Este artigo detalha um assunto considerado cânon.

O assunto deste artigo existe ou é relevante no mundo real.

Star Wars The Rise of Skywalker.png
Ninguém realmente se vai.
Aviso! Essa página contém SPOILERS de Star Wars Episódio IX: A Ascensão Skywalker. Se você não quer ver spoilers, deixe esta página agora!

"A saga chega ao fim. A história viverá para sempre."
―Trailer final

Star Wars Episódio IX: A Ascensão Skywalker, divulgado como Star Wars: A Ascensão Skywalker, é o nono filme da franquia Star Wars e terceiro a ser produzido sob a nova marca Disney-Lucasfilm. É uma continuação de Star Wars Episódio VII: O Despertar da Força e Star Wars Episódio VIII: Os Últimos Jedi, divulgado como o final da Saga Skywalker.

O filme tem J.J. Abrams de volta como Diretor, com o roteiro de Chris Terrio, Colin Trevorrow e Derek Connolly. Estrelando, Carrie Fisher, Mark Hamill, Adam Driver, Daisy Ridley, John Boyega, Oscar Isaac, Anthony Daniels, Naomi Ackie, Domhnall Gleeson, Richard E. Grant, Lupita Nyong'o, Keri Russell, Joonas Suotamo, Kelly Marie Tran, com Ian McDiarmid e Billy Dee Williams. As filmagens principais começaram em 2018, e seu primeiro trailer promocional foi divulgado em 12 de Abril de 2019 na Celebration Chicago. O filme foi lançado em 20 de Dezembro de 2019.

PersonajeP.gif
Este artigo é, por ora, apenas um esboço de um artigo de prioridade da saga. Por favor complete-o pois ele está incompleto. Você pode ajudar a Star Wars Wiki expandindo-o.


Texto Inicial

Episódio IX

A ASCENSÃO SKYWALKER

Os mortos falam! A galáxia ouviu uma transmissão misteriosa, uma ameaça de VINGANÇA na voz sinistra do falecido imperador palpatine.

A General LEIA ORGANA envia agentes secretos para reunir informações, enquanto REY, a última esperança dos Jedi, treina para a batalha contra a diabólica PRIMEIRA ORDEM.

Enquanto isso, o líder supremo KYLO REN se enfurece em busca desse fantasma do IMPERADOR determinado a destruir qualquer ameaça ao seu poder.

Sinopse

O Imperador escondido

"Finalmente. Snoke o treinou bem."
―Darth Sidious para Kylo Ren[fonte]

Kylo Ren confrontando o Imperador

Um ano após a Batalha de CraitLíder Supremo Kylo Ren lidera um  ataque cruel aos Colonos de Alazmec em Mustafar, procurando o Localizador de propriedade do seu avô, Darth Vader. Ren quer usar o dispositivo como um guia em sua caçada ao Imperador Palpatine revivido, a identidade pública do Lorde Sith Darth Sidious, a quem ele vê como uma ameaça ao seu poder. O Líder Supremo massacra muitos cultistas de Alazmec ao lado de seus stormtroopers antes de recuperar o dispositivo e colocá-lo em sua nave, permitindo que seu poder sombrio o conduzisse através das tempestades de energia carmesim que cercam o lendário mundo Sith de Exegol.

Desembarcando na base de uma enorme cidadela, Ren acende seu sabre de luz e entra. Ele desce em uma plataforma flutuante até uma vasta câmara forrada com estátuas gastas de lendas dos Sith. Enquanto ele desce em suas profundezas, ele ouve Sidious dizendo que Snoke o treinou bem. Ren responde que ele havia o matado, mas a voz responde que ele criou Snoke. Raios "dançaram" ao redor do jovem adepto do lado sombrio enquanto ele ouvia as palavras provocadoras, falado em uma voz em transição da do próprio Sidious para a de Snoke e, finalmente, para a de Vader: "Tenho sido todas as vozes...que você ouviu...em sua mente."

Ren, inabalável, prossegue na cidadela, caminhando por algum tempo entre as efígies imponentes. Com o caminho iluminado pelo sabre de luz, o jovem acaba vagando em um labirinto de equipamentos desconhecidos, tendidos por acólitos vestidos. Cilindros altos cheios de um líquido dourado doentio sustentam corpos imóveis e incompletos com o rosto mutilado do Snoke morto; confirmando as palavras anteriores do Imperador. Entre essas máquinas, ligadas por inúmeros tubos e fios a máquinas de apoio e sustento, está a figura emaciada e decadente do próprio Sidious.

Ren levanta seu sabre de luz, mas Sidious explica que o lado sombrio tem algumas habilidades que alguns consideram "não naturais". Ren pergunta o que Sidious lhe daria; o Lorde Sith responde que ele pode lhe dar tudo, incluindo um novo Império. Na superfície, o gelo racha e rende como inúmeros Destróier Estelares da classe Xyston emergem do mar gelado para o céu tempestuoso. À medida que a frota aumenta, Sidious oferece a Ren o comando do poder da Ordem Final em troca dele matar Rey e acabar com a Ordem Jedi, cumprindo assim o que seu avô não fez. Ele promete que Ren assumirá seu lugar como Imperador quando a Resistência terminar. No entanto, ele também lhe dá um aviso: que Rey não é quem ele espera. Ren então pergunta: quem é ela.

Uma Missão Vital 

"Ele definitivamente está trapaceando."
―Finn, no jogo de dejarik de Chewbacca[fonte]

Finn comandando um dos canhões do Millennium Falcon.

Enquanto isso, na Millennium Falcon, o ex-stormtrooper Finn e o piloto da Resistência Poe Dameron envolvem o Wookiee Chewbacca em um intenso jogo de dejarik. O Wookiee leva algum tempo considerando seu próximo passo, e seus oponentes humanos sugerem, brincando, que ele pode estar trapaceando. A implicação enfurece Chewbacca, forçando Finn e Poe a acalmá-lo. Antes que o jogo possa retomar, um alarme soa na cabine. Poe e Finn insistem para Chewie que ele não desligue o jogo, antes de fazer exatamente isso quando saem da mesa dejarik. Passando por Klaud, um técnico da Resistência, no corredor, o trio chega em seus assentos assim que o Falcon sai do hiperespaço.

Millenium Falcon chega à Colônia de Sinta Glaciar para encontrar um informante da Resistência, Ovissian Boolio, que conta a eles sobre um espião misterioso da Primeira Ordem e lhes envia uma mensagem na forma de um codificador de dados, ordenando que eles o levem para Leia. Finn então insere a mensagem no R2-D2.

Antes que mais possa ser dito, vários esquadrões de caças TIE/sf e TIE whispers entram no sistema, preparados para derrubar a Falcon. Enquanto Finn se prepara para a ação e se dirige para a cabine do artilheiro, Boolio antes de partir diz para ele vencer a guerra.

Forçado a entrar nas profundezas da colônia por um muro de caças TIE, a Millenium Falcon destrói vários de seus pilotos antes de saltar para o hiperespaço o através de uma das paredes da colônia. Os pilotos restantes os perseguem independentemente, e Poe começa a pular a velocidade da luz através de vários sistemas, incluindo os Spires-Mirror de Ivexia e o Megafauna Chasm, cujos perigos os pilotos da Primeira Ordem não conseguem escapar. Poe consegue manobrar o inimigo, embora seu truque imprudente danifique fortemente a Falcon.

A Ascensão Jedi

"Falem comigo. Falem comigo. Não falam comigo."
―Rey, enquanto medita.[fonte]

Rey meditando tentando conversar com os Jedi do passado.

No mundo de selva do planeta Ajan Kloss, que serve de base oculta da Resistência, Rey medita solenemente, flutuando no ar ao lado de uma série de rochas. Ela tenta manter a sua calma e equilíbrio, mas acaba falhando e, com um suspiro, abaixa-se ao chão. A General Leia Organa, que tinha estava observando por perto, conforta a desencorajada, garantindo-lha que nada é impossível e que ela poderá comunicar-se com os Jedi do passado, como ela espera.

Renovada, Rey aceita o sabre de luz de Anakin Skywalker e sai correndo em outra etapa de seu treinamento. Ela corre e salta com habilidade através dos obstáculos, utilizando a Força. Ela bloqueia cada obstaculo do droide de treinamento Jedi, mas faz pausas e olha fixamente enquanto se revela que Kylo Ren, a quem ela está ligada através da Força, está a olhando-a com o capacete do seu avô e falando com ela a partir dos seus aposentos por toda a galáxia.

Rey treinando para se tornar uma Jedi e é instruída por Leia.

Uma visão, compartilhada com Ren, aterroriza a Jedi: a ascensão da Ordem Final acima do Exegol; o rosto de seu mentor assassinado e pai de Ren, Han Solo; as dolorosas palavras de seu mestre, Luke Skywalker, enquanto ela se aproximava do lado negro; seu duelo ao lado de Ren contra os Guardas Pretorianos de Snoke; a partida de seus pais de Jakku, deixando-a para trás nas garras de Unkar Plutt. Distraída pela visão, ela acaba derrotando o droide de treinamento, mas danifica o BB-8 no processo. Resgatando o droide debaixo da árvore que lhe caiu, Rey volta à base e admite a Leia que se sente cansada e despreparada para empunhar o sabre do seu mestre. BB-8 voluntaria-se entusiasmadamente para pegar no manto, que Rey dispensa. Leia gentilmente lembra-a de nunca subestimar um droide.

