Star Wars Wiki em Português
Advertisement
Star Wars Wiki em Português

Este artigo detalha um assunto considerado cânon.

Clique aqui para ir ao artigo da Star Wars Wiki sobre a versão Legends desta página.

A Orla Interior, originalmente conhecida apenas de A Orla,[1] foi a região da galáxia localizada entre as Colônias e a Região de Expansão.[2] O planeta Onderon era localizado na Orla Interior,[3] assim como o planeta Gorse e sua lua, Cynda.[4]

Descrição

A Orla Interior era uma região da galáxia considerada parte dos "planetas internos". Consistia em um anel entre as Colônias e a Região de Expansão.

História

Início

O deserto árido do mundo de Jakku.

Os Territórios da Orla Interior foram a fronteira da civilização galáctica durante séculos. Quando originalmente colonizados por colonizadores que se espalharam dos mundos do Mundos do Núcleo e das Colônias, esta área era conhecida simplesmente como "a Orla", mas a competição por recursos viu a necessidade de expandir, e a galáxia conhecida cresceu em áreas como os Territórios da Orla Média e os Territórios da Orla Exterior. A Orla Interior permaneceu próspera, à medida que a colonização se espalhava para fora. Em algum momento desconhecido, o planeta da Orla Interior de Birren foi colonizado por exploradores Alderaanianos e Arkanisianos. O planeta desenvolveu um monarca hereditário conhecido como governante supremo, que se tornou puramente cerimonial na época da Nova República.

Cerca de mil anos antes da Batalha de Yavin, o mundo da Orla Interior de Jakku nas Extensões Ocidentais era conhecido por ser o local de um objeto de valor para Sheev Palpatine, o Lorde Sith conhecido como Darth Sidious. Em 30 ABY, Palpatine e seu conselheiro Yupe Tashu visitaram Jakku para supervisionar uma escavação arqueológica no Planalto da Mão Lamentosa, onde havia rumores de que o objeto estava enterrado. Durante essa viagem, Palpatine encontrou pela primeira vez Gallius Rax, um escravo local que ele sentiu um grande potencial. Com a ajuda de Palpatine, Rax mais tarde ascendeu à posição de almirante da frota no Império Galáctico.

Guerras Clônicas

Fortaleza de Otua Blank em Quarzite.

Durante as Guerras Clônicas, a Orla Interior manteve um valor estratégico para a Confederação de Sistemas Independentes. O separatista Cruzador pesado classe ''Subjugador'' caiu na Lua Morta de Antar na Orla Interior durante a Batalha da Nebulosa Kaliida. O mundo da Orla Interior, Onderon, mais tarde se juntou à Confederação do Conde Dookan. O planeta foi representado no Senado Separatista por Mina Bonteri, que mais tarde foi assassinado por agentes Separatistas sob Dookan.

O planeta Quarzite da Orla Interior era o lar das espécies belugan e Kage em guerra. Em 20 ABY os caçadores de recompensas Asajj Ventress e Boba Fett aceitaram um trabalho do ditador Belugano Otua Blank para entregar um baú. Depois de saber que o baú continha uma jovem mulher Kage chamada Pluma Sodi, Ventress se recusou a prosseguir com a missão. Quando Fett insistiu em continuar com o trabalho, Ventress o atirou no peito e entregou Fett a Blank. Ela então libertou Pluma e a devolveu a seu irmão Krismo Sodi.

Em 20 ABY, a República Galáctica enviou uma equipe composta pelo Jedi Anakin Skywalker, Obi-Wan Kenobi, Ahsoka Tano e o Capitão Clone Rex para o planeta Onderon para treinar um movimento de resistência para lutar contra o Rei Sanjay Rash, apoiado pelos separatistas, durante a Guerra Civil Onderoniana. Como resultado, a República estabeleceu contato com o filho de Mina, Lux Bonteri, e o líder rebelde Saw Gerrera. Após uma campanha militar prolongada, a República e seus aliados onderonianos conseguiram expulsar as forças separatistas de Onderon e restabelecer Ramsis Dendup como Rei.

Era do Império

Moff Tarkin, o arquiteto da Atrocidade de Antar.

Após o fim das Guerras Clônicas e o estabelecimento do Império Galáctico, a Orla Interior passou a ter um significado estratégico para o Império, assim como teve os Separatistas antes deles. As forças imperiais sob o comando de Moff Wilhuff Tarkin lideraram uma dura repressão na lua da Orla Interior, Antar 4, conhecida como a Atrocidade de Antar em 18 ABY. Milhares de Gotais e Koorivar, incluindo partidários da República, foram presos e executados. Embora a Comissão para a Preservação da Nova Ordem tentasse encobrir os eventos, a cobertura da mídia atraiu indignação nos Mundos do Núcleo. O imperador Palpatine foi forçado a reatribuir Tarkin a Extensão Ocidental. Em 14 ABY, dois repórteres Anora Fair e Hask Taff, que cobriram a atrocidade de Antar, mais tarde, juntaram-se à célula rebelde de Berch Teller em uma campanha contra Tarkin.

