Star Wars Wiki em Português
Advertisement
Star Wars Wiki em Português

Este artigo detalha um assunto considerado cânon.

Clique aqui para ir ao artigo da Star Wars Wiki sobre a versão Legends desta página.

"Para garantir nossa segurança e estabilidade contínua, a República vai ser reorganizada no primeiro Império Galáctico, para um sociedade segura e protegida!"
Darth Sidious declara uma nova ordem[fonte]

O Império Galáctico, também conhecido como a Nova Ordem, o Primeiro Império Galáctico ou simplesmente o Império, era o governo que subiu ao poder ao fim das Guerras Clônicas, substituindo a República Galáctica. A autoridade central residia em Darth Sidious, publicamente conhecido como o Imperador Galáctico Palpatine, que também era o Lorde Negro dos Sith. Por quase duas décadas, o corpo legislativo foi o Senado Imperial, mas ele foi dissolvido pelo Imperador poucos dias antes da Batalha de Yavin. Durante o reino do Império, inúmeros sistemas estelares foram conquistados e atos dissidentes foram brutalmente esmagados pelo Exército e Marinha Imperiais em rápida expansão. O Império também supervisou a quase exterminação dos Jedi, com a destruição do Templo Jedi em Coruscant e sua transformação no recém-reformado Palácio Imperial.

História

Fundações

Os ideais imperiais do Império Galáctico podem ser datados do período de tempo do Império Sith da Velha República. Após a derrota dos Sith durante sua guerra final com a Ordem Jedi, por pelo menos mil anos, o órgão governante dominante da galáxia foi a República Galáctica unicameral, parlamentar e democrática, que era governado pelo Senado Galáctico e liderado por um Supremo Chanceler eleito.

Sheev Palpatine foi a identidade pública de Darth Sidious, o Lorde Sombrio cujas maquinações levaram ao surgimento do Império Galáctico.

Nas últimas décadas de sua existência, o Senado da República enredou-se na burocracia, tornando-o lamentavelmente ineficaz como um corpo governante. Darth Sidious, o Lorde Sombrio dos Sith conhecido publicamente como Senador Sheev Palpatine de Naboo, lamentou em particular o declínio do estado do Senado, observando que a República "não era mais o que uma vez foi".

Treze anos antes do fim da República como uma democracia, Darth Sidious orquestrou a Invasão de Naboo pela Federação de Comércio para criar uma crise de liderança no Senado. Sidious usou a crise para manipular a então Rainha de Naboo, Padmé Amidala, a convocar um Voto de Desconfiança contra o cargo de Supremo Chanceler do Finis Valorum. A votação foi aprovada e, na eleição subsequente, Sidious—Em sua persona pública do senador Palpatine de Naboo—garantiu a posição de Supremo Chanceler da República Galáctica para si mesmo por meio de um forte voto de simpatia. Em última análise, ele seria o último indivíduo a ocupar este cargo.

Na década seguinte, Sidious secretamente manipulou eventos galácticos a ponto da guerra se tornar inevitável. Além de persuadir um Mestre Jedi morto, Zaifo-Vias, a criar um exército clone secreto, ele também encarregou seu aprendiz Sith, Darth Tyranus, de exacerbar as tensões políticas na República e criar uma crise separatista. Essas ações culminariam com a eclosão das Guerras Clônicas, o último conflito da República, enquanto o próprio Sidious "relutantemente" aceitava poderes de emergência do Senado.


Eras-canon.png Este artigo é um esboço canônico. Você pode ajudar a Star Wars Wiki expandindo-o.

Aparições

Fontes

Notas e referências

  1. 1,0 1,1 1,2 Star Wars Episódio IV: Uma Nova Esperança
  2. 2,0 2,1 2,2 2,3 Star Wars Episódio III: A Vingança dos Sith
  3. 3,0 3,1 Tarkin
  4. Rebels-mini-logo.png Star Wars Rebels – "Empire Day"
  5. Servants of the Empire: Edge of the Galaxy
  6. TwitterLogo.svg Leland Chee (@HolocronKeeper) no Twitter: "0 10 10-13 13 27 32 35 36" (link de backup não verificado!)—O tweet em questão se refere ao número de anos dentro do universe entre os filmes cânon e as séries de TC. Star Wars Episódio III: A Vingança dos Sith, onde o Império é formado, é considerado o ano 13, enquanto Star Wars Episódio IV: Uma Nova Esperança é o ano 32.
  7. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome SWCA Liveblog
Advertisement