Star Wars Wiki em Português
Advertisement
Star Wars Wiki em Português

Este artigo detalha um assunto considerado cânon.

"Gosto da sua nave. Ela é um clássico. Razor Crest, estou certo? Pré-Império?"
―Um Mythrol para o Mandaloriano[fonte]

A Razor Crest era uma canhoneira usada pelo Mandaloriano caçador de recompensas Din Djarin. Era uma nave militar usada para patrulhar territórios locais antes do Império Galáctico. Djarin utilizou a nave como seu transporte e alojamento enquanto caçava fugitivos nos Territórios da Orla Exterior.

Por volta de 9 DBY, Djarin voou na Razor Crest para o planeta Arvala-7 para libertar a Criança de um acampamento mercenário. Quando ele voltou para a canhoneira, ela estava sendo desmontada por uma tribo Jawa. Depois de recuperar as partes roubadas, Djarin e o Ugnaught Kuiil consertaram a Razor Crest. Djarin levou a Criança de volta ao planeta Nevarro por sua recompensa, mas depois de mudar de ideia, ele pegou a Criança de volta e escapou de Nevarro da Guilda dos Caçadores de Recompensas a bordo da Razor Crest.

Djarin levou a Razor Crest para o planeta floresta Sorgan, onde ele defendeu uma aldeia de invasores. Ele também foi perseguido pelo caçador de recompensas Riot Mar na canhoneira, que ele matou. Djarin então parou no deserto planeta deserto Tatooine para consertar a Razor Crest, que ele pagou com créditos que ganhou depois de receber a recompensa pela mercenária Fennec Shand com a ajuda do caçador de recompensas Toro Calican.

Djarin mais tarde conseguiu um emprego para seu ex-associado Ranzar Malk, que o contratou para que ele pudesse usar a Razor Crest para infiltrar-se em uma nave-prisão da Nova República com uma tripulação de mercenários para resgatar um prisioneiro. O caça foi pilotado pelo droide Q9-0 para a missão, que foi destruído por Djarin depois que o resto da tripulação o traiu. Deixando os outros mercenários para trás, Djarin levou o prisioneiro de volta para Malk e partiu quando as forças da Nova República chegaram. Depois, Greef Karga, um agente da Guilda convenceu Djarin a retornar a Nevarro para derrubar o indivíduo em busca da Criança. Djarin reuniu uma tripulação de aliados, incluindo Kuiil, o assassino droide IG-11 e Carasynthia Dune, retornando a Nevarro para se encontrar com Karga. Karga eventualmente se juntou ao grupo e, juntos, eles derrotaram as forças imperiais perseguindo a criança antes de Djarin deixar Nevarro, levando a criança com ele.

Descrição

"É impressionante que esta canhoneira tenha sobrevivido ao Império sem ser apreendida."
―Q9-0[fonte]

A Razor Crest de propriedade do Mandaloriano caçador de recompensas Din Djarin,[2] foi construído como uma canhoneira[1] militar em algum ponto antes da formação do Império Galáctico[4] em 19 ABY,[5] ela era usada para patrulhar territórios locais.[4] A nave tinha dois canhão lasers,[3] dois motores e um hyperdrive. Podia ser pilotado por um indivíduo e tinha espaço para outros dois. Uma variedade de equipamentos pode ser encontrada no porão de carga, incluindo um tubo de vacinação, um armário de armas e uma câmara de congelamento carbonita.[2]

História

Coletando recompensas

"Minha nave foi destruída. Estou preso aqui."
"
Depenada. Não destruída. Os Jawas roubam. Eles não destroem."
" Roubado ou destruído, não faz diferença para mim."
―Din Djarin e Kuiil, depois que a Razor Crest foi depenada para pegar peças por Jawas[fonte]

A Razor Crest em Maldo Kreis

O Razor Crest foi construída antes da ascensão do Império Galáctico[2] em 19 ABY[5] e sobreviveu à Era Imperial que se seguiu. Ainda funcional durante o reinado da Nova República, a Razor Crest entrou na posse do caçador de recompensas Mandaloriano[6] Din Djarin[7] por cerca de 9 DBY.[8] Djarin usou como seu alojamento pessoal, bem como um transporte para fugitivos capturados nos Territórios da Orla Exterior.[4]

Por volta desse ano,[9] Djarin viajou para o planeta gelado Maldo Kreis onde ele capturou um Mythrol e voltou ao navio por meio de uma balsa. Ao avistar o navio, o Mythrol disse a Djarin que era lixo e que ele ficaria feliz em gastar seus créditos para alugar uma nave melhor para o transporte. Djarin o ignorou, mas quando eles estavam prestes a partir, um ravinak atacou o trem de pouso da nave, arrastando-o para baixo. Djarin, porém, repeliu a besta com seu blaster de pulso de fase Amban. O Mythrol foi congelado em carbonita quando Djarin retornou a Nevarro para entregar sua [[Recompensa|recompensa] ao líder Greef Karga da Guilda de Caçadores de Recompensas. Depois de aceitar sua próxima recompensa de o Cliente, ele viajou para o planeta deserto Arvala-7.[2]

A Razor Crest foi vasculhada em busca de peças por uma tribo de Jawas.