Algum tempo depois, no meio dos estudos de Rey sobre os textos antigos que ela recuperou do Primeiro Templo Jedi, a Falcon retorna. No entanto, a nave foi danificada durante a sua fuga da Primeira Ordem. Rey reclama dos danos na Falcon, mas Poe conta, apontando que o BB-8 foi espancado pelo acidente de treino anterior. Enquanto Poe e Rey discutem, Finn tenta informar a Rey sobre sua missão de se encontrar com o espião. Apesar das suas diferenças, Poe diz a Rey que ela é a "melhor lutadora" da Resistência e acha que ela deveria ajudá-los na guerra contra a Primeira Ordem em vez de treinar em Ajan Kloss.

Notícias sombrias

A Resistência chega a um acordo com a confirmação do retorno do Imperador.

​​​​​​

Na reunião da Resistência, Poe confirma a autenticidade da mensagem enviada através da galáxia: que o Imperador retornou, dirigindo uma frota sem precedentes, com ambições de vingança e conquista. Rose Tico tem dúvidas de que o Imperador tenha realmente ressuscitado; Beaumont Kin levanta o ponto de que poderia ser clonagem e que o lado sombrio tenha segredos que só os Sith sabiam. Poe explica que o Imperador vem planejando sua vingança há anos e que seus seguidores estão construindo uma enorme armada conhecida como aOrdem Final. Em dezesseis horas, a armada embarcará de Exegol em uma missão de subjugação galáctica.

C-3PO sinaliza que o Exegol não está em nenhum mapa estelar, e é descrito no passado como o "Mundo Escondido" dos Sith. Enquanto a Resistência debate suas opções, Maz Kanata propõe que eles encontrem o mundo oculto do Imperador. Tendo recuperado um livro, Rey fala com Leia em particular. Ela diz a Leia que o falecido Mestre Jedi Luke Skywalker havia procurado um localizador para chegar a Exegol. Rey se compromete a terminar o trabalho de seu antigo mestre. Acreditando que é muito perigoso, Leia inicialmente se recusa a apoiar a missão, alegando que é muito perigosa. Entretanto, Rey responde que irá com ou sem a aprovação da General, sabendo que seu mentor faria o mesmo.

Tendo recebido a permissão de Leia, Rey diz a Poe, Chewbacca e C-3PO que ela precisa viajar para o deserto proibido de Pasaana. Embora Rey planeje ir sozinha, Poe, Chewie, Finn e C-3PO insistem que eles a acompanharão. Embora Rey planejasse ir sozinha, Poe, Chewie, Finn e C-3PO insistem que eles a acompanharão. Apesar de inicialmente não estar disposta a aceitar a ajuda e afirmar que deve realizar a tarefa sozinha, com um pequeno discurso de Finn, Rey aceita a ajuda deles. Finn convida sua amiga Rose Tico para ir junto mas a General Organa encarregou-a de estudar as especificações dos antigos Destróiers Estelares para derrotar a Primeira Ordem. Finn então promete voltar.

Antes de partir, o C-3PO também diz ao R2-D2 que se ele não sobreviver, o droide astromecânico foi o "melhor amigo que ele já teve". Antes de partir, Rey fala mais uma vez com Leia, desejando poder contar à princesa de Alderaan tudo o que ela queria. Assegurando mais uma vez sua aluna, Leia simplesmente diz: "me diga quando você voltar" antes de entregar o sabre de luz Skywalker. Leia diz a Rey para nunca ter medo de quem ela é. Rey e seus amigos então partem Ajan Kloss a bordo na Falcon.

O tribunal do Líder Supremo

"Temos um espião em nossas tropas. Quem quer que seja o traidor, não nos deterá."
―Kylo Ren, ao  Supremo Conselho[fonte]

O Líder Supremo Kylo Ren governa a Primeira Ordem através do medo e do terror.

Um Symeong alquimista Sith Albrekh, solda o capacete de Ren enquanto é observado por seus Cavaleiros de Ren. Com seu capacete reconstruído, o Líder Supremo convoca uma reunião do Conselho da Primeira Ordem, a bordo de seu Cruzador de batalha classe Ressurgente Steadfast, incluindo o General Armitage Hux e o General Enric Pryde. Enquanto Ren e seus Cavaleiros caminham pelos corredores da Steadfast para a sala de conferências, um stormtrooper compara os Cavaleiros de Ren a "carniçeiros" enquanto conversava com seu companheiro de guarda.

Ren, que encontrou e matou Boolio, bate a cabeça ensanguentada e decapitada de Boolio na mesa e informa que há um espião entre suas tropas, mas isso é irrelevante. Um momento de silêncio tenso o leva a perguntar se Hux, seu rival na estrutura de poder da Primeira Ordem, está preocupado com sua aparência. O general silenciosamente descarta essa preocupação, enquanto outro oficial diz que gosta do capacete remontado de Ren.

Quinn fala, descartando a Eternidade Sith como "um culto, conjuradores e adivinhos". Pryde questiona estas preocupações, afirmando que os recursos da Primeira Ordem serão aumentados dez mil vezes com a incorporação da frota Sith em suas próprias fileiras. Com um olhar rancoroso para  Hux furioso, Pryde observa que a influência desse poder antigo "corrigirá o erro da Base Starkiller". Inconvencido, Quinn se pergunta em voz alta se as naves são realmente um presente, e o que Palpatine poderia exigir em troca. Em resposta, Ren sufoca brutalmente o general através da Força e eleva seu corpo até o teto sem sequer olhar para ele.

O Jedi caído então ordena a seus oficiais que se preparem para esmagar qualquer mundo que desafie a Primeira Ordem, e que ele e seus cavaleiros irão caçar a catadora.

Missão em Pasaana

"O Festival dos Ancestrais dos Aki-Aki! Esta celebração ocorre uma vez a cada quarenta e dois anos!"
―C-3PO[fonte]

Rey, Poe, Finn, Chewbacca e C-3PO visitam Pasaana em busca de pistas para encontrar um Localizador para Exegol.

A Falcon sai do hiperespaço chegando no planeta desértico de Pasaana. Eles pousam nas coordenadas de Luke e chegam ao Festival dos Ancestrais dos Aki-Aki. Andando entre a multidão por um tempo, o grupo tenta manter um perfil discreto. Enquanto Rey olha para alguns jovens Aki Aki, uma criança se aproxima dela. Traduzido por C-3PO, a criança diz que se chama Nambi Ghima e oferece um colar a Rey, que sorri e aceita o gesto bondoso. Quando Ghima pergunta sobre o nome de família da Jedi, ela responde que não tem um.

Naquele momento, Kylo Ren estabelece uma conexão da Força com Rey através de sua ligação. Falando com ela através disto, Ren informa a catadora que Palpatine a quer morta. Rey comenta que ele está servindo a outro mestre, mas Ren rejeita isso, afirmando que tem os próprios planos. Rey diz a Ren que ele é assombrado por ter matado seu pai. Depois de insistir que ele a virará para o lado sombrio, Ren estende a mão e agarra seu colar, puxando-o através da Força em suas próprias mãos. Rey percebe que a Primeira Ordem logo estará chegando, e foge para avisar seus amigos.

Enquanto isso, Ren traz o colar para uma oficial da Primeira Ordem que reconhece o colar como originário do Vale Proibido de Pasaana. Ren ordena a Pryde que alerte as tropas locais e despache reforços para Pasaana. Enquanto Rey e seus amigos voltam para a Falcon, um stromtropper os encontra, mas é rapidamente atingido por uma figura misteriosa. Este salvador mascarado pede a Rey e sua equipe que o sigam.

Uma vez que entram num transporte, ele se revela como Lando Calrissian, o homem que destruiu a segunda Estrela da Morte na Batalha de Endor muitos anos antes. Ele lhes mostra um holograma de um Localizador Sith e explica que apenas dois foram criados. Ele revela ainda que uma vez acompanhou Luke em uma missão para localizar um homem chamado Ochi, que eles acreditavam ter a chave de informação para localizar um dos dispositivos, mas quando chegaram, encontraram sua nave abandonada. Lando aparentemente ficou para trás em Pasaana. Ao mesmo tempo em que declina a luta devido à sua velhice, o herói da Rebelião lhes oferece instruções para a nave de Ochi, que permanece no deserto onde ele o deixou.

Perseguição no deserto

Poe, C-3PO e Finn fugindo das forças da Primeira Ordem em Pasaana.

Esquadrões de caças TIE/fo e naves da Primeira Ordem voam por cima enquanto a tripulação se apressa através das multidões até as margens do festival, acabando roubando um par de speeders de esquadrão. No entanto, eles são rapidamente vistos por um stormtrooper e perseguidos por treadspedders da Primeira Ordem, que estão transportando soldados a jato. Poe e Rey se separam para perder seus perseguidores.

