FANDOM


Eras-legends

30px-Era-imp

"Eu sigo a Força—não a lei. Eu sirvo o povo—não o Senado. Eu vou trazer a paz—não a guerra."
―Serifa Altunen para Obi-Wan Kenobi[fonte]

Serifa Altunen foi uma Cavaleira Jedi da espécie Arkaniana que serviu à Ordem Jedi no últimos anos da República Galáctica. Quando as Guerras Clônicas colocaram a República contra a Confederação de Sistemas Independentes, Altunen deixou a Ordem, se tornando uma Jedi Negra acreditando que os Jedi deveriam servir a Força e não o Senado Galáctico.

BiografiaEditar

Altunen foi treinada nos caminhos da força pela Ordem Jedi. Após alcançar o cargo de Cavaleira Jedi, Altunem foi muito respeitada pela Ordem. Quando as negociações entre a República Galáctica e a Confederação de Sistemas Independentes quebraram pela Guerras Clônicas, Altunen chegou ao cargo de General Jedi.

Enquanto a guerra se afastava, Altunen ficava mais desencantada com a Ordem, por causa dela na guerra e a corrupção no Senado Galáctico. Partindo de Coruscant, para seu planeta natal Arkania onde ela começou a convencer o senado Arkaninano de ficar neutro durante as Guerra Clônicas. Sabendo disso, o Mestre Jedi Obi-Wan Kenobi e o Cavaleiro Jedi Anakin Skywalker foram despachados para persuadi-la e trazê-la de volta para a Ordem e para a guerra. Não aceitando voltar a Ordem, Altunen falou ao Conselho Jedi que ela servia à Força, não o Senado Galáctico.

Aparições Editar

FontesEditar

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.