FANDOM


Eras-canon-transp

30px-Era-imp30px-Era-real

"Não tema o futuro, não chore o passado."
―Moral[fonte]

"Voyage of Temptation" é o décimo terceiro episódio da segunda temporada da série de televisão Star Wars: The Clone Wars. Ele estreou dia 13 de Junho de 2010.

Descrição oficialEditar

Enquanto os Jedi e seus clones defendem a Duquesa Satine de tentativas de assassinato, Anakin descobre que Obi-Wan e a Duquesa têm uma história juntos.

Resumo da tramaEditar

Episódio 13
Voyage of Temptation
Uma recepção real! Enviado para
investigar alegações de que Mandalore
estava se juntando aos Separatistas de
Conde Dookan, Obi-Wan Kenobi se
reencontrou com uma velha amiga, a Duquesa
Satine de Mandalore. Enquanto Satine
alegava as intenções de Mandalore de
permanecerem neutros na guerra, um ataque
na cidade capital levou Obi-Wan para a
descoberta de uma organização terrorista
conhecida como Olho da Morte.

Agora, a duquesa viaja para o Senado,
para que ela possa pleitear no caso
contra ela no envolvimento da guerra,
enquanto os Jedi preparam defesas
contra seus adversários...
Senatoren-Coronet

Obi-Wan e Anakin junto à Duquesa Satine e aos senadores.

A bordo da Coronet, Obi-Wan e Anakin instruem os soldados clone sobre a situação. É dito aos clones e ao droide astromecânico R2-D2 que a segurança da Duquesa Satine Kryze é da maior importância. Eles também são instruídos a procurar qualquer atividade suspeita a bordo da nave que pode apontar para o Olho da Morte ou a separatistas. Obi-Wan e Anakin são convocados para se reunir com a duquesa, e Anakin discerne da tensão que Obi-Wan e Satine eram próximos. Após a chegada, Obi-Wan e Satine discutem a natureza da guerra; Satine teimosamente quer continuar a ser neutra, apesar do potencial envolvimento dos separatistas, mas Obi-Wan avisa a ela que não pode ser uma opção.

Kenobi Taa

Obi-Wan jantando com os outros senadores.

Quando a Coronet salta para o hiperespaço, os clones Redeye e Mixer são atacados por uma sonda assassina. Rex contata Obi-Wan quando ele não consegue encontrar os dois clones, e Anakin vai ajudá-lo em sua busca. Eles descobrem uma caixa de carga que está misteriosamente aberta e o conteúdo está em falta. Anakin informa Obi-Wan, que está jantando com Satine e os senadores. Anakin e os clones descobrem a sonda assassina e a destróem, mas outra segue até um turboelevador para a sala de jantar.

Attentäterdroide-Tisch

A sonda assassina ataca o jantar.

Obi-Wan destrói a segunda sonda, e ambas as partes são então atacados por numerosas pequenas sondas assassinas droides que estavam sendo armazenados nas maiores. As sondas assassinas são destruídos na batalha seguinte, e Anakin depois aprende a partir de um droide de protocolo que a caixa contendo os droides foi enviada à bordo por um dos quatro senadores agora na nave.

Ujawnienie zdrajcy

Obi-Wan descobre a traição de Merrik.

Obi-Wan descobre um droide assassino deixado vivo, e decide realizar um experimento. Segurando o droide em um prato, ele apresenta a ele cada um dos quatro senadores, um de cada vez. O droide tenta atacar os senadores Orn Free Taa, Onaconda Farr, e Kin Robb, mas se mantém calmo quando está perto de Tal Merrik, o senador de Kalevala, expondo-o como traidor. Merrik toma como refém Satine, e escapa do quarto. Quando Anakin e os clones acabam destruindo todos os droides assassinos, Merrik faz o seu caminho para a cabine do piloto, onde ele mata a tripulação. Ele puxa a nave para fora do hiperespaço e contata Pre Vizsla, que envia três naves de embarque cheias de super droides de batalha-B2 para reforçar Merrik na Coronet.

Merrik kryze kenobi

Obi-Wan tenta prender Merrik como traídor enquanto ele segura Satine como refém.

Enquanto Anakin, Rex, Cody, os clones, e o guarda real de Satine terminam com os droides, Obi-Wan tenta prender Merrik. No entanto, Merrik implantou os motores do navio com explosivos, e avisa Obi-Wan para ficar para trás, ou ele vai detonar os explosivos. Satine implora a Obi-Wan para ficar onde está, e o Jedi segue a uma distância segura de Merrik levando Satine para uma das naves de embarque. Satine confessa a Obi-Wan que ela o ama; Obi-Wan admite que ele teria saído da Ordem Jedi por ela, para o qual Merrik responde com desgosto. Satine consegue se soltar de Merrik e roubar seu blaster. Merrik começa a provocar Satine e o Jedi, sarcástico que nenhum deles é corajoso o suficiente para matá-lo, por que se Satine o matar, ela vai trair seu ponto de vista pacifista, enquanto se Kenobi o matar, ele vai perder o respeito de Satine. Obi-Wan e Satine hesitam, mas antes que eles possam agir, Anakin apunhala Merrik com seu sabre de luz por trás, o matando.

A Coronet finalmente chega em Coruscant, onde Palpatine felicita os Jedi por seu trabalho. Satine fala com Obi-Wan e casualmente flerta com ele, observando com ceticismo a barba (que ela diz que esconde muito do seu belo rosto), e Anakin e Obi-Wan observam Satine enquanto ela embarca num speeder e vai embora.

ElencoEditar

Wiki Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Star Wars Wiki expandindo-o.
Considere marcar um esboço mais específico.


O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.