FANDOM


Eras-canon2-transp

Eras-legends

30px-Era-imp

Katarnbarcrop Nunca confie num barman com gramática ruim.

Este artigo tem muitos erros de gramática e ortografia.
Por favor, siga o Manual de Estilo e corrija os erros.

"O congresso de Malastare concorda com o delegado da Federação do Comércio,uma comissão deve ser nomeada!"
―Aks Moe[fonte]

Aks Moe foi um senador macho da espécie Gran que representou o Protetorado Gran no Senado Galáctico durante as últimas décadas da República Galáctica. Ele era conhecido também por sua habilidade burocrática, e foi grande exemplo da ineficiência do Senado Galáctico.

BiografiaEditar

Senador GalácticoEditar

Aks Moe se envolveu na política dentro do Protetorado Gran em sua terra natal,Malastare e,eventualmente atingiu o cargo de assessor do senador Pax Teem, por volta de 54 ABY.Ao lado de Teem,Moe iria assistir uma festa de gala em sua terra natal,em comemoração aos dugs vencedores do Clássico de Boonta Eve. Dois anos depois,Moe não estava em Coruscant quando o senador Teem e os outros membros da delegação do planeta foram massacrados sob misteriosas circunstâncias.

Depois do ataque em Coruscant, Aks foi abordado pela Federação de Comércio para fechar um acordo que teria o seu apoio: Moe foi declarado senador do Protetorado Gran logo depois.

Quando a Rainha Amidala de Naboo apresentou um pedido de ajuda ao Senado contra a Federação do Comércio, Moe tentou adiar decisivamente contra a Federação, secundando uma moção para enviar uma equipe de pesquisa para Naboo para confirmar o suposto ataque. Sua obstrução demonstrando a rainha a fraqueza do Senado e ela iniciou um Voto de Desconfiança no Supremo Chanceler Valorum.

No caos que se seguiu ao Representante Ainlee Teem, um Gran companheiro do Protetorado, foi nomeado para suceder como Chanceler pelo senador Edcel Bar Gane de Roona. Enquanto ele fez um campanha feroz contra os outros candidatos Bail Antilles de Alderaan e Palpatine de Naboo, ele foi finalmente derrotado por Palpatine.

Após a eleição,o senador voltou a Malastare para participar de uma negociação de Paz entre as facções envolvidas na guerra civil em Lannik, as reuniões também passaram a executar uma reunião simultânea com a corrida na clássica Boonta Eeve. O senador,secretamente conspirou com Myk'chur Finux Zug o líder terrorista da delegação Red Laro para matar o príncipe R'cardo Sooflie IX com cães akk e estabelecer um novo governo no qual o senador Gran levaria vantagem nos recursos inexplorados do planeta.A trama foi frustada e Zug, graças aos Cavaleiros Jedi mortos responsáveis pela mediação entre partes,embora o Jedi suspeitasse do envolvimento das autoridades Gran na trama, a falta de provas admitidas, Moe, para evitar a culpa, manteve a sua posição no momento.

Mortemoe

Aks Moe é morto em uma explosão.

Ao longo dos próximos anos,o senador Moe manteve sua carreira no Senado, tornando-se membro fundador do Comitê Legalista, um movimento separatista que começou a tomar posse de muitos planetas. Como a Crise Separatista cresceu mais volátil e sistemas estelares mais e mais se separaram, Moe, ativamente expressou suas militaristas e pontos de vista que se tornou um defensor da Lei de Criação Militar.

Em 22 ABY, o senador estava visitando o mundo bancário de Aargau para se reunir com representantes do Clã Bancário InterGaláctico, a fim de discutir as opções de financiamentos pociveis para uma iniciativa militar da República, Moe embarcou sua equipe em um Speeder para uma visita à Catedral das Bolsas de Mercadoria de Nova Custódia e tinha apenas uma via expressa automática quando o núcleo do poder do Speeder ficou sobrecarregada e explodiu, matando o senador imediatamente. Companheiros de viagem de Moe e dois Dugs servidores também foram mortos na explosão, juntamente com a lesão de 18 passageiros.

LegadoEditar

Após uma investigação o corpo de Moe foi transportado de volta para Malastare, onde um funeral realizou-se em honra do serviço de Moe ao Protetorado.Durante a cerimonia, Dugs ativistas da democracia foram aos céus com Podracers em uma tentativa bem-sucedida de atrapalhar a cerimonia do senador.Nos anos seguintes o senador Ask Aak foi reconhecido como o substituto de Moe no senado.

Nos bastidoresEditar

Funeralmoe

O funeral de Moe é interrompido por Dugs.

No Episode I: The Visual Dictionary, Aks Moe foi, erradamente referido a Beskol Yeesrim, que em vez disso, foi seu acessor no Senado.Este erro foi corrigido em futuras publicações.

Aparições Editar

Fontes Editar

Notas e referênciasEditar

Links Externos Editar

CUSWE Moe, Aks no Completely Unofficial Star Wars Encyclopedia

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.