FANDOM


Eras-canon-transp

Eras-legends2

A Crepúsculo foi um cargueiro leve classe Rigger G9[4] que foi originalmente usado pelo senhor do crime Hutt Ziro Desilijic Tiure como um cargueiro de especiarias durante as Guerras Clônicas. Mais tarde, na Batalha de Teth, o Cavaleiro Jedi Anakin Skywalker e sua Padawan Ahsoka Tano usaram-no para tirar o filho do criminoso Jabba Desilijic Tiure e levá-lo de volta ao seu planeta natal, Tatooine.[6] A nave foi destruída por Maul durante a Guerra Civil Mandaloriana.[5]

HistóriaEditar

Durante as Guerras Clônicas, a Crepúsculo estava em Teth. Na batalha que teve posteriormente no planeta, 4-A7 e outros droides de batalha começaram a carregar a nave com alguns materiais de carga, até serem descobertos por Anakin Skywalker, Rotta e Ahsoka Tano, que roubaram a nave dos droides na tentativa de chegar ao cruzador mais próximo da República.[6]

Sob o comando de Anakin SkywalkerEditar

"É, parece que vamos ter que pilotar essa banheiro voadora até Tatooine."
―Anakin, sobre a Crepúsculo[fonte]
Twilight crashed

A Crepúsculo caída em Tatooine.

Apesar da nave ter problemas ao ligar, ela conseguiu voar até o cruzador da república antes do mesmo explodir, impedindo Ahsoka e Anakin de darem um tratamento médico apropriado para o pequeno Rotta, que estava doente. Percebendo que teriam que levá-lo com a Crepúsculo até Tatooine, Ahsoka usou o droide médico da própria nave para ajudar Rotta. Mais tarde, a nave foi atacada antes que pudesse pousar em Tatooine com segurança, forçando Skywalker a fazer um pouco mais ousado e perigoso, quase destruindo o cargueiro.[6]

Anakin mais tarde consertou a Crepúsculo e a usou em diversas missões onde ele requeria maior discrição.[13] Ele também adicionou um droide médico para dar assistência caso fosse necessário.[7]

A MalevolênciaEditar

Crepúsculo contra Malevolência

A Crepúsculo é confrontada pela Malevolência.

Anakin e Ahsoka usaram a Crepúsculo para resgatar Plo Koon e seus clones após terem sua frota destruída pela Malevolência. Após tirarem todos dos pods de emergência que estavam sem energia emergindo no espaço do sistema Abregado, a Malevolência continuou procurando por formas de tecnologia que ainda estavam por perto. Anakin desligou a Crepúsculo e até seu próprio droide R2-D2, mas se esqueceram do droide médico. Aproveitando da velocidade do cargueiro, Anakin conseguiu fugir do disparo de íons da Malevolência e levou a Crepúsculo de volta a Resoluta.[7]

Mais tarde, a Crepúsculo foi levada junto a Resoluta para a destruição da Malevolência. Quando Padmé foi capturada por Grievous para ser usada como escudo contra disparos da República na Malevolência, Anakin usou a Crepúsculo para entrar sem ser detectado na nave Separatista e resgatar sua esposa, além de sabotar o hiperpropulsor da Malevolência, levando-a a explodir.[8]

Resgate de R2-D2Editar

Após R2-D2 ter sido perdido após Anakin ficar inconsciente no Espaço, ele e sua Padawan Ahsoka embarcaram na Crepúsculo para tentar procurar pistas de seu paradeiro. A Crepúsculo foi usada também em seu resgate na lua de Ruusan.[9]

Dookan capturadoEditar

Após descobrirem que o Conde Dookan havia sido capturado por Hondo e seus piratas, Anakin e Obi-Wan foram com a Crepúsculo até a base deles em Florrum.[10] A Crepúsuclo foi usada por eles mais tarde para deixarem o local, após Dookan e os Jedi escaparem do plano de Hondo para capturar os três e vendê-los a República e os Separatistas.[14]

As luas de IegoEditar

Drol (1)

A Crepúsculo deixando Iego.

Após Padmé Amidala e Ahsoka Tano serem infectadas por um veneno em Naboo, Anakin e Obi-Wan foram até Iego, o mundo das mil-luas, em busca da cura. A Crepúsculo conseguiu entrar no planeta mas não conseguiu sair por causa de uma armadilha plantada pelos Separatistas que imediam qualquer nave de deixar os sistema. Com a ajuda dos habitantes locais, a dupla conseguiu desligar o sistemas com a Crepúsculo e voltar a Naboo para ajudar os necessitados.[11]

Mustafar e as crianças da ForçaEditar

Anakin e Ahsoka foram com a Crepúsculo resgatar crianças sensíveis à Força sequestradas pelo caçador de recompensas Cad Bane em Mustafar. Mesmo resgatando elas, a estação onde estavam começou a desabar. Anakin e Ahsoka conseguiram, no entanto, escapar na Crepúsculo junto com as crianças.[12]

DestruiçãoEditar

Mesmo que com o passar das Guerras Clônicas Anakin tentasse arrumar a Crepúsculo, ela nunca deixou de ficar defeituosa e com diversos problemas. Durante uma viagem até Mandalore, Obi-Wan Kenobi usou a Crepúsculo emprestada por Anakin para resgatar a Duquesa Satine Kryze. Após resgatá-la da prisão, a nave foi destruída pelo Olho da Morte.[5]

Nos bastidoresEditar

A Crepúsculo apareceu pela primeira vez no filme de 2008 Star Wars: The Clone Wars e sua romantização.[6] Ela foi baseada em um design não usado para Star Wars Episódio III: A Vingança dos Sith.[15]

Estranhamente, as cores dos lasers disparados pela Crepúsculo mudam bastante com o passar da série, alternando entre vermelho e azul.

LEGO fez uma Crepúsculo no set 7680 "The Twilight" em 26 de julho de 2008.

ApariçõesEditar

Notas e referênciasEditar

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.