FANDOM


Eras-canon-transp

A Operação Lua Amarela foi uma operação realizada pela Princesa Leia Organa com o objetivo de desviar a atenção do Império Galáctico do acumulo de naves da Aliança para realizar um ataque à Estrela da Morte II. [1]

HistóriaEditar

Em 4 DBY, pouco antes da Batalha de Endor, houve um encontro da liderança da Aliança Rebelde no planeta Zastiga para discutir sobre a descoberta de uma nova ameaça, a Segunda Estrela da Morte. [1]

Para desviar a atenção à um possível encontro de naves de guerra da Aliança Rebelde, Leia criou um grupo que viajaria a vários planetas no Setor Corva para recrutar novos integrantes para a Aliança, esse seria o pretexto de sua viagem. Fizeram parte do grupo o piloto Nien Nunb, uma especialista em comunicações Kidi Aleri, um especialista em demolição Antrot e o Soldado Lokmarcha. [1]

BasteelEditar

No planeta Basteel, o grupo fez contato com um ex integrante da Aliança: Bon Yoth para que ele os auxiliasse a inserir um mecanismo de comunicação. Quando perceberam que já haviam chamado a atenção imperial. [1]

SesidEditar

No planeta Sesid, o mecanismo de comunicação foi posto no topo de um vulcão, posteriormente o grupo teve um confronto com tropas imperiais comandadas pela Capitã Khione, mas foram resgatadas pelo contato Aurelant e seu grupo de piratas que os auxiliaram a fugir. [1]

JareshEditar

No planeta Jaresh, o grupo se encontrou com Nyessa, uma velha senhora Kyuzo que os auxiliou em pendurar o mecanismo de comunicação em cima de uma antena de transmissão e juntos atacaram uma guarnição imperial que estava na vila. Após essa luta, a Mellcrawler conseguiu fugir do Destróier Estelar Shieldmaiden em uma manobra arriscada. [1]

GalaanEditar

Em Galaan, um Gigante Gasoso e ponto de encontro das mensagens, muitas naves começaram a chegar no ponto de encontro mas foram interceptadas pela Shieldmaiden que conseguiu prender a Mellcrawler. [1]

Fuga da ShieldmaidenEditar

Durante o inicio do interrogatório de Leia, Lokmarcha se sacrificou explodindo uma bomba de pulso eletro-magnético que tinha dentro do peito, fazendo com que uma boa parte do destróier ficasse sem energia. Durante a fuga, a Capitã Khione foi nocauteada por Leia e, durante a fuga, foram bloqueados por um grupo de stormtroopers. Para possibilitar a fuga, Antrot explodiu uma bomba que ele deixou preparada na Mellcrawler, também se sacrificando. [1]


Aparições Editar

Notas e Referências Editar

Em outras línguas
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.