Este artigo detalha um assunto considerado cânon.

Clique aqui para ir ao artigo da Star Wars Wiki sobre a versão Legends desta página.

Símbolo antigo do lado sombrio da Força

"Mas cuidado com o lado sombrio. Raiva, medo, agressão…com o lado sombrio da Força, eles estão e facilmente fluem nele…Se uma vez iniciado o caminho sombrio, para sempre ele dominará seu destino. Consumir você, ele irá…"
―Yoda[fonte]

O lado sombrio da Força era um aspecto da Força.[1] Indivíduos que usavam o lado sombrio alimentavam seus poderes com emoções mais sombrias, como medo, raiva, ódio,[2] aflição[3] e agressão.[4] Os Sith eram os principais praticantes do lado negro e eram os inimigos mortais da Ordem Jedi, que seguia o lado luminoso da Força.[2] Havia outros, como os Inquisidores, que, apesar de não serem Sith, podiam se utilizar do lado sombrio.[5]

Definição

"É chamado de lado sombrio da Força porquê é algo secreto. É só isso. Os Sith mantinham seus conhecimentos e identidades ocultos - nas sombras, entende? Eles achavam que era mais fácil para impor ordem."
Lona Aphra para sua filha, Chelli Lona Aphra[fonte]

Apesar das inclinações de seus praticantes, como os Sith, o lado sombrio da Força recebeu esse nome porque era um aspecto secreto. Os Sith mantiveram seus conhecimentos e identidades em secredo pois acreditavam que seria mais fácil de impor ordem.[6]

Descrição

"O lado sombrio da Força é um caminho para muitas habilidades que alguns consideram não-naturais."
―Sheev Palpatine[fonte]

Seduzido pelo lado sombrio, Anakin Skywalker deixou de existir e se tornou Darth Vader.

Embora os Jedi tenham sido ensinados a seguir o lado luminoso da Força, o lado sombrio era considerado mais sedutor, e um Jedi tinha que manter vigilância para evitar cair no lado sombrio.[4] Anakin Skywalker era um poderoso Jedi que, através das maquinações do Lorde Sith Sidious, sucumbiu à tentação e começou a praticar o lado sombrio, tornando-se o famoso Lorde Sith conhecido como Darth Vader.[3] Mesmo um Jedi criado nas tradições da Ordem Jedi desde o nascimento poderia rapidamente ser corrompido pela atração do lado sombrio em certas situações. Apesar disso, enquanto os Jedi frequentemente descreviam o lado sombrio como um "caminho rápido e fácil", o uso de seu poder não era necessariamente fácil ou sem custo para aqueles que possuíam forte compaixão e não estavam acostumados a usar sentimentos como o ódio.[7]

Habilidades do lado sombrio

Poderes

O uso do lado sombrio da Força concedia certas habilidades às quais os manejadores do lado luminoso não tinham acesso, como possessão[8][9] e a capacidade de manipular visões da Força.[10] Outros poderes do lado sombrio eram de natureza puramente ofensiva como o raio da Força e, devido ao fato de Yoda enfatizar que o uso da Força para ferir ou destruir era de costume do lado sombrio, pelo menos usando poderes como a Telecinesia para prejudicar alguém diretamente (como quando Darth Vader enforca seus oponentes) atrai um para o lado sombrio, mesmo que não seja uma habilidade estritamente sombria. O poder do lado sombrio também pode ser usado para alterar a vida e, segundo uma lenda, também podia ser usada para manipular midi-chlorians para criar vida ou impedir que alguém morresse.[3] O historiador do lado somrbio e cultista Sith Yupe Tashu disse a Wedge Antilles em Akiva que alguns Lordes Sith foram capazes de desviar a Força de seus cativos, a fim de prolongar suas próprias vidas por séculos além de sua expiração natural.[11] As habilidades do lado somrbio foram consideradas por alguns como "não naturais".[3]

Uso

Além disso, o uso do lado sombrio por alguém com boas intenções em um momento de fraqueza pode deixar esse indivíduo fraco e trêmulo, com um sentimento geral de injustiça. Isso já foi experimentado pelo Jedi Padawan Ezra Bridger, quando ele inconscientemente se valeu do poder do lado sombrio para convocar uma forte tempestade de fogo para atacar o Grande Inquisidor.[12]

Presença sombria

O poder do lado sombrio era penetrante e pernicioso. O Templo Jedi foi construído no topo de um antigo santuário Sith e, sem o conhecimento dos Jedi, o poder do lado sombrio infiltrou-se no templo, enfraquecendo lentamente os Jedi ao longo de um milênio.[13]

Se a presença do lado sombrio era significativamente poderosa, os sensíveis à força próximos frequentemente sentiam a sensação de frio. Isso aconteceu em várias ocasiões com Ezra Bridger e Kanan Jarrus na presença de Darth Vader, e também ocorreu quando Luke sentiu a energia sombria que emana da Caverna do Mal em Dagobah.[4][14] O uso extensivo do lado sombrio pode deixar um planeta inteiro corrompido por sua energia. Dathomir era um desses lugares que estava fortemente mergulhado no lado sombrio.[7] Isso também pode ressoar através de objetos físicos associados fisicamente a indivíduos com uma forte presença do lado sombrio,[15] como o de Lorde Momin e a máscara dele. A máscara de Momin corrompeu seres próximos e os transformou em assassinos irracionais.[16]

Percepção

Jedi

Mestre Yoda teve que superar seu lado sombrio para aprender o caminho da imortalidade.

O lado sombrio da Força era considerado altamente corruptivo. O Grão-Mestre Jedi Yoda, por exemplo, acreditava que um adepto da Força que abraçava o lado sombrio estaria destinado a continuar para sempre no caminho do mal,[4] uma visão que ele defendia apesar de ter testemunhado pessoalmente a redenção de pelo menos dois indivíduos que estavam ao mesmo tempo profundamente tomados pelo lado sombrio.[7] Anakin Skywalker também provou ser uma exceção, pois superou suas ações passadas para salvar seu filho, Luke Skywalker, e ao matar o Lorde Sith Darth Sidious..[17]Yoda ensinou que o lado sombrio da Força não era mais forte que o lado luminoso da Força, mas apenas "mais rápido, mais fácil e mais sedutor". Ele também afirmou que o lado sombrio provinha de emoções como raiva, medo e agressão e que essas emoções eram rápidas em se juntar a alguém em combate.[4]

Sith

"O lado sombrio não nos serve. Servimos o lado sombrio. Se o glorificamos através de nossos atos, nosso trabalho e nossa arte, isso nos dá poder. Isso nos dá vida. Até a vida eterna."
―Momin para Darth Vader[fonte]

Darth Sidious acreditava que a fonte de seu poder do lado sombrio era o universo além das bordas da galáxia conhecida.[11]

Lorde Momin viu o lado sombrio da Força como um poder superior[18] e se dedicou à criação através de seus poderes.[19] Especificamente, Momin acreditava na criação de arte que glorifica o lado sombrio, o que poderia, em sua opinião, conceder ao artista a vida eterna.[18] Tais visões extremistas levaram à negligência de Momin pelos cronistas holocrônicos dos Jedi e dos Sith.[19]

Aparições

Wiki.png Esta lista está incompleta. Você pode ajudar a Star Wars Wiki expandindo-a.

Kylo Ren era o neto de Darth Vader e o arquétipo de uma nova geração de guerreiros do lado sombrio.

Fontes

Notas e referências

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.