Chegando em Arvala-7, Djarin pegou sua recompensa,[2] retornando a sua nave com o objetivo em mãos. No entanto, a Razor Crest foi depenada por uma tribo Jawa, tornando a nave incapaz de decolar. Djarin rastreou a tribo com a ajuda do Ugnaught Kuiil e negociou as partes, concordando em pegar um ovo de Mudhorn. Trocando o ovo pelas peças, ele reconstruiu a nave com a ajuda de Kuiil e partiu do planeta.[10]

Em movimento

"Posso trazer você com calor ou frio."
"Essa é a minha linha.
"
―Riot Mar e os Mandalorianos, durante o combate espacial[fonte]

Djarin voltou para Nevarro com a Criança nas mãos e entregou a recompensa. Após uma mudança de opinião, ele resgatou a Criança e voltou para a nave, mas foi interrompido quando a Guilda dos Caçadores de Recompensas interveio. Djarin mais tarde escapou para sua nave com a ajuda de sua tribo. Karga, que havia se esgueirado a bordo durante o tiroteio, o ameaçou com uma arma, mas foi baleado e atirado para fora do navio, depois Djarin deixou Nevarro com a Criança.[11]

A Riot Mar persegue a Razor Crest.

O caçador de recompensas voltou sua atenção para o planeta floresta de Sorgan e pousou a alguma distância da cidade local. Considerando um local inseguro para a Criança, Djarin voltou a Razor Crest, mas foi abordado por fazendeiros Caben e Stoke, que lhe pediram para defender sua vila de invasores. Os fazendeiros ajudaram Djarin a descarregar suprimentos da nave. Após a batalha na vila, Djarin foi forçado a deixar o planeta com a Criança após descobrir que a Guilda ainda o estava caçando.[12]

Enquanto estava no espaço, a Razor Crest foi atacada por um caçador de recompensas Riot Mar em seu caça. A nave sofreu danos a um de seus motores, causando um vazamento de combustível. Djarin freou sua nave para que Mar o ultrapassasse, permitindo que ele abatesse Mar por trás. Djarin foi forçado a fazer um pouso de emergência na Baia três-cinco em Tatooine. O mecânico da baia, Peli Motto, e sua equipe de droides série-DUM, consertaram a nave estelar enquanto Djarin foi para a Cantina do espaçoporto de Chalmun em busca de trabalho, reunindo-se e se juntando ao caçador de recompensas novato Toro Calican para levar a recompensa do mercenária Fennec Shand. Enquanto Motto fazia os reparos, a Criança saiu da nave, fazendo com que o curioso Motto passasse a cuidar dele. Depois que Calican o traiu, Djarin voltou para a baia e encontrou o novato segurando Motto e a Criança como reféns na rampa de entrada da Razor Crest. Depois de matar Calican, Djarin embarcou na nave estelar com a Criança e deixou Tatooine, pagando pelos reparos com o dinheiro que adquiriu por matar Shand.[3]

A fuga da prisão

"É um trabalho de cinco pessoas. Eu tenho quatro. Tudo que eu preciso é da carona, e você trouxe."
"A nave não fazia parte do negócio."
"Bem, a
Razor Crest é a única razão pela qual deixei você voltar aqui."
―Ranzar Malk e Din Djarin [fonte]

O Razor Crest na estação espacial de Ranzar Malk.

Djarin levou a Razor Crest para uma estação espacial hangar baia, onde foi convencido por Ranzar Malk, conhecido como "Ran", a se juntar a uma tripulação de mercenários para resgatar um aliado preso em uma nave prisão da Nova República. Ran disse a Djarin que a única razão pela qual ele o queria para o trabalho era sua nave, a equipe, liderada pelo ex-Imperial atirador Mayfeld, incluindo o Devaroniano Burg, o droide Q9-0, mais conhecido como "Zero", e o mercenário Twi'lek Xi'an. Quando Mayfeld viu a Razor Crest, ele imediatamente expressou sua preocupação com a nave, dizendo que não podia acreditar que ele pudesse voar e comparando-o a uma máquina caça-níqueis de "Canto Bight."[6]