Rey é perseguido pelos troppers a jato e por dois treadspeeders enquanto Poe leva o speeder do skiff através de um canyon estreito. No entanto, eles são interceptados por um treadspeeders à espera. BB-8 dispara uma lata de fumaça colorida, cegando o treadspedders e causando a queda sobre as rochas. Em pé, Rey dispara no segundo treadspedder, explodindo-o. Ela agradece ao BB-8, dizendo: nunca subestime um androide.

Enquanto isso, Finn consegue amarrar uma corda ao redor do motor do treadspeeder. Poe, então, faz com que o speeder do skiff pare, fazendo com que o speeder perseguidor caia contra uma rocha. Chewbacca também atira um Jet trooper quando o speeder de Poe alcança o speeder de Rey. Entretanto, o último tropper a jato restante atira em seus dois skiffs, fazendo-os cair sobre as rochas e jogando a equipe da Resistência nos campos de afundamento. Rey e seus amigos conseguem atirar no tropper a jato, fazendo com que o soldado caia contra as rochas. Mas então, a equipe da Resistência é sugada pelas areias movediças. Rey diz a todos para agarrar algo, mas isso não funciona. Como Rey e Finn são sugados para a areia, Finn grita "Eu nunca te disse!..." para Rey antes que ambos afundem.

De volta à base da Resistência, Temmin Wexley informa à General Organa que recebeu relatos de uma incursão no Festival dos Ancestrais. Organa diz que eles não podem falhar nesta missão. Quando Wexley diz que eles não têm notícias da Falcon, Tico pergunta se ela tem que ser pessimista. O General Organa pergunta se Wexley pode ser otimista com Wexley dizendo que espera que as coisas se tornem ótimas.

Lar de Vexis

Rey curou um vexis, que os ajudou a escapar dos túneis.

Enquanto isso, Rey e sua equipe caem através da areia movediça em uma rede de túneis subterrâneos. C-3PO pensam que estão no submundo. Rey e Poe usam o sabre de luz Skywalker e a pequena lanterna de Poe para guiá-los através dos túneis. Rey pergunta a Finn o que ele quis dizer quando disse que nunca lhe contou. Finn diz que ele lhe dirá mais tarde. Quando Poe pergunta por que Finn está guardando segredos, Finn responde que lhes contará quando Poe revelar suas coisas "sombrias".

C-3PO leva-os a um speeder e descobre um Amuleto de Maldição, um emblema comum dos lealistas Sith. Rey e Poe descobrem que Ochi estava voltando para sua nave quando ficou preso dentro dos túneis. Ao lado de seus ossos está uma adaga que Rey sente ter um passado sombrio, enquanto 3PO reconhece que está inscrita com a antiga linguagem dos Sith e é incapaz de traduzir devido a restrições em sua programação que remontam ao Senado Galáctico da Velha República. Dameron reclama para o droide que esta é "a única vez que precisamos que você fale, e você não pode".

Enquanto procura uma saída, a equipe é encurralada por um agressivo vexis serpentino. Eles se preparam para combater a besta, mas Rey percebe que a serpente está ferida. Usando a cura da Força, Rey consegue curar a criatura, a qual faz túneis através da rocha para criar uma fuga para a equipe. Ao mesmo tempo, revela-se que os Cavaleiros de Ren chegaram em Pasaana, e estão caçando-os.

Uma fuga apertada

Rey enfrenta o TIE de Ren, que a seguiu através de sua ligação com a Força.

A equipe se apressa para a nave de Ochi. C-3PO acha que eles devem voltar para a Falcon, mas Poe avisa que a Primeira Ordem estará esperando por eles lá.Enquanto sobe a rocha onde repousa a nave de Ochi, Rey sente que Kylo Ren chegou através da Força, mas envia seus amigos à frente para a nave antes de correr de volta ao deserto para enfrentar seu nêmesis. Poe e Finn começam a iniciar a nave de Ochi, e abrem as persianas para olhar Rey.

Ao ver Rey correndo pela colina, Finn envia Chewbcca atrás dela. Entretanto, um Cavaleiro de Ren está observando o Wookiee por trás. Enquanto Rey espera no deserto, o TIE Whisper de Ren pelo deserto apenas a metros acima da areia. Enquanto Poe espera por Rey, Finn foge da nave apenas para descobrir que os Cavaleiros de Ren e os stormtropers haviam capturado Chewbacca e a adaga de Ochi enquanto o Wookiee procurava Rey. Finn observa Chewbacca conduzido a bordo de um transporte.

Quando Ren se aproxima de Rey em seu novo TIE Whisper, Rey dá um salto. Quando a nave voa por baixo dela, ela corta uma asa com seu sabre de luz e manda a nave para um tailspin. Ela cai em uma bola de fogo a alguma distância. Finn informa Rey sobre a captura de Chewbacca e Rey usa a Força para tentar puxar para baixo o transporte de tropas que ela acredita se estiver carregando o Wookiee. Poe e C-3PO também observam à distância.

Kylo Ren, tendo saído dos destroços de sua nave, avança pelo deserto e se envolve em um duelo da Força com Rey, cada um deles puxando o transporte da Primeira Ordem para seu lado. Nesta luta, Rey libera acidentalmente um relâmpago da Força, destruindo a embarcação e aparentemente matando Chewbacca. Ren permite que os Jedi e seus aliados escapem na embarcação de Ochi, já que suas próprias tropas capturaram a Falcon.

Contratempos para a equipe de Rey

Apesar de aparentemente "perder" Chewbacca, Rey e sua equipe ganharam um novo aliado na forma de dróide D-O.

Enquanto a nave do caçador de Jedi se afasta rapidamente de Pasaana, Rey lamenta que ela aparentemente tenha matado Chewbacca. Finn tenta tranquilizá-la de que a culpa não é dela, afirmando que conhece a boa pessoa que acredita que ela seja. Rey dispensa suas palavras, dizendo a ele que ela teve uma visão de si mesma e Ren no Trono dos Sith enquanto tocava a adaga.

Enquanto isso, a Millennium Falcon capturada é escoltada por caças TIE a bordo do Steadfast. O General Hux informa ao General Pryde que eles capturaram a nave do contrabandista, mas que Rey escapou. Hux tenta atribuir a culpa da perda do transporte aos Cavaleiros de Ren. Pryde não está interessado até que Hux o informe de que um segundo transporte trouxe de volta um prisioneiro valioso. Com o Chewbacca acorrentado é conduzido a bordo da ponte do Steadfast, Hux diz a Pryde que a "fera" costumava voar com Han Solo. Pryde ordena que Chewbacca seja levado a sala de interrogatório seis.

A bordo da nave de Ochi, Poe diz a Finn e Rey que lhes restam oito horas e pergunta o que devem fazer. Finn propõe voltar à base, mas Poe não quer desistir. Finn conta que Chewbacca estava carregando a adaga e que sem ela, eles não têm como chegar a Exegol. Entretanto, o C-3PO revela que ele reteve a inscrição em seus bancos de memória. Devido a sua programação, não pode ser recuperada sem um completo desvio de memória vermelha, efetivamente uma limpeza de memória.

Apesar do risco para Chewbacca, Poe desesperado e um Finn decidem realizar a limpeza de memória, já que a galáxia está em jogo. Poe decide procurar um droidsmith do mercado negro no planeta Kijimi, um lugar onde ele não tem boas lembranças. Apesar dos riscos, Poe, Finn, Rey e C-3PO resolvem fazê-lo em memória de Chewbacca. No entanto, eles são seguidos por outra nave.

Durante a viagem, BB-8 encontra e reativa o droide D-O na nave de Ochi, que solicita uma carga de bateria e faz amizade com a Rey. Rey tem pena do D-O, que tinha sido maltratado por seu mestre anterior e diz ao dróide que está seguro com eles.

Uma nova missão

"Você era contrabandista?!"
―Finn, depois de descobrir a ocupação anterior de Poe[fonte]

O reencontro de Poe com Zorii Bliss em Kijimi.

Os heróis da Resistência se dirigem para o planeta de Kijimi, que está coberto de neve, para executar seu plano de descobrir que segredos a Adaga guardava. Depois de pousar em Cidade Kijimi, a equipe da Resistência evita uma patrulha de tropas, que estão procurando e reunindo os civis locais. Pouco tempo depois, Poe e seus amigos são encurralados por Zorii Bliss e sua tripulação. Ela revela que Poe tem um passado colorido, uma vez trabalhou como contrabandista de especiarias e que ele ainda deve dinheiro a ela.

Zorii tenta recolher uma recompensa sobre Rey, levando a uma briga entre os dois lados. Rey ganha a vantagem sobre Zorri com seu sabre de luz e Zorii concorda em ajudá-los. O grupo evita por pouco uma patrulha da Primeira Ordem, mas os Cavaleiros de Ren já os encontraram.

Zorii Bliss os traz através de um beco sem saída na oficina do inro Babu Frik no bairro dos ladrões. Como ele está ligado ao computador, o C-3PO resmunga que não tem a mínima idéia do porquê ele concordou com esta operação e acha que deve estar com defeito de funcionamento. Rey pergunta se Babu Frik pode ajudá-los. Zorii interpreta para Babu, que explica que ele fundou as palavras Sith na memória proibida do C-3PO.

