FANDOM


Eras-legends

30px-Era-old

YodaCG Mestre Qui-Gon, mais a dizer tem?

Este artigo ou seção precisa ser expandido.
Por favor, atualize este artigo adicionando as informações faltantes. Você também pode checar a página de discussão desta página. Remova esta mensagem quando terminar.

"Você achou que nenhuma força poderia desafiá-lo. E agora... finalmente, nós retornamos"
―Darth Malgus[fonte]

Darth Malgus, nascido como Veradun, era um Lorde Sith que servia o Império Sith no ano 3.653 ABY, durante a Grande Guerra Galáctica. Nasceu no planeta capital dos Sith Dromund Kaas. Ele geralmente usava mercenários aliens de espécies que eram consideradas traiçoeiras. Eventualmente Malgus teve a Twi'lek Eleena Daru como sua amante, mas era tratada como sua esposa.

Malgus liderou as forças na Invasão ao Templo Jedi durante o Saque de Coruscant, uma atitude tomada pelo Império Sith para destruir a República Galáctica e seus defensores Jedi e reclamar a dominação dos Sith na galáxia. Malgus se infiltrou no templo acompanhado por um grupo de Sith e uma nave roubada da República, onde tiveram êxito em matar uma certa quantidade de Jedi antes da frota Sith chegar.

BiografiaEditar

"Eu acho que você vai ser um grande guerreiro, Veradun. Um tremendo recurso para o Império."
―Pai adotivo de Veradun.[fonte]
200px-DromundKaas-TOR

Dromund Kaas

Darth Malgus era um Lorde Sith humano do Império Sith durante a Grande Guerra Galáctica. Ele nasceu sob o nome Veradun dentro do espaço imperial, e foi criado por seu pai adotivo. Ainda jovem, Veradun matou um servo Twi'lek na propriedade de seu pai, revelando o seu potencial para o Lado negro da Força. O rapaz foi posteriormente enviado para a Academia Sith sobre a capital imperial de Dromund Kaas, onde se tornou um Guerreiro Sith e um comandante bem-sucedido do império militar. Durante uma viagem ao planeta de Geonosis na Orla Exterior, Veradun descobriu a escrava Twi'lek Eleena Daru e levou-a como sua. Embora fosse tecnicamente sua escrava, os dois se apaixonaram e lutaram lado a lado em muitas batalhas durante a Grande Guerra Galáctica contra a República. Veradun depois deixou de usar seu nome de nascimento e adotou o nome Sith Darth Malgus.

A Grande Guerra GalácticaEditar

Primeiras campanhas de informação e pesadas derrotasEditar

KorribanEditar
"Depois de mil anos, Korriban é nossa de novo"
―Malgus ao seu mestre Vindican[fonte]
.

Em 3.681 ABY, o Império emergiu de seu esconderijo e lançou uma série de ataques contra o governo preeminente interestelar, a República Galáctica, no que viria a ser conhecida como a Grande Guerra Galáctica.

No início da Grande Guerra Galáctica, Veradun foi reconhecido por seu talento e foi elevado ao status de Lorde Sith. Ele recebeu o novo nome de Darth Malgus.

Durante esse tempo, Malgus fez diversas viagens para os antigos locais do império Sith, como por exemplo Korriban, que foi recuperado por ele e seu mestre no inicio da guerra. Na reocupação eles lutaram com dois Jedi: o Mestre Kao Chen Darach e sua padawan Satele Shan. Shan consegue fugir, mas o seu mestre, Vindican foi ferido por Kao, Malgus empunhou então o sabre de luz duplo de seu mestre e o seu. Depois de derrotar o Jedi, Malgus traiu seu mestre decepando-o a cabeça, e depois comemora a reconquista de Korriban.

Batalha de AlderaanEditar

Em 3.681 ABY, o Império Sith, saiu do seu esconderijo atacando vários territórios da República, começando o que seria a Grande Guerra Galáctica.

800px-Malgus Alderaan

Malgus durante a Batalha de Alderaan

Darth Malgus, liderou um ataque surpresa à Alderaan. Após a Marinha da República sair do planeta de uma simulação bem-sucedida, o planeta foi facilmente vencido pelo ataque Sith. Os soldados sobreviventes resolveram lançar um contra-ataque contra os invasores, que rapidamente revidaram. Malgus desviou os tiros que vinham em sua direção com seu sabre de luz, matando algum dos soldados. Então a Jedi Satele Shan, utilizando o seu Sabre de luz duplo, entrou no combate liderando os soldados que restavam no ataque contra os Sith invasores.

Ela avançou em Malgus, utilizando suas habilidades com sabre de luz e matando vários Sith no caminho, os dois duelaram nas florestas de Alderaan. Depois de algum tempo duelando, o Lorde Sombrio consegue separar o sabre da Jedi em dois, e quando ele foi atravessa-la com seu sabre no peito, ela consegue absorver parcialmente o sabre do Sith usando a Absorção da Força, distraindo-o tempo suficiente para um soldado empurrá-lo e tentar bater nele. Quando Malgus segura suas mãos, o soldado detona uma granada que estava segurando. Após a explosão, os dois combatentes foram arremessados para lados opostos, e enquanto Malgus estava se recuperando, a Jedi aproveitou o momento e o arremessou em uma parede de pedra usando a Força, e em seguida ela lançou uma Onda da Força no Sith, batendo mais forte na parede e quebrando as pedras ao seu redor. Malgus sobreviveu ao encontro, mas os ferimentos em seu queixo o forçara a usar uma máscara que cobria o pescoço, o nariz e a boca. Este foi um dos vários ataques surpresas liderados por ele.