Em 11 ABY, o especialista em eficiência imperial e industrial Conde Denetrius Vidian embarcou em um esquema para fraudar o Império destruindo a lua Cynda, do planeta Gorse, a fim de explorar suas reservas de torilídio. Isso o colocou em conflito com a rebelde Twi'lek Hera Syndulla e o ex-Padawan Kanan Jarrus. Com a improvável ajuda do Capitão Imperial Rae Sloane, a equipe de Syndulla conseguiu expor a conspiração de Vidian. Após a morte de Vidian, seu rival, o barão Lero Danthe, estabeleceu operações de mineração na superfície no lado solar de Gorse.

Durante a Era do Império, o Império era conhecido por recrutar um grande número de cadetes imperiais em perspectiva da Orla Interior, que preferiu aos mundos Separatistas anteriores. Sete meses após a Batalha de Yavin, As forças imperiais embarcaram em uma repressão ao planeta gelado de Zeitooine, na Orla Interior, que levou à prisão de uma família local. As atrocidades imperiais de Zeitooine e outros mundos ajudaram a motivar mais pessoas, incluindo o ex-piloto de caça TIE Thane Kyrell a se juntar à Aliança Rebelde.

Após os eventos acima de Yavin, o Tenente da Aliança Rebelde Caluan Ematt foi emboscado por forças imperiais no mundo da Orla Interior, Taanab, mas conseguiu fugir para o planeta Cyrkon no Espaço Hutt. O Império também anexou o planeta Riosa e recrutou a população e os recursos do planeta para a construção da primeira e da segunda Estrela da Morte. A mão de obra e os recursos de Riosa foram saqueados para abastecer a máquina de guerra imperial, causando grande sofrimento e empobrecimento ao planeta. O futuro senador da Nova República, Ransolm Casterfo, cresceu durante o governo imperial e perdeu seus pais para trabalhos forçados. Como resultado, Casterfo desenvolveu um ódio por Darth Vader.

Depois que o almirante da frota Rax assumiu o controle das frotas imperiais, ele ordenou que suas armadas se reunissem acima do planeta Jakku para um confronto com a Nova República, o governo sucessor da Aliança Rebelde. A Batalha de Jakku que se seguiu foi uma batalha cataclísmica que encerrou a Guerra Civil Galáctica em favor da Nova República. Como resultado da luta, a superfície de Jakku foi coberta pelos destroços de incontáveis ​​naves estelares de ambos os lados. Jakku tornou-se o lar de sucateiros que vasculhavam os destroços em busca de objetos para vender. Um mês após a Batalha de Jakku, o Império foi confinado pela Nova República para partes da Orla Interior e dos Mundos do Núcleo como um prelúdio para a Concordância Galáctica.

Nova República

Em uma idade jovem, Rey foi abandonada por seus pais no planeta deserto Jakku e deixada aos cuidados do chefe do ferro-velho Unkar Plutt.

Em 28 DBY, os planetas da Orla Interior, Riosa e Bastatha, juntaram-se à Nova República. Seus senadores, incluindo Casterfo, estavam alinhados com os centristas, uma facção política no Senado Galáctico que defendia uma maior centralização e um exército mais forte. Riosa continuou sendo um centro de manufatura atrasado que ainda não havia se recuperado totalmente do domínio imperial. Bastatha era um mundo desértico que hospedava um acampamento de guerreiros Amaxine liderado pela ex-Imperial Arliz Hadrassian, que era uma agente da Primeira Ordem, uma remanescente do Velho Império.

Após a morte do governante supremo de Birren, Mellowyn, a senadora populista Leia Organa e seu filho Ben Solo foram designados como herdeiros do governo supremo. Como Leia e Ben não estavam interessados ​​em assumir esse cargo, Organa concordou em apoiar a oferta de Lady Carise Sindian de herdar o governo supremo de Birren. No entanto, Sindian era uma agente secreta da Primeira Ordem que usou sua posição para descobrir informações sobre a verdadeira linhagem de Leia como filha de Darth Vader. O escândalo que se seguiu destruiu a carreira política de Organa. Em retaliação, Organa convenceu as Casas Reais a retirar de Sindian todos os seus títulos reais.

A ascensão da Primeira Ordem

A superfície de Jakku estava cheia de naves de guerra destruídas.

Em 34 DBY, o piloto Poe Dameron da Resistência viajou para Jakku a fim de encontrar Lor San Tekka, que havia obtido um mapa que os levaria à localização do Mestre Jedi Luke Skywalker. As forças da Primeira Ordem então atacaram a vila de Tuanul e massacraram os habitantes. Dameron foi capturado por Kylo Ren, mas conseguiu esconder o mapa em seu droide BB-8. Dameron mais tarde escapou com a ajuda do desiludido stormtrooper Finn. Depois de bater seu caça TIE roubado, os dois foram separados e Finn conseguiu encontrar BB-8 e Rey. O trio então fugiu de um ataque da Primeira Ordem ao Posto Avançado de Niima e escaparam com sucesso na Millennium Falcon.

Aparições

Fontes

Notas e referências

As seções "Aparições" e "Fontes" foram importadas e traduzidas automaticamente do artigo em inglês pela Interface de Criação de Páginas. Consulte o histórico do artigo original para identificar os autores.


Advertisement