Poe pergunta se Babu pode fazer com que o C-3PO traduza as inscrições Sith. Frik diz a todos que pode destravar a mensagem para ser lida, mas ao fazê-lo a memória do C-3PO será apagada. Ainda enrolados com a perda de Chewbacca, os heróis discutem sobre encontrar outra maneira de fazer o trabalho, mas num ato de auto-sacrifício C-3PO consente voluntariamente com as modificações, sabendo que ele estará perdido no ato.

O "sacrifício" de C-3PO

Babu Frik preparando-se para realizar uma delicada operação no C-3PO.

Enquanto Poe e Zorii saem para vigiar as patrulhas da Primeira Ordem, Frik começa a executar o hack no C-3PO. Enquanto isso, o General Pryde informa a Kylo Ren que os Cavaleiros de Ren localizaram a "catadora" até um povoado chamado Kijimi. O General Hux propõe a destruição da cidade, mas Ren levanta o dedo ameaçador.

Fora do bar, Zorii e Poe lembram os velhos tempos. Há ali alguma conexão persistente, mesmo tendo tido algum tipo de queda no passado. Zorii diz a Poe que ela havia economizado dinheiro suficiente para conseguir um Medalhão de Capitão de Primeira Ordem, que ela pretende usar para viajar para fora do mundo para as Colônias, deixando sua especiaria dias corridos para trás. Poe também diz a Zorii que a Resistência enviou um pedido de socorro durante a Batalha de Crait, mas que ninguém veio, o que ele culpa pelo medo e pelas pessoas desistindo. Zorii discorda e diz que a Primeira Ordem vence ao fazer as pessoas pensarem que estão sozinhas. Ela lembra a Poe que há mais deles.

Enquanto isso, Rey socializa com D-O, que gosta de Rey e seus amigos. Rey confia em Finn que ela sentiu que seus pais estavam na nabe da Ochi através da Força. Pouco depois, Poe e Zorii voltam com a notícia de que o Steadfast está se aproximando de Kijimi. Babu completa o hack, permitindo que 3PO leia a mensagem inscrita na Adaga. O texto traduzido os aponta para a localização do localizador do Imperador, que está localizado nas ruínas da Estrela da Morte em uma lua de Endor. Tendo cumprido seu propósito, a limpeza da memória do 3PO começa, e ele se desliga. Uma vez concluída a limpeza da memória, 3PO reinicia com uma memória completamente vazia.

Resgatando Chewbacca

Rey e Kylo Ren lutaram, enquanto ligados pela Força.

Quando o destroyer de Kylo Ren chega acima da cidade de Kijimi, Rey sente que Chewie está vivo. Antes de partir, Zorii dá a Poe seu Medalhão de Capitão como um gesto de boa vontade para ajudá-lo e sua equipe de Resistência a superar o bloqueio da Primeira Ordem. Poe tenta convencer Zorii a partir, mas ela recusa a oferta dele. Enquanto os heróis escapam na nave de Ochi, o grupo toma a decisão de usar o dispositivo de passagem para abordar o Destróier Estelar e reconquistar a Falcon e salvar Chewie.

O dispositivo funciona e sua nave pousa no Destróier Estelar sem questionar. Após o pouso, Rey, Finn e Poe atiram nos Stormtroopers e dirigem-se à cela do Chewie. Enquanto navega pelos corredores do Destróier Estelar, Rey usa um truque mental para confundir os stormtroopers, permitindo que eles encontrem Chewie. Indo para o bloco de detenção de Chewbacca, eles atiram nas câmeras. Ao sentir que a adaga de Ochi está na nave, Rey se separa do grupo para recuperar a relíquia.

Em Kijimi, Kylo Ren supervisiona uma caça, mas sente que Rey está perto. Enquanto isso, Poe e Finn encontram Chewie e o libertam de sua cela. Em outro lugar, o General Fiel Pryde descobre a nave de Ochi no hangar e percebe que há intrusos a bordo da Steadfast. Finn, Poe e Chewbacca trocam o fogo com os stormtroopers enquanto fogem pelos corredores do Destróier Estelar. Poe é baleado e o grupo é cercado por reforços de stormtroopers, que os levam presos.

Vislumbres do passado de Rey

O rancor do General Hux pelo Líder Supremo Ren o levou a ajudar Finn, Poe, e Chewbacca a escapar.

Enquanto isso, a adaga de Ochi leva Rey aos aposentos de Kylo, onde ela descobre o capacete carbonizado de Darth Vader. Rey encontra e agarra a lâmina de Ochi, que carrega uma visão de seus pais, quando ela se liberta da visão, começa um vínculo com Kylo. Ren conta a Rey que ele conhece o resto da história sobre suas origens, mas Rey afirma que está mentindo.

Ren responde que nunca mentiu para ele e que seus pais não eram "ninguém" porque escolheram mantê-la segura. Resistindo à sua sonda mental, Rey cruza as lâminas com Kylo Ren, e um duelo de sabres de luz se inicia entre os dois através de dois locais diferentes, Kylo na superfície de Kijimi e Rey a bordo do Steadfast. Rey descobre que seus pais a deixaram em Jakku para protegê-la.

Enquanto isso, o General Dedicado Pryde ordena aos stormtroopers que acabem com Poe, Finn, e Chewbacca. Enquanto se separava nos aposentos de Ren, Ren diz a Rey que Palpatine havia mandado Ochi para finalizar e recuperar Rey, não para matá-la. Quando seus pais se meteram no caminho e se recusaram a dizer a Ochi onde ela estava, o Imperador deu a ordem para matá-los. Enquanto o duelo do sabre de luz continua, Ren descobre que Rey está a bordo de sua nave principal depois que ela rompe uma barraca contendo o capacete de Darth Vader. Ren diz a Rey que o Imperador ainda a quer para a escuridão que reside dentro dela. É claro que por este ponto, Kylo está totalmente comprometioa com a missão do Lorde Sith para ele.

Uma nova revelação

"Você é uma Palpatine."
―Kylo Ren, para Rey[fonte]

Kylo Ren revela à Rey a verdade sobre suas origens e a natureza de seu vínculo.

Antes que os stormtroopers possam executar Finn, Poe e Chewie, o General Hux chega e se voluntaria para exterminar os prisioneiros pessoalmente. Acreditando que este é o fim, Finn tenta contar a Poe o segredo que ele ia contar a Rey. No entanto, Hux desce o pelotão de fuzilamento e diz a Poe e Finn surpresos que ele era o espião dentro da Primeira Ordem de que Finn e Poe tinham recebido informações.

Enquanto isso, no galpão, C-3PO faz um jogo de regateio com os stormtroopers. No entanto, Rey chega e dispara nos stormtroopers com a balestra de Chewie. Antes que eles possam encontrar os outros, Kylo Ren retorna no seu transporte. Rey envia C-3PO, D-O e BB-8 para encontrar Poe, Finn, e Chewbacca. Entretanto, Hux lidera a equipe da Resistência até o hangar e convence Finn a atirar no seu ombro, mas ele acerta sua perna. Quando Finn pergunta a Hux sobre seus motivos, ele lhes diz que não estava fazendo isso para ajudar a Resistência, mas sim porque ele não queria que Kylo Ren ganhasse.

À medida que os stormtroopers convergem no hangar, Kylo Ren chega e enfrenta o Rey. Quando Rey pergunta por que o Imperador quer matar uma criança, Ren revela que ela é neta de Sidious; seu pai era o filho do Imperador. Como a mãe de Ren Leia é filha de Darth Vader, ele também revela que eles são uma díade da Força, dois que são um na Força. Rey caminha para a beira do hangar enquanto Kylo estende uma oferta para que Rey se junte a ele para matar o Imperador e tomar seu trono. Entretanto, Rey rejeita sua oferta novamente quando a Falcon chega e usa seus propulsores para lançar de volta os stormtroopers. Finn ajuda Rey a subir a plataforma.

Depois que eles partem, Hux alega que foi uma intrusão coordenada e que a equipe da Resistência dominou os guardas e o forçou a levá-los para sua nave. Entretanto, Pryde não é enganado e atira em Hux morto por traição contra a Primeira Ordem. Pryde então ordena que um stormtrooper informe ao Líder Supremo que eles encontraram seu espião.

Enquanto a Falcon viaja pelo hiperespaço, Poe diz a Chewbacca e ao C-3PO que não sabe porque a Primeira Ordem não os está seguindo e que não gosta disso. Chewbacca revela que o trem de pouso da Falcon está quebrado. Enquanto faz reparos na Falcon, Rey diz a Finn que tudo o que importa é encontrar o localizador e encontrar Exegol. Finn assegura a ela que é isso que eles estão fazendo. Rey se compromete a destruir Palpatine por matar seu pai e sua mãe. Finn diz a Rey que isso não soa como ela, mas Rey responde que ninguém a conhece.

Enquanto isso, o Imperador aprende com Ren que a "catadora" ainda vive. Questionando a lealdade de Ren, ele adverte o Líder Supremo para não fazer com que ele vire sua frota contra a Primeira Ordem. Ren responde que sabe para onde Rey está indo e promete que ela nunca será um Jedi. O Imperador ordena a Ren que mate Rey.

