Este artigo detalha um assunto considerado cânon.

O assunto deste artigo aparece na era da Ascensão do Império.O assunto deste artigo existe ou é relevante no mundo real.

"Nosso objetivo sempre reflete o caminho percorrido."
―Moral[fonte]

"Kidnapped" é o décimo primeiro episódio da quarta temporada da série de televisão Star Wars: The Clone Wars. Ele estreou em 15 de Junho de 2012.

Descrição oficial[editar | editar código-fonte]

Escravistas Zygerrianos estão por trás do súbito desaparecimento de uma colônia inteira de pessoas no planeta Kiros. Enquanto Anakin e Ahsoka correm para neutralizar uma série de bombas plantadas pelos traficantes de escravos, Obi-Wan deve lutar com o imponente líder deles.

Resumo da trama[editar | editar código-fonte]

Episódio 11
Kidnapped
Um planeta pacífico! Os colonos
artesãos do planeta Kiros criaram uma
sociedade sem armas. Em vez da guerra,
eles se dedicam às artes e à beleza.
Mas, nas Guerras Clônicas até planetas
pacíficos parecem ser forçados a mudar
de lado...

Os Separatistas chegam em Kiros.

Em face da iminente invasão separatista, o governador Togruta de Kiros decide negociar com o Conde Dookan para o bem-estar de seu povo, sabendo que a assistência que Yoda prometeu a ele virá tarde demais. Após o desembarque, Dookan hipocritamente os oferece para transferir os Togrutas ao que ele chama de "um refúgio temporário e seguro", enquanto suas forças e o exército da República batalham no planeta.

As forças da República invadem Kiros.

Consequentemente, quando as forças da República sob o comando de Anakin Skywalker, Obi-Wan Kenobi e Ahsoka Tano pousam sobre a superfície de Kiros e exploram a colônia, eles não encontram nenhum dos colonos. Em vez disso, elas são atendidos por uma unidade de droides de batalha, quem eles derrotam facilmente, e penetram na colônia até a torre do governador, que serve como a sede do comandante da força de ocupação separatista, o Zygerriano Darts D'Nar. D'Nar pede a Kenobi acompanhá-lo para as negociações de rendição, uma oferta qual Anakin reage muito fortemente, lembrando sua própria infância de escravidão em Tatooine. Obi-Wan envia Anakin e Ahsoka para localizar os colonos em falta e, Anakin pede ao Almirante Yularen iniciar um Bio-escaneamento planetário, esclarece Ahsoka sobre o passado doloroso de seu mestre, uma parte de sua vida que Anakin tem mantido em segredo de seu próprio Padawan.

Ao contrário das expectativas do Obi-Wan, no entanto, D'Nar não tem intenção de se entregar. Em vez disso, ele pretende capturar Obi-Wan, utilizando as bombas que ele implantou em toda a colônia e sua ameaça contra a vida dos Togrutas para tentar garantir a obediência de Obi-Wan. Sub-repticiamente ativando seu comunicador de pulso, Obi-Wan permite que Anakin, Ahsoka e Cody ouçam a conversa, e os dois Jedi imediatamente partem em AT-RTs para encontrar e desarmar as bombas. Com seus cortes usuais entre si, os dois lutam seu caminho através dos guardas droides na cidade e desativam as bombas uma por uma. No entanto, as duas últimas bombas são sincronizadas, manipuladas para explodir se um deles for violada, e um par de droidekas atiradores não lhes deixa implementar uma tentativa simultânea. No entanto, uma vez que eles descobrem que a fraqueza desse modelo em particular, eles são capazes de desarmar as bombas na hora certa.

Obi-Wan lutando contra Darts D'Nar para distraí-lo.

Nesse meio tempo, Obi-Wan explora o antigo ódio dos Zygerrianos contra os Jedi para incitar D'Nar a um combate corpo-a-corpo, em termos que o perdedor se rende incondicionalmente ao vencedor, desviando a atenção de D'Nar. A fim arranjar tempo, Obi-Wan não revida, mas quando D'Nar finalmente descobre que os Jedi desabilitaram seus explosivos, ele decide fugir, cobrindo sua fuga com uma bomba acoplada à parte traseira de seu droide tático. Alertado por Obi-Wan, Anakin e Ahsoka chegam a tempo de embarcar na nave de fuga de D'Nar, que é carregado com os animais nativos que o Zygerriano pretende vender. Eles desativam um dos motores da nave, retardando a fuga, e entram através do compartimento de carga, mas por sua vez, D'Nar libera uma das maiores feras de sua jaula. Enquanto Anakin se envolve e eventualmente a vence, Ahsoka foge à ponte para desligar o motor danificado e capturar D'Nar.

Quando Anakin furiosamente pergunta a D'Nar sobre o paradeiro dos colonos, D'Nar admite que a rainha pretende utilizá-los como mercadoria em um leilão de escravos para ressuscitar a antiga tradição dos Zygerrianos de escravidão. Depois Yularen confirma que os colonos estão longe de Kiros, o Conselho Jedi, suspeita de atividade Sith, e atarefa os três Jedi a encontrarem os colonos antes deles encontrarem um destino terrível.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Nos bastidores[editar | editar código-fonte]

O episódio faz parte da adaptação para série de televisão dos quadrinhos Star Wars: The Clone Wars: Slaves of the Republic.

Quando a frota República entra em órbita sobre o planeta, é composta de um Destróier Estelar classe Venator contendo Anakin e Obi-Wan, dois pequenos cruzadores leves classe Arquitens e um cruzador classe Consular. No entanto, a nave que entra na atmosfera planetária é uma nave de assalto classe Acclamator.

Wiki.png Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Star Wars Wiki expandindo-o.
Considere marcar um esboço mais específico.


Links externos[editar | editar código-fonte]

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.