Djarin relutantemente concordou em deixar Zero pilotar sua nave durante a missão. Ao verificar os sistemas da Razor Crest, Zero encontrou uma transmissão distorcida de holograma de Karga e relatou que a nave estava uma bagunça, apesar dos recentes reparos; citando hiperlinks vazando, navegação intermitente, e que o Hiperpropulsor estava operando com eficiência de 63,3%. Quando Zero questionou o uso da Razor Crest, dizendo isso, apesar das modificações, citando linhas de energia com vazamento, navegação intermitente e o hiperdrive não estar em potência máxima. No entanto, Ran respondeu que a nave estava fora das grades do Império e da Nova República e que poderia interferir nos códigos da Nova República. Ran explicou que o plano era embarcar na estação espacial através de seu ponto cego, razão pela qual Zero estaria pilotando.[6]

Djarin e a tripulação partiram da estação espacial a bordo da Razor Crest. Durante a viagem, as tensões cresceram entre Djarin e Burg e eles começaram a lutar, abrindo acidentalmente um compartimento com a Criança dentro no processo. Mayfeld e os outros examinaram, teorizando sua origem. Mayfeld brincou sobre levar a criança como seu próprio animal de estimação. A Razor Crest então saiu do hiperespaço diretamente acima da nave-prisão da Nova República e manobrou para pousar em cima do casco da nave, sacudindo a tripulação no processo. Djarin abriu uma escotilha abaixo da Razor Crest para entrar na nave-prisão.[6]

Zero permaneceu na Razor Crest e redirecionou o alerta de segurança enquanto o resto procurava pelo aliado de Ran a bordo da nave-prisão. Durante a missão, um farol de rastreamento foi acionado pela soldado da Nova República Davan e Zero avisou a tripulação que eles tinham vinte minutos antes que os reforços da Nova República chegassem. Depois de encontrar o aliado de Ran, o irmão de Xian, Qin, Mayfeld e sua tripulação traíram Djarin e o trancaram em uma cela. Zero, enquanto isso, olhou as transmissões de Djarin e descobriu seus problemas com a Guilda dos Caçadores de Recompensas e a importância da Criança para a Guilda. Djarin, tendo escapado de sua cela, bloqueou as comunicações de Zero. Zero então encontrou a Criança parada fora da cabine. Zero pegou um blaster e começou a procurar pela Criança, que havia fugido.[6]

Zero encontrou a criança, mas Djarin, que havia retornado a nave após derrotar o resto da tripulação de Mayfeld, atirou nas costas. Djarin voou com a Razor Crest de volta para a estação espacial de Ran com Qin como seu prisioneiro e recebeu a recompensa pelo resgate de Qin de Ran. Quando Djarin saiu rapidamente de sua nave, Ran acenou um adeus para seu velho amigo antes de ordenar que seus homens o matassem. No entanto, quando a canhoneira começou a decolar, Qin percebeu que Djarin havia colocado um farol de rastreamento da Nova República em seu bolso. Vários caças estelares X-wing da Nova República chegaram e atacaram a estação espacial antes que Ran e Qin pudessem lançar uma nave para se defender.[6]

Voltando para Nevarro

Enquanto a bordo da Razor Crest, Djarin assistiu a uma transmissão de holograma de Karga, que insistiu que o Cliente era seu inimigo mútuo e solicitou que o Mandaloriano ajudasse a Guilda dos Caçadores de Recompensas a eliminar o Cliente. Karga propôs que se Djarin trouxesse a criança de volta para Nevarro e como isca para eliminar o cliente, então Karga limparia seu nome e Djarin poderia ficar com a criança. Antes de retornar a Nevarro, Djarin levou a Razor Crest de volta para Sorgan e pediu a ajuda de Cara Dune, uma ex-tropa de choque da Aliança pela Restauração da República que ajudou em Sorgan. De volta a Razor Crest , Djarin e Dune discutiram a missão e se prepararam para a batalha que se aproximava no porão de carga. Na cabine, a Criança brincou com os controles do navio e fez com que a Razor Crest virasse bruscamente.[13] Dune apontou que eles precisavam de alguém para cuidar da Criança, então eles voltaram para Arvala-7 para recrutar Kuiil e seu andróide reprogramado recentemente IG-11. Kuiil também convenceu Djarin a deixá-lo trazer seus três blurrgs. Durante o vôo para Nevarro, Djarin e Dune tiveram uma partida de queda de braço. A Criança, pensando que o Mandaloriano estava em perigo, usou o Estrangulamento da Força em Duna antes de ser parado por Djarin. Kuiil ajudou Djarin a criar um novo carrinho de bebê para a criança, a fim de mantê-la segura e fora de vista.[13]