Missão em Kef Bir

"Ele disse que viriam. Disse que eram a última esperança"
―Jannah, para equipe de Rey[fonte]

Finn e Jannah andando de orbak

Usando as informações aprendidas da tradução da escrita do punhal de C-3PO, a equipe da Resistência leva a Millennium Falcon à lua oceânica de Kef Bir no sistema Endor. Quando a Falcon desce em Kef Bir, eles são detectados por uma mulher chamada Jannah, que está montando um Orbak. Devido a suas escoras danificadas, a Falcon tem um pouso duro, escavando o solo.

Rey, Finn, Poe, C-3PO, Chewbacca, BB-8, e D-O se aproximam de um penhasco com vista para o mar, onde os destroços da segunda Estrela da Morte ficam à distância. Enquanto Poe e Finn pensam que será difícil encontrar o localizador nas ruínas da  segunda Estrela da Morte, Rey usa a adaga para localizar o localizador alinhando uma placa escondida no punho com uma parte específica dos destroços da Estrela da Morte, e descobrindo que as duas formas combinam perfeitamente.

A equipe da Resistência logo se junta a um grupo de humanos montando em orbak liderado por Jannah, que pergunta se eles são da Resistência. Quando Poe confirma que eles são da Resistência, ela lhes diz que captaram uma transmissão de Babu Frik dizendo que Rey e sua equipe eram a última esperança. Jannah se oferece para levá-los até o local do localizador no dia seguinte. Como eles não podem esperar até amanhã, Poe convence Jannah e seus seguidores a ajudá-los a reparar a Falcon.

Enquanto os dróides se misturam com o Ovak, Poe e os outros reparam a Falcon com a ajuda de Jannah. Finn conversa com Jannah, que revela que ela já foi uma vez uma stormtrooper conhecida como TZ-1719 e que toda sua tribo era ex-militares. Finn ficou feliz em saber que não é o velho desertor da Primeira Ordem. Eles se rebelaram em uma batalha na qual foram ordenados a atirar em civis. Jannah comparou isso a um instinto enquanto Finn diz que a Força o trouxe e seus amigos para cá. Ele admite que estava desconfiado, mas agora abraçou a Força.

Luz versus escuridão

Rey cura Kylo Ren e confessa que ela quis pegar a mão dele.

BB-8 logo diz ao grupo que ele não viu Rey. Voltando ao penhasco, Poe e os outros descobriram que Rey tinha tomado um skimmer e o levado para as ruínas da Estrela da Morte com a intenção de recuperar o localizador. Rey leva o skimmer através dos mares agitados. Poe e Finn discutem sobre ir atrás de Rey. Poe quer consertar a nave  primeiro, mas Finn insiste em ir atrás de sua amiga. Finn diz a Poe que ele e Leia sabem contra o que Rey está lutando. Finn e Jannah se preparam para partir em um segundo skimmer para encontrar Rey.

Enquanto isso, Rey sobe pelos escombros da segunda Estrela da Morte para chegar à sala do Trono do Imperador. Dentro da sala do trono, Rey sente uma presença escura chamando-a para uma câmara adjacente onde ela encontra o segundo localizador. Ao contatar o localizador, ela é confrontada por uma visão da Força de si mesma como uma Sith, resultando em um breve duelo. A visão de Sith rosna bruscamente e lhe dá presas, fazendo-a tropeçar fora da câmara e deixar cair o localizador no chão.

Imediatamente depois, Rey é confrontada por Kylo Ren, que havia acompanhado a equipe da Resistência até Kef Bir. Depois de recuperar o localizador, Ren incentiva Rey a abraçar o lado sombrio. Rey exige que ele devolva o localizador, mas Kylo Ren conta que a única maneira de ela ir para Exegol é com ele antes de destruir a relíquia. Furiosa, Rey ataca Kylo Ren com o sabre de luz Skywalker. Ele se esquiva da lâmina dela antes de acender seu próprio sabre de luz de lâmina cruzada e leva Rey por uma queda.

De volta à base da Resistência em Ajan Kloss, Leia sente o confronto de seu filho com Rey e sai do centro de comando, auxiliada por Kaydel Connix. Maz Kanata diz ao R2-D2 que Leia sabe o que deve ser feito, acrescentando que será preciso toda sua força para alcançar seu filho.

Enquanto isso, em Kef Bir, Rey e Kylo Ren continuam seu duelo sobre as ruínas aquáticas da Estrela da Morte, enquanto as ondas caem ao seu redor. Finn e Jannah, que chegaram, testemunham o sabre de luz devido. Finn chama Rey, mas ela usa a Força para jogá-lo para o lado, não querendo vê-lo se machucar. Rey usa a Força para saltar para outro naufrágio flutuante. Finn tenta seguir, mas é parado por Jannah.

Após a batalha, Kylo Ren consegue manobrar Rey em direção a um canhão laser. Ele usa a Força para bloquear seus movimentos e ganha a vantagem. Entretanto, uma Leia agonizante chama Kylo através da Força pelo seu nome de nascimento, Ben, distraindo-o momentaneamente o tempo suficiente para Rey agarrar seu sabre de luz de lâmina cruzada e apunhalá-lo através de seu tronco. Ao mesmo tempo, Leia dá seu último suspiro com o R2-D2 triste sobre sua mestre caída.

Retorno de Ben

Ben Solo reconciliando-se com uma memória de seu pai, Han Solo.

Ao sentir a morte de Leia, Rey lamenta suas ações e usa a Força para curar a ferida de Ren, tornando-a inteira novamente. Rey então confessa a ele que queria se juntar a ele e tomar sua mão como Ben Solo. Rey então voa no  TIE Whisper de Ren, ainda abalada sobre suas próprias ações e por sua linhagem Sith. Enquanto Finn e Jannah assistem em choque, vários membros da Resistência incluindo Maz Kanata, R2-D2, Kaydel Connix, Beaumont Kin e Temmin Wexley se reúnem para prestar homenagem a sua líder caída. Poe e sua equipe retornam em Ajan Kloss apenas para aprender com Larma D'Acy que Leia faleceu. Chewbacca chora por sua amiga falecida.

De volta a Kef Bir, Ren conversa com uma memória de seu falecido pai Han Solo, que lhe diz que Kylo Ren está morto, embora seu filho - Ben Solo - esteja vivo. Ren diz que Solo é uma lembrança, mas Solo diz que ele é sua memória. Solo exorta Ren a retornar mesmo que sua mãe tenha partido, afirmando que o que ela defendeu e lutou por ele não desapareceu. Dirigindo-se a seu filho como Ben, Solo toca suas bochechas e lhe assegura que ele tem a força para fazer o que precisa fazer. Reconciliando-se com seu falecido pai, Kylo Ren joga seu sabre de luz longe na água perto dos destroços da Estrela da Morte, recuperando sua identidade como Ben Solo e rejeitando seu lado negro.

Uma demonstração de força

A Ordem Final destrói Kijimi como uma demonstração de seu poder.

A bordo do Steadfast, o Imperador se comunica com Pryde via holograma. O Imperador está descontente que a falecida Princesa de Alderaan tenha interrompido seu plano, mas pensa que seu "ato tolo" foi em vão. Ele ordena ao General Pryde que venha até ele no Exegol. À luz do fracasso de Kylo Ren em matar Rey, Pryde, um fiel Imperial que serviu ao Imperador durante a época das "velhas guerras", se compromete com o Imperador. O Imperador então ordena a Pryde que envie uma nave para um mundo que é familiar a Rey e seus amigos. Agindo sob as ordens do Imperador, Pryde envia um Destróier Estelar classe Xyston da frota Sith para destruir Kijimi com seu superlaser axial.

De volta à base da Resistência, Poe, D'Acy e Beaumont recebem notícias sobre a destruição de Kijimi e percebem que o Imperador tem uma frota de naves de guerra destruidores do mundo. Rose intercepta uma transmissão do Imperador afirmando que "a Resistência está morta e que a chama Sith vai arder". O Imperador exige que todos os mundos se rendam ou morram quando a Ordem Final começar. Rose informa a Poe que Leia também o fez general e pergunta o que eles devem fazer.

Passando a tocha

Em particular, Poe presta seus respeitos a falecida General Organa e confessa que não está pronto. Logo se junta a ele Lando Calrissian, que confessa que nem ele, nem Luke, nem Han, nem Leia durante os dias da Rebelião. Quando Poe pergunta a Lando como ele derrotou um império com quase nada, Lando responde que eles se tinham um ao outro.

D-O diz a Finn que ele sente falta do Rey. Mais tarde, Poe nomeia Finn como seu segundo no comando. Finn diz a Poe que D-O pode ajudá-los a chegar a Exegol e explica que o ex-mestre de D-O, Ochi, tinha a intenção de levar Rey ao Imperador em Exegol.

O fantasma da Força de Luke Skywalker guiando Rey antes de seu confronto com o Imperador.

