FANDOM


Eras-canon-transp

30px-Era-real

"A loucura pode às vezes ser o caminho da verdade."
―Moral[fonte]

Voices é o décimo primeiro episódio da sexta temporada da série de televisão Star Wars: The Clone Wars. Ele estreou no canal de TV alemão Super RTL em 1 de Março de 2014 e foi lançado no Brasil pela Netflix em 2 de Outubro de 2016.

Descrição oficialEditar

"Yoda fica profundamente angustiado quando escuta uma voz do além: a voz de Qui-Gon Jinn. Sabendo que é impossível um Jedi reter sua identidade após a Morte, o Conselho Jedi começa a se preocupar que Yoda possa ser corrompido pela influência do lado sombrio. Determinado a encontrar respostas, Yoda escapa do Templo Jedi e segue a voz incorpórea."[1]

Resumo da tramaEditar

Episódio 11
Voices
Mistério Jedi!
Um sabre de luz foi encontrado
na lua de Oba Diah,
pertencente a Zaifo-Vias,
o Jedi responsável pela
criação do exército de clones.
Os Jedi descobriram que
antes do começo da guerra, o
Conde Dookan matou Zaifo-Vias
e habilmente manipulou a República
para dentro do conflito galáctico
fazendo com que os Jedi lutassem
com os clones a seu lado.
Agora, conforme o Conselho Jedi se reúne
para discutir o propósito desta fraude,
o Mestre Yoda medita profundamente
na Força em busca de respostas.
YodaHearsQui-Gon

Qui-Gon Jinn se manifesta para Yoda.

Enquanto meditava por respostas a respeito da criação do Exército de Clones, Yoda escuta uma voz, que alega ser o falecido Mestre Jedi, Qui-Gon Jinn tendo se tornado parte da Força Viva, demonstrando sua presença por levitar Yoda e objetos aleatórios na sala.

Durante uma sessão do Conselho, na qual Ki-Adi Mundi teoriza que Conde Dookan é meramente um aprendiz Sith, Yoda se perde em seus pensamentos, e os outros membros do conselho percebem isso. Sentindo aflição, Mace Windu, numa discussão particular com Obi-Wan Kenobi, sugere que eles fiquem de olho nele.

Yoda Anakin courtyard

Yoda e Anakin se encontram no jardim do Templo Jedi.

No jardim do templo, Anakin ouve a voz de Qui-Gon chamar o nome de Yoda, antes de ver o Grande Mestre meditando. Yoda questiona Anakin sobre o encontro com o fantasma de Qui-Gon em Mortis. Obi-Wan acreditava que seu antigo mestre fosse uma ilusão criada por suas memórias, mas Anakin permanece incerto sobre os ensinamentos Jedi afirmarem que indivíduos não podem reter sua identidade após a morte.

Depois, Yoda fala ao Conselho sobre a voz. Após o Conselho gastar um dia inteiro meditando na esperança de ouvir Qui-Gon, Ki-Adi Mundi acredita que Yoda está sob ataque dos Sith, sentindo que se eles fossem atacar a Ordem Jedi, Yoda seria o melhor alvo.

O médico Jedi recomenda que Yoda passe por um tratamento que encontre as respostas. Durante o tratamento, Yoda ouve Qui-Gon mais uma vez, lhe dizendo que esta não é a forma de se comunicarem. Ele instrui o Grande Mestre a viajar para Dagobah e aconselha que ele não fale a ninguém sobre isso.

NemaKenobiYoda

Yoda é mantido no hospital para repousar.

Yoda no final é mantido confinado em sua cama no hospital quando os outros Jedi ordenam os Guardas do Templo a ficarem fora das portas do quarto. Anakin é enviado para ajudar Yoda a escapar da enfermaria, de onde ele segue para Dagobah com R2-D2.

Ao chegar, Yoda se aventura pelo pântano sozinho. Ele faz contato com Qui-Gon, que se manifesta como um enxame brilhante de pirilampos. Qui-Gon explica como criaturas vivas geram a Força Viva, que se junta à Força Cósmica, e se comunica com os vivos pelos midi-chlorians. Contudo, Qui-Gon é incapaz de aparecer já que seu treinamento estava incompleto. Yoda pergunta se ele sabe a identidade do Lorde Sith. Qui-Gon diz para Yoda ir a um lugar onde as respostas se revelariam para ele.

YodaDagobahLight

Qui-Gon Jinn se manifesta para Yoda através de um enxame de pirilampos.

Yoda adentra uma caverna, onde ele experiencia uma visão de Jedi enfrentando clones, e o Lorde Sith, Darth Sidious, cortando um grupo de Mestre Jedi. Quando a visão termina, Yoda cambaleia para fora da caverna e desmaia. Quando Qui-Gon o desperta, Yoda pergunta quando os Sith realizarão seus planos. Qui-Gon diz que a cada dia que em a Guerra Clônica segue, o mal cresce. Yoda pergunta como os Jedi podem esperar sobreviver, e Qui-Gon lhe assegura que sempre há esperança, mas ela muitas vezes vêm de formas inesperadas que são difíceis de ver. Qui-Gon instrui Yoda a viajar para a Origem de Toda a Vida na galáxia onde ele será guiado na próxima parte de seu treinamento para reter sua identidade após a morte. Yoda então volta para R2 e parte de Dagobah.

Nos bastidoresEditar

Shaak Ti Death TCW Destiny

A morte de Shaak Ti é prenunciada pela visão de Yoda.

A morte de Shaak Ti, empalada no coração por trás por um sabre de luz azul, como vista por Yoda entre suas visões em Dagobah, espelha uma cena deletada do Star Wars Episódio III: A Vingança dos Sith na qual ela é executada por Darth Vader no Templo Jedi durante o Ataque no Templo Jedi.

Mace Windu é visto sendo atingido por relâmpagos da Força de Palpatine, como visto por Yoda entre suas visões em Dagobah, um prenúncio de seu destino em Star Wars Episódio III: A Vingança dos Sith.

Bibliografia Editar

Notas e referências Editar

[Esconder][Fonte]
As seções "Aparições" e "Fontes" foram importadas e traduzidas automaticamente do artigo em inglês pela Interface de Criação de Páginas. Consulte o histórico do artigo original para identificar os autores.
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.