Quando a Razor Crest chegou em Nevarro, Djarin e sua equipe são recebidos por Karga e três outros caçadores de recompensas. A equipe concordou que Djarin, Kuiil e Dune irão montar os blurrgs, enquanto IG-11 ficará para trás para proteger a nave e a Criança. Mais tarde, depois que o plano de derrubar as forças do Cliente fracassou e a equipe foi exposta, Kuiil tentou fugir com a Criança de volta a Razor Crest, mas foi baleado pouco antes de chegar a rampa por dois scout troopers em 74-Z speeder bikes. Os patrulheiros sequestraram a Criança[13] e tentaram devolvê-la ao superior do Cliente, Moff Gideon. IG-11, portanto, deixou a nave a fim de persegui-los e resgatar a criança. Após um resgate bem-sucedido e uma fuga das forças de Gideon, Djarin e sua tripulação voltaram para a Razor Crest com a Criança, onde Djarin enterrou Kuiil e deu à Criança seu colar mitossauro. Dune e Karga permaneceram em Nevarro enquanto Djarin partiu com a Criança.[7]

Nos bastidores

A Razor Crest foi mencionada pela primeira vez no vídeo The Mandalorian Panel - Sunday, enviado pelo canal oficial do Youtube de Star Wars em 4 de abril de 2019.[1] A nave fez sua primeira aparição em "Capítulo 1: The Mandalorian," o primeiro episódio de The Mandalorian Temporada 1 e foi dirigido por Dave Filoni.[2] O episódio foi lançado em 12 de novembro de 2019. [14]

A nave foi projetada por Lucasfilm Ltd., pelo artista conceitual veterano e vice-presidente Doug Chiang. Foi criado como um modelo prático e gerado por computador.[15]

Aparições

Fontes

Notas e referências

  1. 1,0 1,1 1,2 1,3 SWYTlogo.png The Mandalorian Panel – Sunday no canal oficial de Star Wars no YouTube (link de backup)
  2. 2,0 2,1 2,2 2,3 2,4 2,5 2,6 2,7 2,8 2,9 The Mandalorian Official Logo.jpg The Mandalorian – "Capítulo 1: The Mandalorian"
  3. 3,0 3,1 3,2 The Mandalorian Official Logo.jpg The Mandalorian – "Capítulo 5: The Gunslinger"
  4. 4,0 4,1 4,2 4,3 StarWars-DatabankII.png Razor Crest no Databank (link de backup)
  5. 5,0 5,1 5,2 . De acordo com o Databank, a Razor Crest foi construída antes da formação do Império Galáctico, que Star Wars: Atlas Galáctico data de 19 ABY, o que significa que a nave foi construída antes desse ponto no tempo.
  6. 6,0 6,1 6,2 6,3 6,4 6,5 6,6 The Mandalorian Official Logo.jpg The Mandalorian – "Capítulo 6: The Prisoner"
  7. 7,0 7,1 The Mandalorian Official Logo.jpg The Mandalorian – "Capítulo 8: Redemption"
  8. StarWars.com SWCC 2019: 9 Things We Learned from The Mandalorian Panel em StarWars.com (link de backup) estabelece que The Mandalorian se passa cerca de cinco anos após os eventos de Star Wars Episódio VI: O Retorno de Jedi, que Star Wars: Atlas Galácticodata de 4 DBY. Portanto, os eventos de The Mandalorian, que inclui a propriedade da Razor Crest por Din Djarin, devem ter ocorrido por volta de 9 DBY.
  9. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome Data Cerca de 9 ABY
  10. The Mandalorian Official Logo.jpg The Mandalorian – "Capítulo 2: The Child"
  11. The Mandalorian Official Logo.jpg The Mandalorian – "Capítulo 3: The Sin"
  12. The Mandalorian Official Logo.jpg The Mandalorian – "Capítulo 4: Sanctuary"
  13. 13,0 13,1 13,2 The Mandalorian Official Logo.jpg The Mandalorian – "Capítulo 7: The Reckoning"
  14. Aaron Couch. 'The Mandalorian': Jon Favreau Teases Disney+ Series at Star Wars Celebration (2018-12-10). hollywoodreporter.com. The Hollywood Reporter. Arquivado do original em 8 de novembro de 2019.
  15. StarWars.com SWCC 2019: 9 Things We Learned from The Mandalorian Panel em StarWars.com (link de backup)
As seções "Aparições" e "Fontes" foram importadas e traduzidas automaticamente do artigo em inglês pela Interface de Criação de Páginas. Consulte o histórico do artigo original para identificar os autores.


Advertisement