Enquanto isso, em Ahch-To, Rey queima o TIE Whisper de Kylo Ren, com a intenção de se exilar para o mundo oceânico. Enquanto ela se prepara para jogar o sabre de luz Skywalker nos destroços ardentes do TIE Whisper de Kylo, o espírito da Força de Luke aparece e diz a Rey que a arma de um Jedi merece mais respeito. Rey diz a Luke que foi assombrada pela visão escura e que ela planeja se exilar para evitar que isso aconteça.

Luke diz a Rey que ele estava errado ao deixar o medo mantê-lo aqui. Quando Luke pergunta a Rey sobre seu maior medo, Rey confidencia que ela é uma Palpatine. Skywalker conforta Rey dizendo-lhe que sua irmã Leia conhecia sua verdadeira linhagem, mas ainda assim a treinou porque ela conhecia o coração de Rey. Luke lhe diz que enfrentar o medo é o destino dos Jedi e incentiva Rey a enfrentar o Imperador enquanto ele enfrentava Darth Vader.

Ele também presenteia Rey, explicando que durante a última noite do treinamento Jedi de Leia, ela havia sentido a morte de seu filho. Leia lhe entregou seu sabre para que ele fosse pego por alguém que terminaria sua jornada. Luke diz a Rey que mil gerações vivem agora nela e lhe diz para levar ambas as lâminas para Exegol. Rey ainda está consternada, pois Kylo destruiu o localizador em Kef Bir. Luke diz que Rey tem tudo o que ela precisa. Então, Rey se lembra que dois localizadores Sith foram feitos, e resgata o localizador de Kylo do TIE Whisper em chamas. Luke então usa a Força para levitar sua velha X-wing das profundezas do mar.

Preparando para a guerra

A Resistência reunindo para o ataque á Exegol.

A Resistência reunindo para o ataque a Exegol.

De volta a Ajan Kloss, C-3PO apagado da memória interage com o R2-D2, do qual ele não se lembra. R2-D2 restaura as memórias do C-3PO, e ele se lembra que vai embarcar em sua primeira missão com Rey. R2-D2 lembra a ele que a missão já ocorreu. O R2-D2 então capta um sinal.

Enquanto isso, Finn, Poe e Rose plug D-O em um computador de navegação a fim de acessar as coordenadas para Exegol para planejar seu ataque aéreo contra a Ordem Final. Eles descobrem que o planeta está cercado por vários obstáculos, incluindo campos transversais magnéticos, poços gravitacionais e ventos solares. C-3PO então os informa que estão resistindo a uma transmissão da antiga X-Wing do falecido Skywalker, que está transmitindo as coordenadas para Exegol.

Guiada pelo localizador Sith de Kylo Ren, Rey voa na X-wing através dos obstáculos ao redor do Exegol. Finn e Poe percebem que Rey está mostrando-lhes o caminho para Exegol. Beaumont diz a Chewbacca que eles precisam dele. Poe informa os pilotos da Resistência sobre seu ataque aéreo planejado ao Exegol, dizendo-lhes que precisam derrubar a torre de navegação que a Primeira Ordem está usando para guiar a frota Sith Eternal. Finn e Poe propõem a derrubada da torre em um ataque aéreo e terrestre conjunto. O plano deles é atacar a frota dispersa da Primeira Ordem. Lando apóia seus planos.

Quando Beaumont propõe a "manobra Holdo", Finn discorda e adverte que os caças e canhões destruiriam suas naves. Nien Nunb e Kaydel Ko Connix apontam que a frota da Resistência está em menor número, mas Finn diz que Lando e Chewbacca irão para o Mundos do Núcleo e darão apoio à Resistência. Poe diz aos combatentes da Resistência que não caiam na armadilha de pensar que estão sozinhos e que boas pessoas lutarão com a liderança correta. Enquanto Poe fala, os pilotos da Resistência escalam seus caças e naves estelares, incluindo a corveta CR90 Tantive IV. Finn termina o discurso dizendo que agora eles estão levando a guerra de volta à Primeira Ordem.

Para a espessura da batalha

A Resistência assume a Ordem Final.

A Resistência enfrenta a Ordem Final.

Quando Rey se aproxima da Exegol, um oficial Sith alerta seus superiores enquanto o General Dedicado Pryde ordena que a frota Sith Eternal suba até a altitude de desdobramento. Rey pousa a X-wing de Luke na superfície escura do Exegol e caminha para a Cidadela Sith. Rey passa por várias estátuas e máquinas e entra em um túnel.

Enquanto isso, Poe e Finn lideram a frota da Resistência através da nuvem de gás vermelho e detritos e saem do hiperespaço acima do Exegol. Alertados para a chegada da frota da Resistência, o general Pryde ordenou que a frota Sith atirasse com o canhões de íons. Os Destróiers Estelares Sith detonam as naves da Resistência com canhões de íons. Poe lidera a equipe de pouso de Exegol em direção à torre de navegação na superfície do Exegol.

A Ordem Final distribui enxames de Caças Sith TIE. Percebendo o plano da Resistência de atacar a torre de navegação, Pryde ordena que seus oficiais mudem a fonte de navegação para o Steadfast, dizendo que eles mesmos guiarão a frota da Eternidade Sith. A torre de navegação é desativada, forçando a Finn a cancelar a invasão terrestre.

Através da Força, Finn sente que o sinal de navegação está vindo do Steadfast. Quando Jannah pergunta como ele sabe, ele responde que sente. Finn convence uma comandante de caça feminina a dar fogo ao porta-aviões da Resistência enquanto eles atacam o Steadfast. Finn e Jannah lideram o grupo de pouso, que está montando ovak, no assalto contra a torre de navegação do Destróier Estelar da Primeira Ordem, enfrentando a oposição dos soldados Sith e dos Soldados Sith a jato.

Maquinações dos Sith

"Ela virá até mim. Ela se vingará e, com um golpe de sabre, os Sith renascerão. Os Jedi estão mortos!"
―Darth Sidious, para Rey e os Sith Eternal[fonte]
Rey confronta seu avô, Darth Sidious.

Rey confronta seu avô, Darth Sidious.

Enquanto isso, Rey entra num enorme auditório onde descobre o trono vazio dos Sith e uma grande multidão de lealistas Sith. Rey é logo acompanhada pelo Imperador, que é apoiado por um arnês de Ommin. Darth Sidious diz a Rey que ele tem estado esperando pelo retorno de sua neta. O Lorde Sith afirma que ele nunca a quis morta e que ele só queria que ela assumisse o trono de Sith, afirmando que é seu direito inato. Rey diz que ela veio para acabar com os Sith como uma Jedi. O Imperador tenta levar Rey a matá-lo, dizendo-lhe que, fazendo isso, todos os espíritos dos Sith fluirão para dentro dela, e eles se tornarão um só.

Acima do Exegol, os Destróeirs Estelares Sith disparam seus motores. Poe pergunta a Finn sobre o progresso da equipe de desembarque. Finn lhes diz que as escotilhas estão seladas e que estão enfrentando oposição. Enquanto BB-8 abre uma escotilha, Finn e Jannah fornecem cobertura de incêndio, com Jannah usando uma besta para abater um soldado à jato Sith. Jannah atira explosivos dentro da abertura, causando uma explosão que derruba temporariamente a torre de navegação.

Em resposta, o General Dedicado Pryde ordena a seus subordinados, incluindo o Almirante Frantis Griss, que restabeleçam o sinal de navegação. Enquanto a equipe de ataque da Resistência se prepara para partir, Finn diz a Jannah que ele precisa ficar para trás para impedi-los de reiniciar o sinal. Jannah insiste que ela fique com Finn. Enquanto isso, Poe admite ao R2-D2 que não sabe quando Lando e reforços estão chegando. Quando Aftab Ackbar pergunta o que eles devem fazer, Poe ordena aos pilotos de caça que atinjam os Destróeirs Estelares Sith até que os reforços cheguem.

De volta à Cidadela Sith, o Imperador pede a Rey que ceda em seu ódio e o mate, embora Rey se recuse a mostrar seu ódio pelo Lorde Sith. Quando o Imperador chama seus pais de fracos, Rey contrapõe que eles eram fortes e a salvaram dele. O Imperador lembra que Luke Skywalker teve seu pai para ajudá-lo enquanto a única família que Rey tem é ele. Logo depois, o telhado da Cidadela Sith se abre, mostrando a batalha acima.

O Imperador afirma que Rey pode salvar seus amigos matando-o e assumindo o trono. Ele a convida a tornar-se Imperatriz e a comandar a frota. Enquanto fala, as forças da Ordem Final infligem danos aos guerreiros das estrelas da Resistência e à equipe de desembarque.

Uma díade na Força

Rey e Ben Solo juntos para enfrentar Sidious.

Rey e Ben Solo juntos para enfrentar Sidious.

Enquanto isso, Ben Solo pousa em Exegol em um escolta TIE e corre para a Cidadela Sith. Enquanto o Imperador tenta Rey, Ben força seu caminho para as profundezas da Cidadela Sith, derrubando vários Protetores Soberanos.

