Clique aqui para ir ao artigo da Star Wars Wiki sobre a versão Cânon desta página.

Este artigo detalha um assunto sob a marca Legends.

O assunto deste artigo aparece na era da Velha República.O assunto deste artigo aparece na era da Ascensão do Império.O assunto deste artigo aparece na era da Rebelião.O assunto deste artigo aparece na era da Nova República.O assunto deste artigo aparece na era da Nova Ordem Jedi.O assunto deste artigo aparece na era do Legado.

Luke Skywalker sendo tratado num tanque bacta na base rebelde em Hoth

Bacta foi uma substância química sintética, que consiste de partículas bacterianas que foram misturadas dentro de um líquido incolor e viscoso conhecido como Ambori. Quando o paciente era exposto a bacta, as partículas de bactérias entravam nas feridas, procuravam e promoviam a regeneração de tecidos rápidamente, evitando o aparecimento de cicatrizes. Bacta foi muitas vezes considerado como um fluido "milagroso" e parecia ser eficaz contra quase todos os tipos de lesões e doenças em quase todas as espécies da galáxia. Foi considerado o melhor medicamento disponível em qualquer lugar, com Kolto como o seu concorrente de curta duração.

Descrição

Um tanque Bacta

Bacta podia ser administrado através de pacotes bacta descartáveis, de injeção direta, o consumo (via bactade), da aplicação de uma pomada, ou por imersão em um tanque bacta padrão. Quando imersão no bacta era utilizada, o paciente poderia ser vestido em shorts brancos ou um vestidos brancos, em função do sexo da pessoa. O método de administração depende da gravidade dos ferimentos. Era imperativo que o bacta fosse aplicado em uma solução de fluido sintético claro que imitava o próprio fluido vital do corpo.

Os tanques Bacta tinham duas variedades: grandes tanques para a instalação em instalações médicas, e cisternas desmontáveis para situações de emergência. Tanques de campo obrigavam os pacientes a deitar sobre suas costas ou estômago, enquanto o bacta corria através de filtros.

O gosto e o cheiro de bacta, descrito como "doentemente doce", ficavam na boca e cavidade nasal por semanas após a imersão em um tanque. O pacote deixava um pouco menos de cheiro.

História

Uma granada Bacta

Bacta foi inventado pelos Vratix no planeta Thyferra na antiguidade, mas a galáxia ao todo só descobriu suas propriedades cerca de 4.100 ABY. Os Vratix estavam dispostos a compartilhar a tecnologia, mas a substância só pode ser feita em sua terra natal, onde o recursos necessários eram abundantes. Lutas em Thyferra eram muitas vezes causadas pelo controle do bacta, muitas vezes entre seus dois principais produtores, a Corporação Zaltin e da Corporação Xucphra. Antes de se tornar obsoleto, kolto foi utilizado juntamente com bacta para tratamentos médicos. Bacta mais tarde vendeu mais e, eventualmente, substituiu-o por completo. Durante as Guerras Clônicas, dispensadores bacta foram utilizados pelas tropas da República que dispensavam bacta em sistemas do traje de suporte de vida. Após a reorganização da República Galáctica durante as Guerras Clônicas, o novo Império Galáctico somente permitia a produção de bacta em Thyferra, sendo armazenados em Bespin.

Em algum momento, o Imperador Palpatine teve a seqüência química de bacta armazenada na sua fortaleza em Wayland, com a intenção de desenvolver uma arma destinada a neutralizar as propriedades do composto. No entanto, nunca os seus cientistas desenvolveram uma arma e a seqüência permaneceu armazenado em Wayland. Quando a Guerra Yuuzhan Vong tomou conta da galáxia, os Yuuzhan Vong conquistaram Wayland, onde os Shapers conseguiram analisar a fórmula de bacta e criaram um vírus que tinha como alvo a planta alazhi (uma das substâncias usadas na produção de bacta). Isso foi a fim de criar uma arma bio-projetada para matar qualquer um que foi tratado por bacta. No entanto, seus planos foram frustrados pela Klin-Fa Gi juntamente com Uldir Lochett, bem como sua equipe.

Durante a Guerra Swarm, os Killiks fizeram um golpe contra o governo Thyferrano que cortou o fornecimento da Aliança Galáctica de bacta durante a Batalha de Tenupe, minando assim as habilidades médicas da Aliança.

Potência

Darth Maul sendo tratado em um tanque de bacta em Kamino

Bacta foi muitas vezes produzido em várias forças e potências com base em vários fatores. Um lote de qualidade depende de como os vários ingredientes foram misturados, o local onde os ingredientes foram produzidos, e os Vratix que supervisionaram o processo de mistura. Como Thyferra foi a fonte de quase todo o bacta na galáxia, foi também a fonte dos melhores bacta. Produto de alta qualidade, não era geralmente exportado e, se ele era, ele era vendido a preços extremamente elevados. A exportação de bacta de qualidade foi, tipicamente, longe de ser tão eficaz, o que significa que os ferimentos mais graves necessitavam de uma exposição mais longa, a fim de ser devidamente tratados e curados.

Alergias

Rebeldes Ashern uma vez contaminaram uma parte de bacta. O bacta contaminado causou alergia a bacta em tudo o que usaram. Após a descoberta da contaminação, Ysanne Isard fez muitos deles serem canalizados para o mercado negro. Ton Phanan e Gil Bastra ambos possuíam uma alergia a bacta.

Nos Bastidores

Em termos de cronologia do universo, a primeira menção de bacta ocorreu no drama Tales of the Jedi: Dark Lords de Sith em áudio. Também foi mencionado (mais tarde na história da galáxia) em Star Wars Knights of the Old Republic 3: Início, Parte 3. No entanto, o autor, John Jackson Miller, admite que este pode ser um erro de continuidade, e propôs um possível retcon, afirmando que Marn Hierogryph estava se referindo a alguma outra coisa, coincidentemente chamado bacta nos quadrinhos. A questão foi resolvida com uma referência no Essential Atlas para a descoberta de bacta cerca de um século antes da série Tales of the Jedi.

Há alguma controvérsia quanto à cor do bacta. Muitas fontes oficiais indicaram que bacta está na tonalidade azulada e imagens fornecidas parecem reforçar esta reivindicação. Há rumores de que ela só apareceu claramente em Sar Wars Episódio V: O Império Contra-Ataca por causa da iluminação e ângulos de câmera. No quadrinho do Império Contra-Ataca, ele diz que bacta era um líquido espesso vermelho.

Tanques Kolto foram o antecessor de tanques bacta e, claro, foram substituídos mais tarde em favor doe bacta, o que explica a semelhança na aparência entre os dois.

O tanque Bacta foi provavelmente inspirada no tanque de flotação do Dr. John Lilly, um tanque de isolamento acústico vertical de água morna e sal, criado pela primeira vez em 1954. Este dispositivo, usado pela primeira neuro-psiquiatras para estudar o cérebro humano, foi posteriormente utilizada para benefícios terapêuticos. John Lilly foi considerado o conselheiro de George Lucas no final de 1970.

Aparições

Fontes

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.