Este artigo detalha um assunto considerado cânon.

O assunto deste artigo existe ou é relevante no mundo real.

"Estou tentando evocar a estética não apenas da trilogia original, mas do primeiro filme. Não apenas do primeiro filme, mas do primeiro ato do primeiro filme. Como foi em Tatooine? O que estava acontecendo naquela cantina? Isso me fascina desde criança e adoro a ideia desse lado sombrio e esquisito de Star Wars."
Jon Favreau[fonte]

The Mandalorian é uma série de televisão live-action de Star Wars desenvolvida pela Lucasfilm. A série se passa cerca de cinco anos após os eventos de Star Wars: Episódio VI O Retorno de Jedi e foi exibido exclusivamente no serviço de streaming Disney+ em 12 de Novembro de 2019. Jon Favreau é roteirista e produtor executivo da série. Os diretores incluem Dave Filoni, Deborah Chow, Rick Famuyiwa, Bryce Dallas Howard e Taika Waititi. Os episódios da 1ª temporada estreavam às sextas-feiras, com exceção dos primeiro e sétimo episódios.

Em 4 de Fevereiro de 2020, o Presidente Executivo da Disney, Bob Iger, revelou que a segunda temporada será lançado em Outubro de 2020.

Após a conclusão da primeira temporada, uma minissérie de oito episódios focado nos bastidores foi lançado em maio de 2020, intitulado Disney Gallery: The Mandalorian.

Resumo do enredo

"É como depois do Império Romano cair, ou quando não houve um shogun centralizado no Japão, e, claro, no Velho Oeste, quando não havia nenhum governo nas áreas ainda não estabelecidas"
―Jon Favreau[fonte]

Após as histórias de Jango e Boba Fett, outro guerreiro surge no universo de Star Wars. The Mandalorian se passa após a queda do Império Galáctico e antes do surgimento da Primeira Ordem. Seguimos as viagens de um pistoleiro solitário nos confins da galáxia, longe da autoridade da Nova República.[2]

Desenvolvimento

"Desde que escrevi a maior parte de The Mandalorian, escrevi para caber em nosso volume e tentando manter a escala como a do primeiro filme de Star Wars, que possuia um orçamento relativamente baixo, mesmo que os efeitos fossem espetaculares."
―Jon Favreau[fonte]

Em 2005, George Lucas começou a desenvolver uma série de TV live-action que exploraria o submundo criminoso de Star Wars. O produtor Rick McCallum o comparou com Deadwood e O Poderoso Chefão,[3] e sugeriu que envolveria caçadores de recompensa. Na Toy Fair de 2007, um pôster exibiu os próximos projetos de Star Waes, com a série de TV representada por uma foto de Boba Fett. Após a conclusão de 50 roteiros, Lucas e McCallum acharam que o programa seria muito caro para produzir com a tecnologia atual e, assim, decidiram cancelar o projeto. Em 2012, Lucas vendeu a Lucasfilm para a Walt Disney Company. Sob o comando da Disney, um filme focado em Boba Fett foi planejado para ser produzido como parte de sua série de antologias.

A nova série de TV foi anunciada pelo Presidente Executivo da Disney, Robert Iger, durante uma reunião quimestral de lucros da Disney em 9 de Novembro de 2017. Em de 10 de Maio de 2018, em uma entrevista com Anthony Carboni na premiere de Han Solo: Uma História Star Wars, Jon Favreau revelou que ele tinha completado os roteiros de metade da primeira temporada da próxima série live-action de Star Wars. Como produtora, Kathleen Kennedy lembrou: "Eu estava conversando com ele, de vez em quando, por alguns anos. Ele tinha essa história e, de repente, nós dois percebemos que isso não só podia ser contado na indústria das séries, mas também poderíamos incentivar a tecnologia no ramo.” Durante uma entrevista com Dan Casey, do Nerdist, na premiere, Favreau confirmou que série se passaria sete anos após a Batalha de Yavin e contaria com novos personagens. Favreau também revelou que, mesmo antes de ter o emprego, ele havia escrito quatro roteiros para mostrar à Lucasfilm como seria o programa e para garantir que sua visão fosse respeitada. Como Favreau disse mais tarde à GQ Middle East, "Uma coisa que George Lucas me disse foi: 'Lembre-se, Jon, o público real de todas as histórias e mitos são as crianças que estão amadurecendo', porque ele é realmente um adepto de Joseph Campbell." Ele também fez um esforço consciente para atrair todos os tipos de fãs de Star Wars, dizendo à Entertainment Weekly: "Parte do que é divertido é ver se conseguimos mesclar os mundos da trilogia original, as prequels, as sequências, The Clone Wars, e o que foi considerado cânone até este ponto e o que foi considerado parte do selo Legends."