De volta ao Steadfast, Finn convence Rose a ir enquanto ele e Jannah se preparam para derrubar a ponte de comando. Na Cidadela Sith, o Imperador pede a Rey que abrace o lado sombrio e se comprometa como Sith enquanto seus discípulos cantam em uníssono. Ben logo se depara com os Cavaleiros de Ren e luta contra eles, mas rapidamente se deixa dominar. Enquanto Rey saca o sabre de luz Skywalker, o Imperador implora-lhe que o atinja, acabando com os Jedi e renascendo os Sith.

O Imperador usa a Força para atirar Rey e Ben de joelhos, inadvertidamente extraindo parte de suas essências de vida. Percebendo que os dois são uma díade da Força, o Imperador decide rejuvenescer-se, drenando suas essências de vida. Rey e Ben são enfraquecidos pelo esforço e colapso no chão. Enquanto isso, a frota da Resistência sofre pesadas perdas, incluindo Temmin Wexley, cuja a X-wing choca com um Destróeir Estelar Sith muito para o desânimo de Poe. Ao ouvir a angústia de seus companheiros de ligação, Poe pede desculpas por pensar que eles tiveram uma chance.

Aliados ao resgate

A frota de cidadãos se junta à batalha.

Nesse momento, Poe ouve a voz de Lando no comlink, tranquilizando-o de que "há mais deles". Pouco tempo depois, Lando e Chewbacca chegam na Millenium Falcon, acompanhados por uma enorme frota de cidadãos, incluindo o herói rebelde Wedge Antilles, que elogia o vôo de Lando enquanto ele voa com as armas no Falcon. Os reforços revigoram as forças da Resistência. Poe ordena às forças combinadas que derrubem os canhões superlaser destruidores do mundo dos  Destróiers Estrelares Sith. À medida que vários Destróiers entram em chamas, Pryde pergunta de onde eles tiraram este exército. O Almirante Griss responde que a frota não é um exécito, mas apenas pessoas. Poe também fica aliviado que sua ex-associada Zorii Bliss tenha vindo em seu auxílio.

De volta à Cidadela Sith, o Imperador rejuvenescido se revela a seus seguidores Sith, que cantam em uníssono. Ben se eleva a seus pés, mas o Imperador o levita em pleno ar. Sidious diz a Ben que ele será o último Skywalker e usa a Força para jogá-lo em um abismo próximo, parecendo matá-lo. Determinado a não deixar nada impedir o retorno dos Sith, Sidious desencadeia relâmpago da Força sobre a frota da Resistência e armada aliada, destruindo várias naves, incluindo a Tantive IV, e matando membros da Resistência como Nien Nunb.

Enquanto Rey jaz no chão, ela diz repetidamente "Falem comigo". Ela então ouve a voz de Obi-Wan Kenobi dizendo-lhe que estes são seus últimos passos e dizendo-lhe que se levante e os tome. Em seguida, as vozes de Anakin Skywalker e Ahsoka Tano gritando seu nome. Anakin exorta Rey a trazer de volta o equilíbrio para a Força, como ele fez. A voz de Luminara Unduli chama Rey para encontrar a luz.

A voz de Yoda assegura a Rey que ela nunca esteve sozinha. A voz de Qui-Gon Jinn diz a Rey que todos os Jedi que já viveram nela vivem. Anakin então lembra Rey que a Força a cerca enquanto Aayla Secura diz a Rey que deixe a Força guiá-la. A voz de Mace Windu diz a ela para sentir a Força enquanto Anakin diz a ela para deixá-la levantá-la. Luminara e Adi Gallia encorajam Rey a se levantar enquanto Qui-Gon lhe diz que eles estão atrás dela.

Kenobi chama Rey enquanto Yoda pede a Rey que se levante. A voz de Kanan Jarrus diz a Rey que no coração de um Jedi está sua força. Kenobi então se junta aos outros Jedi para exortar Rey a se levantar, emprestando sua força para a mulher enfraquecida. Quando ela se levanta, Luke Skywalker lhe diz que a Força estará sempre com ela. Ao desenhar o sabre de luz de Leia, Rey confronta o Imperador, que interrompe seu ataque à frota.

Acreditando estar à beira da vitória, o Imperador zomba de Rey que sua morte será a última palavra na história da rebelião. O Imperador tenta destruir Rey furiosamente com o relâmpago da Força, mas ela o desvia de volta com o sabre de luz Skywalker. Livre do ataque dos raios da Força, Poe exorta a frota aliada a fazer uma ofensiva final contra os Destróiers Estelares Sith, que ascenderam à atmosfera superior do Exegol.

Continuando o ataque relâmpago da Força contra Rey, o Imperador a zomba de que ela não passa de uma garota necrófaga e não tem nada a ver com o poder que ele tem. Sidious vangloria-se de que ele é todos os Sith, mas Rey retorta que ela é todos os Jedi. Usando a Força para recuperar o sabre de luz Skywalker, ela cruza as lâminas e as usa para empurrar para trás o ataque de relâmpagos da Força do Imperador. Sidious é desintegrada por seu próprio raios da Força, o que desencadeia uma onda enorme de energia que destrói o trono dos Sith e o auditório, esmagando e matando inúmeros seguidores.

Vitória e sacrifício

Rey e Ben Solo reconhecem sua conexão e sentimentos um pelo outro ao compartilhar um beijo após a derrota do Imperador Palpatine.

Enquanto isso, no Steadfast, Jannah conecta os cabos em um canhão laser sequestrado, o que abre fogo na ponte do navio de comando. No Destróier Estrelar da Primeira Ordem, o General Dedicado Pryde observa horrorizado, pois a Resistência destrói a frota do Imperador. Momentos depois, ele é morto quando a ponte explode. Um piloto Abednedo chamado C'ai Threnalli diz a Poe que o Steadfast foi destruído. A Resistência e a armada aliada derrubam a frota Eternidade Sith sem líderes.

Enquanto isso, Finn e Jannah se agarram à querida vida enquanto o Steadfast atingido desce na atmosfera. Poe quer resgatar Finn e Jannah, mas Lando e Chewbacca usam a Falcon para resgatar os dois combatentes da Resistência, que saltam para a segurança antes que o Destróier Estrelar caia na superfície e se desintegre.

De volta à Cidadela Sith, Rey exausta morre como resultado do duelo com Sidious. Sua morte é sentida através da Força por Finn. Pouco depois, uma mão aparece à beira do abismo e Ben ferido se levanta, caindo de joelhos ao lado de Rey e puxando seu cadáver para o colo dele. Ele abraça o corpo de Rey. Puxando, Ben coloca sua mão sobre o estômago dela e usa a Força para ressuscitá-la. Rey desperta, sorrindo para Ben e tocando suavemente a bochecha. Os dois se abraçam antes de Rey o beijar. Após o beijo, Ben sorri para ela enquanto fecha seus olhos. Momentos depois, ele cai para trás e desaparece, tendo dado a essência de sua vida restante a Rey. Seu corpo se desvanece no mesmo momento em que o corpo de Leia se torna um com a Força. Maz Kanata também sente a morte de Ben de longe.

Quando a frota da Eternidade Sith naufragada cai na superfície de Exegol, Finn e Poe avistam a X-Wing de Rey, a "vermelho cinco". Finn diz a Poe que as pessoas estão reagindo por toda a galáxia e os dois se parabenizam. Em Bespin, um Destruidor de Estrelas de Primeira Ordem danificado desce para a atmosfera abaixo da Cidade das Nuvens. Em Endor, o Ewok Wicket W. Warrick e seu filho, Pommet observa como outro Destróier Estrelar de Primeira Ordem é destruído através da "Manobra Holdo" nos céus acima da lua. Em Jakku, um Destróier Estrelar de Primeira Ordem destruído cai, juntando-se a um Destruidor de Estrelas Imperiais destruído da Batalha de Jakku.

O triunfo da Resistência

"Estão reagindo por toda a galáxia. Poe, deu certo."
"Deu Certo."
―Finn e Poe Dameron[fonte]
Revoltas contra a Primeira Ordem irromperam por toda a galáxia, inclusive em Endor.

Revoltas contra a Primeira Ordem irromperam por toda a galáxia, inclusive em Endor.

A Resistência e a galáxia em geral celebram sua vitória contra a Ordem Final. Sobre Ajan Kloss, os pilotos vitoriosos e os combatentes da Resistência se abraçam. Finn assiste como abraços de Rose e Chewbacca. Maz Kanata confere a Chewbacca uma Medalha de Bravura, que Han recebeu após a Batalha de Yavin. Poe e Zorii trocam um olhar e parece que Poe está tentando perguntar a Zorii se ela gostaria de celebrar com ele em particular, ao que ela abana a cabeça.

Poe então abraça o Finn. Pouco depois, Rey retorna a bordo da X-Wing de Luke. Jannah pergunta a Lando de onde ele é e ele lhe diz que ele é do sistema Ouro. Lando, por sua vez, pergunta a Jannah de onde ela é, e ela lhe diz que não sabe, e Lando responde dizendo "bem, vamos descobrir". Rey vê Finn e Poe, e os três se abraçam.

Herdeira dos Skywalkers

Rey adota o sobrenome Skywalker.

Rey adota o sobrenome Skywalker.