Ataque a CoruscantEditar

"Você foi enganado. E agora, sua República deve cair."
―Darth Malgus para Ven Zallow[fonte]

Em 3.653 ABY, 28 anos após o início da guerra, políticos Sith contactaram a República com o desejo de fazer um acordo de paz. Enquanto representantes dos dois lados se encontravam em Alderaan, o exército Sith ia em direção à Coruscant, a capital da República para preparar a invasão, um esquadrão formado por Malgus e os melhores guerreiros Sith foram enviados antecipadamente para destruir a rede de defesa principal, localizada no Templo Jedi.

Malgus, acompanhado por Eleena, chegou no Templo Jedi antes do início do assalto e foram interrompidos por um grupo de soldados, Malgus rapidamente os mata e os dois entram no templo. Eles são confrontados pelo Mestre Jedi Ven Zallow e muitos Jedi. Enquanto estavam imóveis, uma nave da República acidenta-se através da entrada principal e invade sem controle o templo, após a nave em chamas vir derrapando e parar logo atrás de Malgus, a escotilha de carga da nave abre e um grupo de aproximadamente 25 Sith ativam seus sabres e começam o ataque.

VervsVen

Malgus enfrenta Ven Zallow

No meio da ação, após Malgus cortar um inimigo e enforcar outro Jedi com a Força e o esmagar nos escombros, Ven Zallow o ataca. Os dois disputam com os sabres colados por um momento até que o Sith o chutou, enquanto Zallow matava dois inimigos rapidamente, Malgus jogou seu sabre de luz no Jedi que pula, o Sith aproveita a chance para usar a Força, arremessando-o numa pilha de escombros. Malgus usa o Pulo da Força em direção a Zallow puxando seu sabre de volta, e ao pega-lo de volta ainda durante o salto tenta furar Zallow, que consegue rapidamente evitar o corte e já estava novamente em pé. Os dois duelaram até que Malgus conseguiu transpassar seu abdômen.

SithLordWalksAway-TORtrailer

Malgus sai do Templo Jedi após sua destruição

Enquanto Zallow morria, Malgus lhe dizia como os Jedi foram derrotados e como os Sith haviam retornado, e como a República iria cair. Ven Zallow foi o mais notável assassinato de Malgus.

Regiões DesconhecidasEditar

Após o ataque e a criação do Tratado de Coruscant, que oficialmente dava fim à guerra, Malgus se distanciou dos jogos de poder usados por outros Sith para conseguir um assento no Conselho Sombrio. Ao invés de lutar para controlar exércitos e recursos por um assento, ele preferiu liderar expedições militares para as Regiões Desconhecidas clamando territórios para o Império Sith e aprofundando a influência do mesmo como um todo.

Características e personalidadesEditar

Veradrun geralmente usava mercenários alienígenas de várias espécies, dentre elas algumas consideradas desprezíveis pelo Império, o que o fez aprender várias línguas. Malgus era um ser ousado. Ele audaciosamente entrou no Templo e confrontou um grupo de Jedi, somente com uma Twi'lek para dar cobertura, e ficou parado quando a nave capturada escorregava pelo corredor enquanto os Jedi estavam prontos para fugir se necessário. Em sua luta contra Ven Zallow, ele usou o Lado Sombrio da Força como combustível para seu corpo durante a batalha.

Ele era geralmente do lado da oposição em questões relativas à política, continuamente clamando por reformas, o que fazia com que vários Sith o desprezassem. Entretanto, Malgus não possuia nenhum tipo de poder político fazendo com que ele somente cumprisse ordens. Após o Tratado de Coruscant, ele preferiu se afastar das questões políticas que envolvia os grandes Sith que desejavam um assento no Conselho e liderar expedições às Regiões Desconhecidas.

Nos BastidoresEditar

MalgusChocks

Malgus enforca um Jedi

A primeira aparição de Malgus foi como um Sith desconhecido no trailer "Deceived" do jogo Star Wars: The Old Republic. Neste trailer, ele foi dublado por Jamie Glover e também serviu como narrador, apesar de ter pelo menos uma linha de diálogo como personagem quando mata o Jedi. Ele foi identificado em uma entrada na Holonet no website do jogo The Old Republic, que contém frases em Aurebesh como "Amigo de Mandalore", "Yablari, Tradosha, Kalee" e "Primeiro Contato". Malgus apareceu no trailer "Hope" e foi o personagem principal no romance Star Wars: The Old Republic: Deceived, que foi lançado no dia 28 de dezembro de 2010.

Poderes e habilidadesEditar

Durante o ataque ao Templo Jedi, Malgus utilizou vários poderes da Força, incluindo o Relâmpago da Força, Pulo da Força e Telecinesia. Ele também tinha uma ótima habilidade em manejar seu sabre de luz, utilizando esta característica para ganhar vantagem nas lutas contra seus inimigos.

18px-Char-stub Este artigo é um esboço de um Sith. Você pode ajudar a Star Wars Wiki expandindo-o.


ApariçõesEditar

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.