette fabricado pela Osseriton Assemblages, o Night Buzzard era originalmente uma nave prisional de Osseriton , um mundo penal nas Regiões Desconhecidas. Os Cavaleiros se apropriaram do transporte para uso pessoal e alteraram sua aparência para se adequar ao seu estilo sombrio. Além disso, eles fizeram modificações brutas nos sistemas de motores da embarcação, gerando maior empuxo, mas com um custo para os defletores de isolamento. Isso resultou na Águia da Noite vomitando uma trilha de fumaça espessa e nociva. 

Apesar dos laços de Kylo Ren com a Primeira Ordem, os outros Cavaleiros não estavam alinhados com o sucessor do Império, pois Kylo e o Líder Supremo Snoke eram os únicos membros sensíveis à Força desse regime. No entanto, após a morte de Snoke nas mãos de Ren, a presença dos Cavaleiros tornou-se mais comum nas fileiras da Primeira Ordem. Onde eles viajaram uma vez pela galáxia como saqueadores e mercenários, os Cavaleiros se tornaram executores do reinado de Kylo como o novo Líder Supremo. No entanto, apenas Kylo tinha autoridade para comandá-los, pois os Cavaleiros não responderiam a mais ninguém. Essa devoção singular a um indivíduo criou atritos entre os Cavaleiros e os membros do Conselho Supremo. Depois que Kylo foi resgatado para o lado daluz da Força e se tornou Ben Solo mais uma vez, os Cavaleiros não o seguiram. Apesar de ele ter visto os Cavaleiros como seus irmãos fiéis, eles nunca foram verdadeiramente leais ao seu chamado mestre porque, embora não fossem os próprios Sith, seu verdadeiro mestre sempre foi o Lorde Sith Darth Sidious .

Aparições

Notas e referências

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.