Em Tatooine, Rey voa a Millennium Falcon passando por um rastejador de areia Jawa. Junto com BB-8, Rey visita a propriedade abandonada de Lars, onde ela enterra os sabres de luz de Anakin e Leia na areia, tendo agora construído seu próprio sabre de luz com uma lâmina amarela. Uma local pergunta seu nome e, vendo os espíritos de Luke e Leia, Rey dá seu nome como "Rey Skywalker". Rey e BB-8 assistem então à ascensão dos sóis gêmeos de Tatooine.

Produção

Muito antes da aquisição da Lucasfilm pela Disney em 2012, o criador de Star Wars George Lucas mencionou que tinha planos de fazer nove filmes.[6] O produtor Gary Kurtz mencionou em uma entrevista de 1999 que os planos de Lucas para o Episódio IX incluíam a primeira aparição do Imperador, um ponto da trama usado na conclusão da Trilogia Original.[7] Uma vez, Lucas calculou filmar o Episódio IX perto de 2011 em 1976, e queria que Mark Hamill fizesse uma participação especial no filme "como Obi-Wan entregando o sabre de luz para a próxima nova esperança".[8] De acordo com Hamill, o esboço de Lucas para a Trilogia Sequela fez Luke Skywalker sobreviver até o episódio IX e treinar Leia Organa na Força.[9] Hamill foi um defensor desta versão da história.[10]

Em agosto de 2015, Colin Trevorrow foi anunciado como diretor do Episódio IX.[11] Como J.J. Abrams e Rian Johnson tiveram que garantir uma transição suave entre os episódios VII e VIII, Johnson e Trevorrow trabalharam juntos para garantir a continuidade entre seus respectivos filmes.[12] Com o diretor de fotografia John Schwartzman, Trevorrow planejava filmar em filmes de 65 mm e queria capturar algumas imagens no espaço sideral.[13][14] Em 2016, a Lucasfilm havia desenvolvido um esboço completo, que Trevorrow se transformou em um roteiro.[4] Ele apresentou o roteiro completo a Lucasfilm, incluindo Lucas e Hamill,[15] em dezembro daquele ano.[16]

Várias reportagens anunciaram que Abrams e Johnson estavam envolvidos no Episódio IX,[17][18] apesar de terem negado isso,[19][20] com Abrams dizendo da sua parte: "Nós não escrevemos um tratamento, mas há inúmeras vezes que pensamos em algo e dissemos 'oh, isso seria ótimo para o episódio VIII!' ou 'Isso é o que conseguimos no IX!'".[19] De acordo com o co-roteirista de Star Wars Episódio VII: O Despertar da Força, Lawrence Kasdan, a equipe criativa da Lucasfilm desenvolveu uma ideia geral desde o início sobre como eles queriam que o filme terminasse.[21] Isso foi confirmado pelo ator de Kylo Ren, Adam Driver: "Com Star Wars, eu tinha uma informação de onde tudo estava indo, e é aí que está na minha cabeça há muito tempo, e as coisas estão sendo construídas nesse sentido".[22] O irmão de Carrie Fisher, Todd Fisher, disse ao yahoo.com que os planos iniciais para o filme tinham Leia um papel fundamental, supostamente se tornando o "último Jedi" mencionado no título de seu antecessor.[23]

Recepção

O filme recebeu críticas divididas e reações mistas,[24] atualmente tendo uma aprovação 52% de aprovação dos críticos e 86% de aprovação da audiência no site Rotten Tomatoes.[25] O filme abriu com $176 milhões nos Estados Unidos e $374 milhões na bilheteria mundial.[26] Notavelmente, ele rendeu pouco na China, seguindo o que houve com O Despertar da Força.[27]

Notas e referências

  1. StarWars.com J. J. Abrams to Write and Direct Star Wars: Episode IX no StarWars.com (backup link no Archive.org)
  2. 2,0 2,1 2,2 2,3 DISNEY TO ACQUIRE LUCASFILM LTD. (em inglês)  — The Walt Disney Company  — thewaltdisneycompany.com (2012-10-30). Acessado em 2012-10-31.
  3. Chitwood, Adam (February 5, 2015). Exclusive: J.J. Abrams Talks STAR WARS: THE FORCE AWAKENS and That New Lightsaber (em inglês)  — Collider. Acessado em February 6, 2015.
  4. 4,0 4,1 4,2 Chitwood, Adam (January 12, 2016). 'Star Wars: Episode IX' Director Colin Trevorrow Promises "Satisfying" Answer to Rey Theories (em inglês)  — Collider. Acessado em February 27, 2016. Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome "Trevorrow Writing" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes
  5. Disney brings the Force to CinemaCon (em inglês)  — Variety (April 17, 2013).
  6. Show Business: George Lucas' Galactic Empire (em inglês)  — Time  — content.time.com (March 6, 1978). Acessado em November 24, 2018.
  7. TheForce.net. TheForce.Net - Latest News - Interviews - Gary Kurtz Reveals Original Plans for Episodes 1-9 (em inglês). Acessado em 28 November 2018.
  8. B., Brian (September 10, 2004). Mark Hamill talks Star Wars 7, 8 and 9! (em inglês)  — MovieWeb. Acessado em November 26, 2018.
  9. Skrebels, Joe (March 26, 2018). Mark Hamill Reveals Ending to George Lucas' Star Wars: Episode 9 (em inglês)  — IGN. Acessado em March 27, 2018.
  10. Agar, Chris (March 13, 2018). Mark Hamill Originally Wanted Luke To Die In Star Wars: Episode 9 (em inglês)  — Screen Rant  — screenrant.com. Acessado em March 19, 2018.
  11. StarWars.com Colin Trevorrow to Direct Star Wars: Episode IX no StarWars.com (conteúdo agora obsoleto; backup no Archive.org)
  12. Boone, John (January 11, 2016). EXCLUSIVE: Colin Trevorrow Responds to the Petition to Bring George Lucas Back for 'Star Wars: Episode IX' (em inglês)  — Entertainment Tonight  — etonline.com. Acessado em January 12, 2016.
  13. Sciretta, Peter (November 11, 2016). 'Star Wars: Episode 9' Will Be Shot On 65mm Film (em inglês)  — Slashfilm. Acessado em November 12, 2016.
  14. Lee, Ashley (January 28, 2016). 'Star Wars: Episode IX' Director Wants to Shoot on Film, Not Digital — and in Outer Space (em inglês)  — The Hollywood Reporter. Acessado em January 30, 2016.
  15. Travis, Ben; De Semlyen, Nick (2018-05-29). Colin Trevorrow Talks His Star Wars Episode IX Exit (em inglês)  — Empire  — empireonline.com. Arquivado do original em 4 julho, 2019. Acessado em 2019-07-04.
  16. Kamp, David (May 25, 2017). Kathleen Kennedy on Carrie Fisher's Death and the Future of Star Wars (em inglês)  — Vanity Fair  — vanityfair.com.
  17. Skrebels, Joe (March 2, 2018). J.J. ABRAMS WROTE DRAFTS FOR STAR WARS 8 AND 9, SAYS DAISY RIDLEY (em inglês)  — IGN. Acessado em March 5, 2018.
  18. Keegan, Rebecca (2014-06-20). Rian Johnson boarding 'Star Wars' franchise as writer and director (em inglês)  — Los Angeles Times. Acessado em 2014-06-23.
  19. 19,0 19,1 Sciretta, Peter (December 14th, 2015). How J.J. Abrams and Rian Johnson Collaborated to Create the Future of Star Wars (em inglês)  — /Film  — slashfilm.com.
  20. Twitter favicon.png @rianjohnson (Rian Johnson) no Twitter. “That's old info, I haven't been involved in writing IX.”
  21. Rottenberg, Josh (December 3, 2015). Lawrence Kasdan on the 'crazy different' Han Solo film and where 'Star Wars' will go from here (em inglês)  — Los Angeles Times  — latimes.com.
  22. Grobar, Matt (January 12, 2019). 'BlacKkKlansman's Adam Driver Stands By Childhood Ku Klux Klan Recollection; How 'Star Wars' Is Like Theater Work (em inglês)  — deadline.com.
  23. Alter, Ethan (November 6, 2019). Carrie Fisher's brother reveals new details about Leia's 'Rise of Skywalker' role: 'She was going to be the last Jedi' (exclusive) (em inglês)  — Yahoo! Entertainment. Acessado em November 7, 2019.
  24. THR Staff (December 16, 2019). 'Star Wars': First Reactions from 'Rise of Skywalker' Premiere (em inglês)  — The Hollywood Reporter  — hollywoodreporter.com.
  25. Star Wars: The Rise of Skywalker (em inglês)  — rottentomatoes.com.
  26. McClintock, Pamela (December 22, 2019). Box Office: 'Star Wars' Rises to $176M Opening, 'Cats' Scratched With $6.5M (em inglês)  — The Hollywood Reporter  — hollywoodreporter.com.
  27. Brzeski, Patrick (December 20, 2019). China Box Office: 'Star Wars: Rise of Skywalker' Crashing and Burning, Beaten by Local Blockbusters (em inglês)  — The Hollywood Reporter  — hollywoodreporter.com.

Links externos

[Esconder][Fonte]
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.