FANDOM


Eras-legends

30px-Era-imp30px-Era-reb30px-Era-new30px-Era-njo30px-Era-leg

"Tem sido um longo caminho, senhor. Longo e difícil e desencorajador. Para todos nós, mas principalmente para você."
Ardiff para Gilad Pellaeon.[fonte]

Gilad Pellaeon foi um oficial naval dedicado, servindo sete décadas nas frotas da República Galáctica, Império Galáctico, Remanescente Imperial e da Aliança Galáctica, conseguindo o cargo de supremo comandante dos governos. Pellaeon começou sua carreira nas Forças Judiciais da República, onde ele conseguiu subir de posições, conseguindo ser o capitão da nave de Assalto Leveler durante as Guerras Clônicas. Pellaeon desenvolveu um acessório poderoso para a frota como uma instituição, e quando a República virou um Império, ele continuou a servir no Destróier Estelar Chimaera.

Na Batalha de Endor, o Chimaera estava sob o comando de Pellaeon, e emitiu a ordem de retiro. Capitão Pellaeon mandou permanecer um de seus oficiais mais importantes de sua frota até o retorno do Grande Almirante Thrawn, que selecionou o Chimaera e sua nave de comando, fazendo de Pellaeon seu baço direito. Pellaeon cresceu em respeito em relação à Thrawn, em sua campanha contra a Nova República, mas quando Thrawn foi assassinado na Batalha de Bilbringi, Pellaeon foi forçado novamente a emitir o chamado de retirada. Após a morte de Thrawn e o retorno falho de Palpatine, desmoronou em torno de Pellaeon. Ele se achou servindo o lorde de guerra Treuten Teradoc, mas quando o Almirante Natasi Daala compartilhou com ele sua visão de um Império renovado e o fim dos Lordes de guerra, ele se apegou ao Remanescente Imperial.

ApariçõesEditar

FontesEditar

Notas e referênciasEditar

Links ExternosEditar

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.