Sketches de Dave Filoni do personagem principal de The Mandalorian

Em 6 de agosto de 2018, o New York Times informou que a série de Star Wars de Favreau, que seria produzida para o novo serviço de streaming da Disney, deveria custar cerca de 100 milhões de doláres por 10 episódios. Em um e-mail para o The New York Times, Favreau afirmou que o serviço permitiria a oportunidade de contar histórias que se estendem por vários capítulos. Em 26 de outubro de 2018, foi relatado que o suposto filme de Boba Fett havia sido descartado, com a Lucasfilm focando em The Mandalorian. Em 13 de novembro de 2018, foi relatado que Pedro Pascal estava em negociações para o papel principal na série. No dia seguinte, foi anunciado que a Gina Carano se juntou ao elenco, de acordo com a Variety. Em 30 de novembro, a Variety informou novamente que Nick Nolte havia sido adicionado ao elenco. Em 12 de dezembro, a Lucasfilm anunciou oficialmente o elenco, confirmando a presença de Pascal, Carano e Nolte, junto com Giancarlo Esposito, Emily Swallow, Carl Weathers, Omid Abtahi e Werner Herzog.

Produção

A série foi filmada principalmente em palcos em Los Angeles, com gravações ocasionais secundárias em vários locais internacionais. Por sugestão de Rob Bredow, a série usou uma nova tecnologia conhecida como "Stagecraft", com efeitos especiais que utilizam um mecanismo de videogame desenvolvido pela Epic Games. A ILM também abriu um nova divisão com sede em Londres, a ILM TV, para trabalhar em The Mandalorian e outros projetos.

Favreau descreveu seu papel como showrunner: "É como ser um chef. Você escreve o cardápio, cria equipes que são ótimas no que fazem, supervisiona e ajuda a orientar as pessoas que estão realmente cozinhando a comida, e no final você experimenta. " Ele comparou seu trabalho na série ao do filme do Homem de Ferro da Marvel Studios (em que o lançamento da série marcaria o lançamento do Disney +, enquanto o filme do Homem de Ferro marcou o lançamento do Universo Cinematográfico da Marvel), observando que ele não sentia muita pressão sobre os projetos. A diretora Bryce Dallas Howard descreveu o processo de produção como altamente colaborativo, com todos os diretores dividindo um escritório, e os produtores sempre abertos às idéias dos diretores. Durante a produção, Favreau compartilhou fotos em sua conta do Instagram. George Lucas visitou o set durante a produção como parte de uma surpresa de aniversário para Favreau. Durante as filmagens em um estúdio em Manhattan Beach, Califórnia, equipamentos foram roubados do set, o que levou a uma investigação policial.

A primeira temporada teve suas filmagens encerradas em fevereiro de 2019. Cada episódio da temporada custou 15 milhões. Robert Iger visualizou cada episódio da primeira temporada várias vezes para dar suhestões e acompanhar o progresso do projeto. Membros da organização de fãs fantasiados de Star Wars, a 501ª Legião, também participaram como extras, pois os produtores não tinham figurinos suficientes de stormtrooper.

Em 2 de abril de 2019, uma segunda temporada de The Mandalorian foi encomendada pela Lucasfilm. Quando entrevistado por Collider sobre seu remake de O Rei Leão, Favreau comentou que estava escrevendo a segunda temporada e que a pré-produção estava em andamento.

Em 21 de de Abril de 2020, Variety anunciou que uma terceira temporada de The Mandalorian teria sido aprovada pela Lucasfilm.

Música

Em 19 de de Dezembro de 2018, Ludwig Göransson foi anunciado para compor a trilha sonora original da série. Göransson já havia composto para a produção de Pantera Negra, do diretor Ryan Coogler; Favreau o conheceu através da Coogler e discutiu o projeto um ano antes do início da produção. Como Favreau disse ao Los Angeles Times, ele queria que a música fosse "um pouco mais ousada, um pouco mais arrojada e um pouco mais orientada para a tecnologia, algo que parecesse tanto tecnológico, como clássico". Göransson inspirou-se inicialmente em uma caminhada pela natureza, buscando um som "orgânico" que fazia usando sopros de madeira, combinado com instrumentos eletrônicos e música orquestral.

Elenco

Além do elenco principal, membros da 501ª Legião foram chamados para interpretarem figurantes nos papéis de stormtroopers.[4]

Notas e referências

  1. Littleton, Cynthia (09/11/2017). Nova Trilogia de Star Wars do Rian Johnson em desenvolvimento, Série de TV também em desenvolvimento para serviço de streaming da Disney Service (em inglês) (em inglês) (em en)  — Variety. Arquivado do original em 11 setembro, 2017. Acessado em 09/11/2017.
  2. FacebookIcon.png Jon Favreau anuncia a série "The Mandalorian". Jon Favreau (3 de Outubro de 2018). "#StarWars #TheMandalorian"
  3. Johnston, Raymond (10 de Junho de 2011). Série de TV de Star Wars pode ser gravada em Praga (em inglês) (em inglês) (em en). Arquivado do original em 13 junho, 2011.
  4. Snowden, Scott (2 de Maio, 2019). 'The Mandalorian': Tudo o que Sabemos Sobre a Nova Série Live Action de 'Star Wars' (em inglês). Arquivado do original em 3 junho, 2019. Acessado em 10 de Junho de 2019.

Links externos


[Esconder][Fonte]
Em outras línguas
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.